24/08/17 - 09:32:13

Programa IST/Aids participa de ação sobre a saúde do homem

Foram ofertadas informações de como prevenir várias doenças que acometem a população masculina, a exemplo do infarto do miocárdio, câncer de próstata e de pênis, além das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)

A equipe do Programa Estadual IST/Aids, que faz parte da Secretaria de Estado da Saúde (SES), participou na manhã desta quarta-feira, 23, de uma ação no conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro, sobre a saúde do homem, levando informações de como prevenir várias doenças que acometem a população masculina, a exemplo do infarto do miocárdio, câncer de próstata e de pênis, além das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Segundo o coordenador do programa, Almir Santana, os homens ainda cuidam menos da saúde do que as mulheres e é importante frisar que, com hábitos simples, como a utilização do preservativo, a realização de exames regulares, e a higienização correta do órgão genital masculino, é possível prevenir algumas doenças.

“Ações como estas direcionadas à saúde do homem são sempre importantes porque, infelizmente, a população masculina ainda cuida menos da saúde do que as mulheres. O infarto do miocárdio, por exemplo, acomete muitos homens e, geralmente, ele está relacionado a fatores de riscos como colesterol alto, estresse e hipertensão então, se os homens se preocuparem mais com a saúde e fizerem exames regulares, há como prevenir o infarto. Já um hábito simples, como a higienização correta do órgão genital com água e sabão, ajuda na prevenção do câncer de pênis”, informa.

Além disso, na ação foi esclarecido que sintomas como perda da força do jato da urina, e urina excessiva podem ser sinais de câncer de próstata. “Os homens precisam também ficar atentos aos sinais porque se ele estiver urinando muitas vezes ao dia, além do que o normal, e tiver com perda na força do jato da urina, ele deve procurar um especialista porque esses sintomas podem indicar um câncer de próstata. Por isso, é fundamental ficar atento aos sinais,  cuidar da saúde e fazer exames regularmente”, afirma.

IST

Outro ponto abordado foram as IST´s, principalmente a Aids e o HPV. De acordo com Almir, o número de casos dessas doenças tem aumentado e as pessoas precisam se conscientizar ainda mais sobre a importância do uso do preservativo nas relações sexuais.

“Uma questão que é importante sempre frisar é o uso do preservativo nas relações sexuais para evitar as IST´s. Estão sendo registrados cada vez mais casos de homens com HPV e Aids e com a utilização da camisinha é que conseguiremos diminuir os índices e combater essas doenças”, conclui o coordenador do Programa.

Fonte e foto SES