29/08/17 - 07:12:20

HEMOSE CONTABILIZA 365 NOVOS DOADORES DE MEDULA ÓSSEA

A coleta externa para doadores de medula óssea em Propriá encerrou com 365 novos cadastros. A ação coordenada pelo Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) em parceria com a Polícia Militar de Sergipe (PM/SE) mobilizou moradores, profissionais, gestores municipais e comunidades religiosas, que aderiram ao serviço num ato de solidariedade aos pacientes inseridos no Registro Nacional de Receptores de Medula Óssea (Rereme) que aguardam um doador compatível, para o transplante da medula.

O movimento de populares para realizar o cadastro no último, sábado, 26, mudou a rotina do 2º Batalhão um dos pontos para coleta das amostras. Thamires Santos Silva Lima, contou que decidiu fazer no primeiro horário para poder trabalhar. “Ouvi a divulgação dessa campanha no rádio e me interessei. Sou a favor de ajudar e se me enquadro nos critérios para ser uma doadora de medula, irei fazê-lo com maior prazer”, ressaltou.

Dentre um grupo de bombeiros civis, o jovem Valdemir da Silva, foi estimulado pelos colegas a fazer o cadastro. “Se é para ajudar, vamos fazer. Fomos informados que é algo muito difícil de encontrar, um doador fora da família”, ponderou. “Tenho comigo o pensamento que se não causa mal, então devemos fazer ate porque uma vida depende desse ato, um formulário e uma amostra de sangue e aguardar o resultado. Apenas com essa atitude podemos ajudar o rapaz dessa campanha ou outras pessoas que estão na mesma situação dele”, disse Cleberson Santos Silva.

A ação também recebeu o apoio de membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia e da Comunidade Católica Shalom. Mesmo participando de uma reunião, adultos e jovens como Gleison Franca e Vitória Nobre, deram uma parada nas atividades para realizar o cadastro. “Nos como Shalom somos chamados a salvar. Com esse gesto estamos seguindo o exemplo do filho de Deus que doou sua vida para salvar a humanidade”, comentou França.  “Acho que devemos sempre nos colocar no lugar do outro”, completou Vitoria.

A mobilização da comunidade propriaense foi coordenada cabo da PM, Isaias Silva, que nas semanas que antecederam a campanha explicou a importância de se cadastrar. “Com essa ação social iremos ajudar um colega de farda, o Rômulo, que hoje esta conosco na campanha assim, como outras pessoas que esperam um doador compatível para o transplante da medula óssea. Estamos tratando de vidas de pessoas que necessitam desse apoio da sociedade sergipana”, comentou o militar.

Transplante

De acordo com informações do médico oncohematologista, Lucas de Menezes, a medula óssea é um tecido líquido que ocupa o interior dos ossos, popularmente chamado de tutano. Neste tecido são produzidos os componentes do sangue: os glóbulos vermelhos (hemácias), os glóbulos brancos (leucócitos) e as plaquetas. Ele explicou que em geral, quando alguns tipos de doenças malignas atingem as células do sangue o tratamento mais adequado é o transplante de medula. “O objetivo do transplante é reconstituir as funções da medula óssea de uma pessoa doente por células normais de medula óssea retiradas de um doador saudável”, explicou.

Cidadania

A gerente de Captação do Hemocentro de Sergipe, Rozeli Dantas considerou o resultado da ação positivo. “Esse é um serviço que é vital para restabelecer a saúde dos pacientes que necessitam do transplante de medula óssea”, destacou ao ressaltar que a proposta do Hemose, unidade responsável pelo cadastro de medula óssea é a descentralização  do serviço para divulgação e acesso da população. “Somente com essas parcerias Polícia militar, Secretaria de saúde do Município, podemos falar para os cidadãos sobre a importância de ser um candidato a doador e medula óssea e colaborar com os pacientes que buscam achar um doador compatível”, concluiu.

Fonte e foto SES