09/11/17 - 00:01:26

EVITAR O QUANTO PIOR MELHOR

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

O objetivo da oposição não é prejudicar a população, criando obstáculos sempre para o Governo se ‘trumbicar’, como dizia Chacrinha. A oposição tem que ser vigilante quando sente que um ato oriundo do Executivo é prejudicial à sociedade, em quaisquer circunstâncias. Percebe-se que, na maioria das vezes, a oposição implica em aprovar algum projeto, apenas para o Governo se sair mal e ‘faturar’ politicamente.

Pode-se dizer que esse comportamento faz parte do jogo político. Em todo o País isso é comum e até corriqueiro. O melhor para a oposição é quando a administração não acerta nunca. Agora, a onze meses das eleições, a torcida pelo “quanto pior melhor” aumenta até de forma alucinada. Não é essa oposição de agora, mas a de sempre. Teoricamente é no desgaste de um lado que o outro cresce.

O deputado federal André Moura (PSC) inverteu o ‘modus operandi’ oposicionista. Ao invés de boicotar interesses do Estado [como líder do Governo no Congresso] passou a atuar como se fosse aliado. Sem dúvida cresceu junto à opinião pública, até pelo seu discernimento. Ajudou – e ajuda – na liberação de recursos para Sergipe e, com isso, cresce politicamente pelos seus atos e tem o seu nome citado com a liberação de recursos e início da construção das obras.

Ontem, a oposição votou contra projeto que parcelava o 13º Salário do servidor, mas abria opção para recebê-lo integral, desde que recorresse ao banco para empréstimo, com juros pagos pelo Estado. Qual o prejuízo para o servidor? Aliás, esse é o terceiro ano que isso acontece, sem nenhum trauma para quem recorreu à transação bancária. A oposição não conseguiu brecar o projeto e dificultar o pagamento do 13º Salário, mesmo que isso prejudicasse ao servidor, que ficaria contra o Estado.

O momento é de reflexão, em razão da recessão que o País enfrenta. A oposição votar contra a determinados projetos só para enfraquecer a administração, pode ter efeito igual e contrário.

JORNALISTA PREFERE SILÊNCIO

Candisse Matos, da equipe de jornalismo da TV-Atalaia, citada em suposto assédio por parte do secretário da Saúde, Almeida Lima, preferiu ficar em silêncio.

A jornalista passa férias no Rio de Janeiro e retorna segunda-feira.

NOTÍCIA VINHA NAS REDES

A informação sobre o assédio se iniciou nas redes sociais e se solidificou pelo jornalista Adilberto de Souza, em sua coluna, repercutida pelo blog de Cláudio Nunes.

A nota não cita nomes nem do secretário e nem da jornalista.

NÃO ATENDEU TELEFONE

Candisse Matos não atendeu a telefonemas insistentes e não respondeu às mensagens enviadas ao seu whatsapp privado

Até o momento a notícia se baseia no que foi dito nos grupos.

JACKSON SE PREOCUPOU

Segundo informação de setores do Governo, o governador Jackson Barreto, que está em Brasília, telefonou pedindo mais informações sobre a questão do assédio.

Mostrou-se muito preocupado.

PEDIDO DE INVESTIGAÇÃO

A delegada Rosana Freitas, da Delegacia de Crimes Cibernéticos, confirmou que houve o pedido de instauração de inquérito para apuração de matéria postada nas redes.

Exatamente a que acusava Almeida Lima de assédio à jornalista.

HOSPITAL AGORA É FEDERAL

Eduardo Amorim avisa que o Hospital de Lagarto não é mais do Governo do Estado, agora é o Governo Federal quem o administra.

Menos um peso para Sergipe, lógico.

ALMIR NÃO DEMITE TELES

O episódio da separação de Valmir de Francisquinho e os Teles de Mendonça, em Itabaiana, não provocou demissões de ex-aliados na Prefeitura.

Andréa Mendonça ainda é chefe de Gabinete de Valmir.

PHS VAI DE CHAPINHA

O PHS, partido que tem o comando do deputado Augusto Bezerra, pretende fazer uma chapinha com outras legendas de igual porte, para o pleito de 2018.

A estrutura do PHS não dá para entrar no chapão.

A REDE FAZ MAIS AJUSTES

A Rede Sustentabilidade fará uma reunião hoje à noite para ajustar os detalhes do lançamento das candidatura majoritárias e proporcionais para o próximo pleito.

O nome do Dr. Emerson é certo para o Governo do Estado.

JOÃO CONFIRMA O SENADO

Em reunião da executiva realizada ontem, ex-deputado João Fontes confirmou que é candidato ao Senado pelo PPS. Está batido o martelo…

João Fontes e Mendonça Prado filiam-se ao partido dia 17.

CÁLCULOS PARA FEDERAL

Filiados ao PSB calculam que o partido precisa fazer uma composição e participação em um chapão, para que o deputado Valadares Filho possa se reeleger.

