17/11/17 - 10:44:13

Da SEFAZ à SEMFAZ, Jeferson Passos põe em risco futuro do funcionalismo!

Não é a primeira vez que este colunista chama a atenção da opinião pública e dos órgãos fiscalizadores para os riscos nas gestões do secretário Jeferson Passos, antes na Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ) e agora na Secretaria da Fazenda de Aracaju (SEMFAZ). Não se trata de nenhum problema pessoal com o gestor, mas seu método de trabalho é profundamente questionável. Homem de confiança do ex-governador Marcelo Deda (in memoriam), ele seguiu com o governador Jackson Barreto (PMDB) e hoje faz parte do secretariado do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB).

Essa semana a oposição denunciou na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) que o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), a principal fonte para pagamento de servidores da capital, foi dada pela Prefeitura (leia Edvaldo e Jeferson Passos) como garantia ao empréstimo de R$ 100 milhões com a proposta de contrapartida para a execução de obras na cidade. Em síntese, no futuro, se a administração não honrar seus compromissos (o que não é nada incomum), esses recursos estarão comprometidos e a saúde financeira dos servidores em risco.

Este método de usar o funcionalismo como “garantia” é antigo nas gestões de Jeferson Passos. São ações que aparentam ser apenas imediatistas, para amenizar problemas pontuais e momentâneos, mas com pouca preocupação com o futuro, com as próximas gerações. É uma grande responsabilidade colocada nas mãos dos vereadores da capital e algo muito parecido que já passou pelos deputados estaduais. Enquanto secretário de Estado, Jeferson Passos apresentou medidas semelhantes para a Assembleia Legislativa e que até hoje não surtiram um resultado pleno, efetivo.

Não custa lembrar que desde a sua chegada à Sefaz do Estado, que o governo deixou de reajustar os salários do funcionalismo, que os trabalhadores sofrem sem valorização e com o arrocho. Jeferson sempre buscou derrubar qualquer argumentação por parte dos sindicatos, alegando que o Estado não reunia condições financeiras para reajustes, propagando o caos, mas, como um “toque de mágica”, sempre viabilizava condições para novos endividamentos. Jeferson sempre dizia que Sergipe era um Estado viável, mas o Anuário Socioeconômico de Sergipe 2017, divulgado recentemente, provou que tantos “investimentos” não se concretizaram.

Em resumo, a Câmara de Aracaju precisa ter bastante cautela para não colocar em risco um bem precioso para os servidores municipais que é a garantia do pagamento de seus salários no futuro. Bem ao estilo “Jeferson Passsos”, a PMA diz que reduziu cargos comissionados, que pagou débitos antigos, que está pagando a folha, que economizou ao não fazer o Forró Caju e talvez o Reveillon, mas segue precisando de empréstimos para fazer obras, mesmo devendo ao Hospital Cirurgia, a alguns fornecedores e às empresas de coleta do lixo, dentre outras coisas…

Veja essa!

Em entrevista à Rádio Princesa FM, em Itabaiana, o vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, confirmou que “com relação ao PT, é um partido muito vivo. Temos entendimento para que Rogério Carvalho fosse nosso candidato majoritário”

E essa!

“Acredito que Jackson Barreto é candidato (a senador). É natural que seja. Acho também que ajuda a chapa que vai disputar. E meu nome está colocado para disputar a candidatura de deputado federal”, completou Márcio Macedo.

Belivaldo Chagas

Sobre o atual vice-governador e pré-candidato ao governo pelo agrupamento, Márcio Macado disse que “acredito que Belivaldo Chagas é um bom candidato. Esperamos estar nessa chapa majoritária”.

