25/11/17 - 00:01:19

CONFIRMAÇÃO DO ACORDO DE OUTUBRO

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) e o vice-governador Belivaldo Chagas (PMDB) tiveram conversa demorada ontem à tarde. Aconteceu no gabinete do prefeito em clima de reserva. Trocaram ideias sobre administração como um todo e embarcaram na questão política que interessa aos dois. Nada mudou em relação ao posicionamento do PCdoB e nem haveria motivo para isso.

O encontro fora agendado por Nogueira na quinta-feira passada e foi confirmado tudo que se decidiu durante o encontro do dia 07 de outubro, em casa do deputado Luís Mitidieri (PSD), quando se fez a primeira reunião de lideranças da base aliada, consolidando o apoio à pré-candidatura de Belivaldo Chagas ao Governo do Estado em 2018. Edvaldo deixou bem claro que estarão juntos no pleito sucessório, sem qualquer problema que promova um desvio na decisão.

Edvaldo já disse, em outras ocasiões, que acompanharia a decisão do bloco político, apesar de querer, como prefeito, ser inserido no contexto e dar opinião sobre a formação de chapas majoritária e proporcional. O PCdoB inclusive já bateu martelo em relação à reunião para oficializar o apoio a Belivaldo Chagas. Será 20 de dezembro, com a presença de filiados ao partido.

A decisão do prefeito de Aracaju não poderia ser outra. Tanto pela fidelidade ao grupo que o elegeu, quanto para a montagem do seu projeto futuro. Edvaldo naturalmente será candidato à reeleição em 2020 e sabe que contará com o apoio do mesmo bloco que o elegeu em 2016. E mais: as eleições de 2022 já flutuam em sua cabeça e pode ser ele o nome para disputar o mesmo Governo que poderá ser eleito também com o seu apoio.

A partir de agora apenas dois partidos faltam marcar data para cumprir o acordo do encontro de 07 de outubro: PDT e PRB. Quanto aos partidos menores, a ideia é reunir todos para um encontro em que também declarem suas posições em relação ao pleito do próximo ano.

SOBRE DISPUTA AO SENADO

Governador Jackson Barreto (PMDB) retornou à fase de que dispensa qualquer tipo de comentário sobre sua candidatura ao Senado Federal.

Neste momento mira-se na administração pública.

DECISÃO SÓ EM 2018

Jackson Barreto prefere falar sobre problemas do Estado e no que vem fazendo para dar uma solução, mas não nega que possa disputar o Senado.

Prorrogou para o início do ano sua decisão.

PREOCUPAÇÃO NO MOMENTO

Segundo assessores, a preocupação atual de JB é com a administração e fortalecimento da pré-candidatura de Belivaldo Chagas à sua sucessão.

Jackson voltará a se reunir com partidos da base aliada.

SÓ PARA CONTRARIAR

No final da noite, um dos aliados mais próximos a Jackson Barreto disse que ele iria anunciar, no mês de dezembro, sua pré-candidatura ao Senado.

E admitiu: é provável que diga apenas para a base aliada.

EDVALDO COM BELIVALDO

O prefeito Edvaldo Nogueira e o vice-governador Belivaldo Chagas estiveram juntos, na Prefeitura de Aracaju, e conversaram reservadamente por um bom tempo.

Foram no mesmo carro para inauguração da Praça dos Expedicionários.

PCDOB MARCA REUNIÃO

Edvaldo Nogueira aproveitou e marcou para o dia 20 de dezembro a reunião do partido para confirmar apoio à pré-candidatura de Belivaldo Chagas ao Governo.

Eufórico, um assessor do prefeito disse: “os dois estão entrosadíssimos”.

EDUARDO E A OPOSIÇÃO

O senador Eduardo Amorim (PSDB) disse ontem que é a favor do que é bom para o povo, “não faço oposição do quanto pior melhor”.

– Estou à disposição para ajudar no que for possível, disse.

SÓ VAI OCORRER EM MARÇO

Segundo deputado da base aliada ao Governo, a escolha da chapa majoritária será feita “lá para o mês de março, depois de entendimentos com os partidos”.

– É preciso acomodar a todos e o bloco sair unido…

INSISTE PELA MAJORITÁRIA

Durante entrevista à FM Boca do Rio, em Glória, Jony Marcos, Heleno Silva e Jairo Santana disseram que o PRB não abre mão da chapa majoritária.

De preferência na base aliada a Jackson Barreto.

SOBRE EMPRÉSTIMO NA CEF

A fonte é de Brasília: o empréstimo da Finisa, solicitado por Sergipe, circula dentro da normalidade no Tesouro Nacional. “Nem com pressa e nem com lentidão”.

Acredita que na primeira semana de dezembro estará na Caixa Econômica.

TOMARIA A MESMA ATITUDE

Segundo ainda a fonte de Brasília, se a oposição estivesse no Governo faria o mesmo tipo de empréstimo para recuperar as rodovias estaduais.

– A oposição comemora as estradas esburacadas, porque atinge o governador, falou.

FONTE É SALÁRIO DO SERVIDOR

Eduardo Amorim diz que o Governo está tomando outro empréstimo e a garantia que dá é a fonte do pagamento do salário dos servidores.

