22/09/17 - 07:29:36

Acelerador linear dobrará capacidade de atendimento oncológico no Huse

Equipamento de radioterapia irá somar ao atual aparelho 3D, instalado há mais de 17 anos, dobrando a capacidade de atendimento diário da Unidade de 70 para 140 pacientes

Nesta quinta-feira, 21, o Centro Oncológico Oswaldo Leite do Hospital de Urgências de Sergipe recebeu novo acelerador linear para ampliar a assistência oncológica na rede pública de Saúde. O equipamento de radioterapia irá somar ao atual aparelho 3D, instalado há mais de 17 anos, dobrando a capacidade de atendimento diário da Unidade de 70 para 140 pacientes.

O novo aparelho é fruto da parceria entre o Ministério da Saúde (MS), o governo de Sergipe e a secretaria de Estado da Saúde (SES) e será instalado no bunker construído na área externa do Huse. Ambos (acelerador e bunker) integram o Plano de Expansão da Radioterapia no Sistema Único de Saúde (SUS) do Ministério da Saúde.

Segundo o governador Jackson Barreto, a aquisição desses novos equipamentos aumentará a qualidade de vida e trará esperança para muitos sergipanos. “É uma vitória do nosso povo e da Saúde a chegada dos equipamentos de radioterapia para tratamento das pessoas com câncer. Sabemos do sofrimento dessas pessoas, mas a burocracia do governo federal e o processo de importação desses equipamentos, vindos do Canadá, demorou muito. As ações do governo do Estado, através da secretaria da Saúde, e o empenho pessoal do secretário Almeida Lima fez com que esse equipamento chegasse aqui no nosso estado no dia 21 de setembro, dia da Primavera. É uma primavera para as pessoas com câncer do nosso estado. Nós já estamos com o bunker construído, estava aguardando apenas a chegada desses equipamentos e agora vamos ter dois bunker de radioterapia para o tratamento oncológico, o que dá mais segurança, mais tranquilidade e satisfação aos nossos pacientes, porque o tratamento não é fácil e deixa as pessoas muito fragilizadas. Estou feliz com essa vitória do Governo. Temos o aparelho de radioterapia antigo, que apresentava muitos problemas e foi consertado; agora, chega o equipamento novo, com o bunker que construímos e o aparelho importado do Canadá e temos também o convênio que assinamos com a Clinradi. São ações objetivas, imediatas e urgentes, uma prova do nosso amor e do compromisso com a saúde e com as pessoas com câncer”.

Para o secretário de Estado da saúde, Almeida Lima, a aquisição do novo equipamento é uma conquista para o tratamento do câncer no estado. Ele afirma ainda que, com a chegada do novo acelerador linear, as filas no tratamento vão diminuir consideravelmente. “A disponibilidade de novos equipamentos é uma necessidade de todos os estados e nós estamos dando passos maiores para garantir assistência adequada a esses pacientes com câncer”, declarou.

Antes de começar a operar, o equipamento passará por testes de condicionamento e aceitação e, em seguida, as equipes que irão manuseá-lo farão treinamento.

Representante do Grupo Mulheres de Peito, Sheila Galba considera a chegada do acelerador mais uma vitória para pacientes e demonstra o empenho do governo em melhorar a assistência oncológica para usuários da rede pública. “A chegada do acelerador prova que o governo vem se esforçando para melhorar a assistência. Desde que começamos essa luta por uma saúde mais digna, tudo que pedimos foi atendido pelo governo e secretaria. Sabemos que temos problemas com exames e medicamentos, mas os avanços estão acontecendo. O governador tem um olhar sensível para nossa causa”, afirmou.

Ações

O acelerador linear e bunker fazem parte do conjunto de ações do governo do Estado para ampliar e fortalecer o atendimento para população que depende de tratamento pelo SUS em Sergipe que inclui, também, a aquisição de três tomógrafos para a realização de exames e contrato para prestação de serviços na área de radioterapia com a clínica Clinradi.

Com o contrato, a clínica sergipana vai garantir os serviços de radioterapia para aproximadamente 300 pacientes assistidos pela rede estadual. São três tipos distintos de tratamentos: radioterapia de intensidade modulada (IMRT), tridimensional 3D e convencional. A IMRT é uma modalidade de radioterapia altamente precisa, que permite a administração de altas doses de radiação no volume alvo, minimizando as doses nos tecidos normais adjacentes de forma muito eficaz.

Já a tridimensional 3D é uma técnica usada para tratar diferentes tipos de câncer, incluindo câncer de cabeça e pescoço, próstata, esôfago, alguns tipos de câncer de pulmão, câncer de mama e tumores cerebrais. Essa tecnologia permite que os médicos tenham um maior controle durante o tratamento de tumores e garante aos pacientes doses de radiação mais elevadas administradas no tumor e menor exposição à radiação dos tecidos saudáveis, diminuindo os efeitos colaterais.

“Tínhamos uma demanda reduzida de 500 pacientes com câncer, essa demanda já baixou pra 228. Agora, estamos assinando contrato com a Clinradi para que as pessoas em tratamento não precisem mais se deslocar até Arapiraca, em Alagoas, que é onde fica o hospital que venceu a licitação do convênio anterior para prestação desse serviço. Esses pacientes irão fazer o tratamento aqui em Aracaju, em uma clínica que tem todos os equipamentos de ponta”, declarou Jackson Barreto ao firmar parceria com a Clínica.