Avaliação

Pelas declarações de Márcio Macedo, o PT mantém a indicação de Rogério Carvalho para o Senado, ao lado de JB e com Belivaldo no Governo. Resta saber quem indicaria o vice. Pelo visto, não há espaço para o projeto de Senado de Heleno Silva (PRB) no grupo…

 João Fontes

Não poderia ter um nome melhor para a disputa ao Senado em 2018 que o do ex-deputado federal João Fontes. Filiando-se ao PPS, ele tem bom trânsito no mundo político e entre a imprensa e profundo conhecimento sobre os bastidores de uma eleição. Sua presença nos comícios e debates.

Valadares I

Segundo o senador pelo PSB, o “Governo JB rasga a Constituição ao tirar para si o que pertence aos outros. O TCE descobre que mais de R$ 27 milhões do ICMS foram retirados dos municípios”.

Valadares II

“Segundo o deputado estadual Georgeo Passos (PTC), líder da oposição na Alese, desde 2014 o prejuízo chega a R$ 70 milhões e diz que é ato que configura crime de responsabilidade”, destaca o senador Valadares.

 Ezequiel Leite I

“A gestão da prefeita Silvany Sukita (PODEMOS) inovou em Sergipe ao estabelecer no município de Capela o trabalho voluntário. Aqui os servidores contratados e terceirizados estão trabalhando com mais de três meses de salários atrasados. E o pior: quem se manifesta a respeito é exonerado! Que democracia é essa que estabeleceram na cidade?”, questiona o ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), lamentando que a população esteja sofrendo com o “caos administrativo” da atual gestão.

 Ezequiel Leite II

Ainda segundo Ezequiel, recentemente, a prefeita se viu obrigada a exonerar cerca de 250 cargos comissionados e a maioria maciça de pessoas de Capela. “Incharam a máquina no começo do ano, prometeram o mundo ao povo e depois perderam o controle. Quando a coisa apertou, demitiram mais de 200 capelenses e o desemprego em massa passou a ser uma realidade no município. O interessante é que muitos acordos políticos foram mantidos na administração”.

Capela

Ezequiel também critica a “ostentação” da prefeita e de seus familiares nas redes sociais. “Como é que a gestão não paga os salários dos trabalhadores e a prefeita vive ostentando nas redes? Ela tem o direito de fazer o que quiser com a vida dela, desde que respeite e regularize a vida dos capelenses”, disse, acrescentando que “o comércio local está agonizando, porque presta serviço para a prefeitura e demora para receber. A cidade está às escuras! Tem sido um perigo viver em Capela quando o dia escurece”, completou.

Transporte

O ex-prefeito cita também os problemas sentidos pela população em relação ao transporte escolar. “Os estudantes dos povoados amargam sem transporte escolar e os universitários cansam de chegar à praça e voltam para casa porque não tem o transporte. Chegaram a deixar uma estudante em Aracaju, por causa de um desentendimento. Isso é cuidar das pessoas? Eu lamento que a prefeita não demonstre aptidão para o cargo e esteja deixando as coisas acontecerem à revelia”.

 Falta tudo

Ezequiel Leite pontuou ainda que a prestação de serviços de Saúde tem sido caótica, que faltam medicamentos com frequência e que não existe uma política eficiente de assistência às pessoas. “Em Capela falta água no inverno, os salários atrasam, existem problemas na Saúde e Educação, a iluminação deixa a desejar, o dinheiro não circula na economia local e não dão a assistência devida às pessoas. Eu lamento muito que acontece no município e hoje vejo o arrependimento no olhar das pessoas”.

Abrahão Crispim I

A Sala das Sessões da Câmara Municipal de Aracaju será chamada “Plenário Vereador Abrahão Crispim”, graças ao Projeto de Resolução 19/2017, de autoria do presidente da Casa Legislativa, Nitinho (PSD). De acordo com Nitinho, a vida de Abrahão sempre esteve voltada para as lutas do povo seja como militante partidário e sindical, seja como intelectual, por isso o seu nome estará registrado nos anais das lutas de resistência do povo sergipano.