– Servidores que estão com salários atrasados e sem reajuste, lamenta.

VISITA DE PERILLO A SERGIPE

A visita de Marconi Perillo, governador de Goiás, foi considerada boa. Ele trabalha para ser o presidente nacional do PSDB e defende a unidade na legenda.

O senador Eduardo Amorim falou e também insistiu na união da sigla.

O NOME SERÁ DE ALCKMIN

Na conversa foi revelada a tendência de um apelo a Geraldo Alckmin, para que ele seja o nome de consenso para unificar a tucanada rebelde.

Alckmin tem dito que não aceita, mas pode ceder aos apelos.

VALDEVAN EM CONVERSA

O pré-candidato a deputado federal Valdevan Noventa esteve ontem na sede do DEM e conversou com a presidente do partido em Sergipe, Ana Alves.

A conversa foi boa e ocorreu por iniciativa de Ana.

TERÁ UMA NOVA REUNIÃO

Ficou acertado que na próxima sexta-feira, primeiro de dezembro, com o retorno da senadora Maria do Carmo e de João Alves haja uma nova conversa.

Mas a informação é que Valdevan prefere filiar-se ao PDT.

NÃO DESMENTE E ELOGIA

Ana Alves não desmentiu e nem confirmou a conversa. Disse apenas que Valdevan é uma pessoa “muito boa e capaz. Grande nome!”

Sinal de que o DEM está interessado no Noventa.

AGORA É DESFAZER O NÓ

A partir de segunda-feira, Manuel Sukita e Augusto Bezerra se sentam para tratar sobre o PHS e fazer a migração de pessoas do Podemos para o seu novo partido.

Dentro do PHS é unanimidade que haverá retirada para outra sigla.

Notas

Ação penal de Gleisi – O STF está perto de um desfecho para ação penal da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, na Lava Jato. A  Procuradoria-Geral da República apresentou, ontem, ao Supremo, as alegações finais na Ação Penal (1003) contra a petista, seu marido, ex-ministro Paulo Bernardo e empresário Ernesto Rodrigues.

0x0

Delação premiada – O STF deve decidir se a Polícia Federal pode firmar acordos de delação premiada. Em abril de 2016, o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ação à corte pedindo que delações fossem conduzidas apenas pelo Ministério Público. Ele argumenta que a PF não teria poderes para fixar penas.

0x0

Presídio cheio – O presídio de Benfica, no Rio, está ficando cheio. Segundo informa o colunista Lauro Jardim, de O Globo, em razão dessa lotação, nos últimos dias, agentes penitenciários limparam a galeria B, reservada, em tese, para os presos que não pagam pensão alimentícia, mas expandida para políticos corruptos.

0x0

Ex-ministro foragido – Alvo de mandado de prisão pela Justiça Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ) na Operação Chequinho, o presidente nacional do PR, Antônio Carlos Rodrigues (SP), já é considerado foragido pela Polícia Federal (PF). Segundo a TV Globo informou, os policiais estão tentando localizá-lo.

0x0

Medidas provisórias – O Estadão descobriu que ao menos 29 medidas provisórias foram, por assim dizer, infectadas pela ação dos investigados na operação Lava Jato e seus desdobramentos. Ao todo, as bases dos governos Dilma Rousseff e Lula teriam recebido R$ 625,1 milhões em propina para a aprovação dos referidos textos.

0x0

Pedido de vistas – Dias Toffoli, segundo informa Andréia Sadi, disse que já estava decidido a pedir vista antes de se reunir com Michel Temer. “Eu já estava com essas dúvidas, até porque é uma ilusão achar que acaba foro para uns e não para outros. Eu estou trabalhando, no meu gabinete é celeridade.”

Conversando

Natal com imprensa – Valdevan Noventa, pré-candidato a deputado federal, está em pré-campanha firme e já promove almoço de Natal com a imprensa em sua chácara.

Agreste e sertão – Valdevan também está começando a viajar pelo interior e se entrosando com lideranças do agreste e do sertão.

Apoio a Belivaldo – Neste sábado o PSD reúne filiados e convidados para oficializar apoio a Belivaldo Chagas a governador do Estado.

Convites fervilham – Os bastidores fervilham com convites para filiações daqueles que se apresentam em boa condições de angariar votos.

Sobre o Senado – Durante a reunião do PSD pode ocorrer uma cobrança para que Jackson dispute o Senado. JB, entretanto, não tratará disso no encontro.

Já em Brasília – Presidente estadual do DEM, Ana Alves, está em Brasília e conversa com a senadora Maria do Carmo e o ex-governador João Alves Filho sobre o PPS.

Mantêm-se em alta – A violência se mantém em alta e falta estratégias e planejamento na SSP para se chegar aos bandidos que estão preferindo roubar carros.

PPS animado – Clovis Silveira muito animado com as conquistas do PPS e o seu crescimento no Estado. Foi o partido que mais avançou até o momento.

Incentiva o crime – O Foro Privilegiado incentiva a prática de crimes pela certeza da impunidade. Privilégios, o povo também quer.