Já para estadual o pessoal defende uma ‘chapinha’.

UM RECUO DO TWITTER

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) deu uma recuada no número de twitters que vinha postando diariamente. Ouviu opinião de aliados.

Aceitou que suas postagens provocavam discussões desnecessárias.

CONVERSA DESCONTRAÍDA

Na audiência com Michel Temer e Jackson Barreto a conversa foi descontraída e os dois lembraram o período que atuaram juntos para fortalecimento do PMDB.

Temer agradeceu a mensagem de Jackson quando esteve doente.

TEMER ELOGIOU ATUAÇÃO

O presidente Temer, durante a audiência, elogiou o ato republicano de André Moura e exaltou a ação e unidade com Fábio Reis e a atuação de Sergio Reis.

Jackson deixou o gabinete animadíssimo…

FOTO DOS DOIS SENADORES

Na saída do gabinete de Temer, o presidente tirou uma foto com Jackson Barreto, André Moura e os irmão Sérgio e Fabio Reis.

Atendeu a pedido de Sérgio: “presidente, uma foto com nossos dois senadores”.

LEMBRAR AS TRATATIVAS

Jackson Barreto deixou o gabinete de Temer, mas André Moura ficou para nova reunião com parlamentares. E foi o presidente quem pediu:

– André, amanhã (hoje) me lembre as tratativas de Sergipe.

MORRE IRMÃO DE CHICO BUCHINHO

Manoel Messias dos Santos, irmão do petista Chico Buchinho, morreu ontem no Huse com problemas no aparelho digestivo. Ele residia em Aquidabã.

O sepultamento ocorreu ontem à tarde no município.

Notas

Muda direção do PF – Diz o Poder360, que o Ministério da Justiça informou ontem que Fernando Segóvia será nomeado por Michel Temer diretor-geral da Polícia Federal. Ele assume o cargo que estava ocupado por Leando Daiello. Segóvia é ex-superintendente da PF no Maranhão e ex-adido da PF na África do Sul.

0x0

Dossiês contra juiz – Uma investigação da PF apontou que o ex-governador Sérgio Cabral estaria, mesmo de dentro da prisão, financiando a montagem de dossiês contra o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. As informações foram divulgadas ontem pela TV Globo e pelo site G1.

0x0

Cartão corporativo – Tramita proposta, de autoria do senador Ronaldo Caiado (DEM) e relatoria do seu colega Lasier Martins (PSD), que pretende aumentar a transparência e o rigor no controle dos gastos com os cartões corporativos — são pelo menos 11 mil deles distribuídos entre as autoridades deste país.

0x0

País se vê no espelho – O sócio da JBS Wesley Batista disse, ontem, que colaboradores da Justiça brasileira estão sendo “punidos e perseguidos” por dizer a verdade. Wesley afirmou ainda que as delações premiadas no poder judiciário fizeram o País se “olhar no espelho” e não gostar do que viu.

0x0

Consultar vários campos – A deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) fez ontem seu primeiro pronunciamento como pré-candidata à Presidência da República nas eleições de 2018 pelo partido. Ela disse que há uma necessidade de a esquerda consultar diversos campos para formar seu projeto político.

0x0

Temer não muda ministros – Partidos do Centrão podem até pressionar, mas o presidente Temer não pretende afastar ministros do PSDB, mesmo com possibilidade de o partido deixar o governo. A única reforma ministerial que deve ser feita só ocorrerá quando os candidatos às eleições de 2018 tiverem que se desincompatibilizar.

Conversando

Recebe líderes – O vice-governador Belivaldo Chagas (PMDB) tem atendido diariamente dezenas de prefeitos e lideranças políticas em seu gabinete.

Fábio acompanha – O deputado federal Fábio Reis (PMDB) também acompanhou o governador Jackson Barreto na audiência com o presidente Michel Temer.

Oposição contra – A oposição votou fechada contra o projeto sobre pagamento do décimo terceiro salário através de empréstimo bancário.

Voto anterior – Os quatro deputados da oposição que votaram favorável ao empréstimo da CEF, ontem foram contra ao projeto sobre o décimo terceiro salário.

Faz convenção – No final de semana PSDB faz convenção em Sergipe para aprovação de Eduardo Amorim para presidente e José Carlos Machado a secretário.

Faz viagens – Mendonça Prado está viajando todos os dias pela manhã para conceder entrevistas a emissoras de radio do Interior.

Depois da queda – Depois da queda da caixa d’água em Dores, a Deso vai iniciar trabalho de inspeção em outras edificações do gênero em cidade do interior.

Roubam carro – Bandidos mudaram o foco dos seus assaltos. Antes buscavam celulares, mas agora querem levar carros. Muito cuidado…

Cruzam os braços – Mais que de repente, a sociedade se acomodou e cruzou os braços. E o Governo segue tranquilo praticando suas maldades.