Abrahão Crispim II

“Ele foi o primeiro vereador eleito em Sergipe pelo Partido dos Trabalhadores num período difícil em que ser de esquerda era uma heresia e gerava todo tipo de preconceito, e ele como pioneiro no exercício de mandato parlamentar do PT deu início a um processo de crescimento e afirmação do partido que teve o seu ápice com a vitória de Marcelo Déda para o governo do Estado”, ressaltou. “Como sindicalista viveu o rescaldo da ditadura militar e mesmo assim atuando pelo Sindicato dos Bancários e pela CUT comandou várias greves”, destacou Nitinho.

Róbson Viana I

O deputado estadual Robson Viana (PEN) apresentou uma indicação solicitando ao Governo do Estado que protocole um Projeto de Lei tornando obrigatória a fixação de placa informativa com o número do telefone do Conselho Tutelar nas escolas públicas da rede estadual de Sergipe.

Róbson Viana II

O objetivo, segundo Robson, é garantir maior efetividade ao trabalho dos conselheiros tutelares, cujo objetivo é a proteção dos interesses das crianças e adolescentes, conforme determina a Lei Federal n° 8.089, de 13 de setembro 1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente.

Goretti Reis I

A deputada estadual Goretti Reis (PMDB) convida para o “II Seminário Tecendo a Rede: Construindo Caminhos para o Enfrentamento da Violência Contra a Mulher”, que acontecerá nos dias 23 e 24 de novembro, no auditório do Palácio de Justiça de Sergipe (TJ/SE). O evento é uma realização do Tribunal de Justiça de Sergipe, através da juíza coordenadora da Mulher do TJ-SE, Iracy Mangueira em parceria com a Frente Parlamentar em defesa das Mulheres, presidida por Goretti Reis.

Goretti Reis II

Também a frente do Seminário a Associação Brasileira de Psicologia social – Núcleo Sergipe, Ministério Público de Sergipe, Ordem dos Advogados do Brasil, Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social do Trabalho de Aracaju, Secretaria da Segurança Pública, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Núcleo de Pesquisa de Gênero, Sexualidade e Estudos Culturais, Coletivo de Mulheres de Aracaju e Guarda Municipal de Aracaju.

Maria Mendonça

A deputada estadual Maria Mendonça (PP) pediu ao Governo de Sergipe celeridade na execução dos serviços de recuperação das rodovias que cortam o Estado. “As condições precárias da malha viária colocam em risco a vida daqueles que precisam se deslocar, diariamente. Os cidadãos sergipanos continuam tendo suas vidas ceifadas em acidentes provocados pela falta de infraestrutura”, falou a parlamentar.

Teólogos

A comunidade cristã sergipana esteve em festa com a posse do seu ilustre cidadão deputado pastor Antônio dos Santos, na Academia Brasileira Teológica de Letras (ABTL), instalada em Sergipe na mesma ocasião. O evento aconteceu no salão nobre do Atalaia Apart Hotel, na Avenida Beira Mar, zona sul da capital e contou com as presenças de autoridades políticas, evangélicas, familiares e amigos. Na oportunidade, o deputado pastor Antônio recebeu das mãos do presidente da Academia Brasileira Teológica de Letras, Roberto Bittencourt a Outorga do grau de Doutor Honoris Causa.

Antônio dos Santos

“É com o sentimento de gratidão que aceito esta homenagem, mas estou ciente de que ao lado de cada tributo público perfila-se um dever, igualmente, de natureza pública. Desde já, manifesto-me comprometido com o respeito das regras e dos princípios fundamentais desta instituição acadêmica e com a promoção das suas virtualidades e realizações. Solidarizo-me com a defesa consequente das suas causas e interesses maiores. Considero-me seu servidor voluntário”, disse num discurso emocionado o pastor Antônio dos Santos.

Café com Política

A quarta edição do projeto Café com Política Debate discutirá o tema Segurança pública e sociedade. O evento contará com presenças, já confirmadas, de autoridades e estudiosos no assunto, a exemplo da delegada-geral da Polícia Civil, Katarina Feitoza; do promotor de Justiça, Deijaniro Jonas Filho, dos sociólogos Geise Passos e Marcos Santana, que integram o Laboratório de estudos sobre sociedade e segurança, da Universidade Federal de Sergipe, além de outros renomados nomes.  O Café com Política Debate é promovido pelas jornalistas Katia Santana e Magna Santana e acontecerá no próximo dia 23, às 19h, no auditório do Hotel Quality, em Aracaju.

Soneca

O projeto de lei que prevê a extinção de carroças na capital sergipana foi alvo de grande manifestação antes mesmo de ser votado na Câmara Municipal de Vereadores. Carroceiros protestaram em frente à Casa Legislativa e pediram apoio a outros vereadores para votar contra a iniciativa. De imediato, Palhaço Soneca saiu em defesa dos carroceiros. Defendeu a legalização da atividade e disse que votará contra o projeto assim que chegar para votação.

Elber Batalha I

O vereador Elber Batalha voltou a criticar a Prefeitura de Aracaju em relação ao calote aos hospitais beneficentes da capital (Cirurgia, Santa Izabel, São José, UPAS Zona Norte e Sul). Elber explicou que existe uma grande dívida da prefeitura com esses hospitais, onde foi realizada uma audiência pública com o Ministério Público, o qual foi apresentado um cronograma de pagamento dessa dívida. Porém, a Secretaria Municipal de Saúde informou que não pagaria o acordado com o MP.

Elber Batalha II

“Aí eu pergunto: e as mais de 180 cirurgias agendadas no Hospital Cirurgia? Pessoas com problemas de saúde que podem vir a óbito? Essa Prefeitura não tem prioridades e prefere pagar R$5 milhões aos comissionados a dar saúde a população”, lamentou. O líder da oposição ainda disse que a prefeitura não cumpre com outros contratos com prestadores de serviços do município e ainda quer dar o Fundo de Participação do Município (FPM) como contrapartida ao empréstimo para obras na capital.

Zezinho do Bugio

O vereador Norberto Alves Junior (PTB), o “Zezinho do Bugio” se reuniu com o Secretário de Segurança Pública, João Eloy. Na pauta: Situação do PAC (Posto de Atendimento policial ao cidadão) e a situação da insegurança por parte dos moradores do grande Bugio. Zezinho explica que a reunião faz parte das ações realizadas por ele na busca por uma solução para a insegurança daquela comunidade. “Muitos moradores nos procuraram para falar da falta de segurança”.

Agências

Depois de adquirir as duas agências do banco inglês HSBC em Aracaju, o Bradesco fecha nesta sexta-feira (17), às 11h, uma delas: a agência Mariano Salmeron, localizada no populoso Bairro Siqueira Campos. Um pequeno aviso fixado dentro da agência informa aos clientes e beneficiários do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) que o atendimento será transferido para o Bradesco da Rua Santa Catarina, nº 313. Os dirigentes do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) realizaram ato de protesto em frente a agência.

 PMA

O prefeito Edvaldo Nogueira enviará à Câmara de Vereadores de Aracaju, nos próximos dias, projeto de lei que institui cotas para negros em concursos públicos na rede pública municipal. A iniciativa, que já vinha sendo discutida entre o prefeito e o seu líder no Legislativo, vereador Antônio Bittencourt, será agora colocada para a análise de todos os parlamentares municipais.

Edvaldo Nogueira

“A criação das cotas é uma demanda da sociedade, é mais uma forma de se fazer justiça social e se combater as enormes desigualdades ainda existentes em nosso país, onde 54% dos cidadãos são negros. É também um mecanismo mais democrático de acesso ao serviço público. Esta é uma discussão que já vinha ocorrendo dentro da nossa administração e que se aprofundou com a contribuição do vereador Bittencourt. Espero contar com o apoio de todos os vereadores de Aracaju para que a nossa cidade avance em ações afirmativas”, afirmou Edvaldo.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com