30/11/17 - 00:01:38

MUDANÇAS PARA UM PAÍS ARRASADO

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

Até o momento as discussões políticas se desenvolvem à base de perspectivas futuras. Não há nada costurado de tal forma, que não possa se desalinhar mais à frente e fazer surgir um novo cenário, absolutamente avesso ao que esbugalha os olhos no momento. A política tem algo além da vontade pessoal, porque ela só se concretiza dentro de uma visão coletiva.

Nenhum partido [ou bloco político] vai prosperar se, internamente, houver ranços isolados que possam impedir conquistas, para fortalecimento de um processo que promova mudanças e vise a força do povo entrelaçada pela visão de poder, para chegar ao desejo de contornar problemas graves que afetam o País, principalmente no campo da corrupção, que vem sendo vista como natural no meio político.

As próximas eleições darão essa responsabilidade à sociedade. Principalmente a de traçar novos rumos, sem dispensar aqueles que realmente demonstram interesse em colocar o País nos trilhos. Não apenas com o fim da ladroagem, mas pelo reinício de um novo projeto que sinalize seriedade e desenvolvimento. Esses devem ser o foco das mudanças radicais que se necessita para um País melhor.

A luta será sempre pelo Poder. E continuará assim. Ainda não se percebeu quem possa chegar a ele, não apenas para ter a força da caneta e a chave do cofre, mas para oferecer outro estilo de trabalho que não seja direcionado ao fortalecimento de uma elite sem compromissos com a base da pirâmide, eternamente abandonada e carente do mínimo necessário para uma vida digna.

O povo – ah, o povo – tem que ir à busca do que lhe tomaram sempre, mas com vontade de também mudar o atual conceito da coisa pública, traduzido para “cosa nostra”. E a mudança virá sim, desde que haja uma consciência ampla de que ela jamais será feita com quem há anos mexe as pedras no comando geral de um Brasil arrasado.

PESQUISA PRÓ ELIANE

O deputado federal João Daniel (PT) disse ontem que o seu partido pode disputar as eleições majoritárias em Sergipe, com Eliane Aquino candidata ao Governo.

Para o Senado seria mantido o nome de Rogério Carvalho.

RESULTADO DA PESQUISA

Segundo ainda João Daniel, uma pesquisa realizada pela Padrão, para consumo interno, teria revelado que Eliane Aquino ganharia para Governo ou Senado.

– Como foi colocado o nome dela ao Governo, Eliane saiu-se muito bem.

HAVERIA MUDANÇAS

João Daniel disse ainda que esse acerto pode oferecer alguma mudança porque Eliane Aquino estaria com possibilidade de disputar o Governo e se sair bem.

– Em se mantendo isso, vamos apoiar esse projeto…

NÃO HÁ ESSE QUADRO

Uma fonte bem avisada do Governo reagiu: a base aliada “está fechada com Belivaldo Chagas e não há qualquer possibilidade de mudança no projeto”.

Disse que “o PT fará parte da chapa, seja com quem a sigla indicar”.

CONFIRMA A PESQUISA

A mesma fonte confirmou que realmente existe pesquisa do Padrão em analise, mas garante que “o nome de Eliane Aquino não foi colocado na induzida”.

– E sequer apareceu na espontânea, disse.

BRIGA ENTRE PRBXPT

Ainda segundo informações de setores do Governo, a disputa explícita do PT e PRB por uma vaga na chapa majoritária não “vai atingir a pré-candidatura de Belivaldo”.

– As duas siglas têm legitimidade para disputar o Senado, encerrou.

CANDIDATURA DE JACKSON

Ontem, mais um peemedebista histórico disse que pela movimentação política do governador Jackson Barreto, fica claro que ele é candidato ao Senado.

– Agora, JB não vai misturar política com administração, admitiu.

TRABALHO EM SILÊNCIO

O senador Eduardo Amorim (PSDB) diz que o crescimento de nomes da oposição nas avaliações feitas em Sergipe é fruto do trabalho em silêncio.

Admite que continuará assim por mais tempo.

SOBRE NOME PARA VICE

Eduardo Amorim disse que o nome do deputado federal Valadares Filho (PSB) nunca foi esquecido como candidato a vice-governador pela oposição.

– Vários nomes estão sendo conversados, “até alguns de lados diferentes”.

  1. EMERSON ESCLARECE

Pré-candidato da Rede, Dr. Emerson disse ontem que jamais houve qualquer conversa para oferecer a candidatura de vice-governador ao deputado Valadares Filho (PSB).

– Nem pessoalmente e muito menos de partido a partido.

SERIA MUITO DIFÍCIL

Emerson acrescentou que acha muito difícil ele tomar essa atitude, porque a princípio esses partidos não sentiram segurança na candidatura majoritária da Rede.

– Não há possibilidade de isso acontecer, disse.

DEPENDE DE ANDRÉ

Ainda sobre a oposição, o PSC&Cia não adotará nenhuma medida sobre eleições de 2018 sem que seja através do deputado federal André Moura.

Quem avisou isso foi Edvan Amorim (PR).

REUNIÃO VAI DECIDIR

PRB fará reunião amanhã. Acontecerá na sede do partido em Aracaju. Tratará do anúncio oficial à pré-candidatura de Belivaldo Chagas a governador.

Também discutira a posição da legenda em relação ao Senado.

DISPUTA FICA CLARA

O PRB disputa com o PT posição na chapa majoritária. Heleno Silva não abre mão da candidatura ao Senado e parece disposto a ir às últimas consequências.

A sigla é da base aliada e integra o Governo, mas sua reivindicação é legítima.

CONVERSAS FREQUENTES

A cúpula do PRB vêm conversando com frequência com a oposição, sobre posição na chapa majoritária. Insiste no Senado e até na vice.

O resultado da reunião de amanhã será surpreendente.

BATE BOCA EM PLENÁRIO

Os deputados Gustinho Ribeiro e Zezinho Guimarães bateram boca forte em plenário da Assembleia. Zezinho acusou Gustinho de sempre chegar atrasado às sessões.

A turma do ‘deixa disso’ evitou constrangimento.

ROGÉRIO NEGA MAL ESTAR

O presidente do PT, Rogério Carvalho, volta a negar mal estar com o PRB, durante evento em Pedrinhas. Jony Marcos confirmou que sim.

Alguém está falando inverdades nesta história.

CENTRO DE EVENTOS

Foi inaugurado ontem o novo Centro de Eventos João Augusto Gama, no Confort Atlântica Hotel Aracaju, no bairro Atalaia.

Jackson Barreto participou ao lado de outros políticos e empresários.

Notas

Formar grupo político – O ex-deputado Jorge Alberto (PPS) analisa que no atual momento só o seu partido, a Rede, o PMDB, o Psol e o PEN têm pré-candidatos ao Governo do Estado e admite que o PPS deve buscar a cada partido para conversas em busca de composições que forme um grupo político para as eleições.

0x0

Construir mais pontes – Jorge Alberto admite que para ganhar qualquer eleição o partido tem que buscar força sem segregar, para que o seu protagonismo se concretize dentro da formação de alianças e que se forme um bloco forte para disputar qualquer pleito. Na realidade, a política faz com que se construa pontes e não muros.

0x0

Temer sem pretensão – O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse ontem que o presidente Michel Temer “não tem nenhuma pretensão” em disputar a eleição de 2018. Segundo Padilha, o objetivo de Temer é cumprir bem seu mandato e “colocar o Brasil nos trilhos”. (NP) também se tivesse alguma pretensão hein?

0x0

Apelo de Deltan – Procurador Deltan Dallagnol diz que 55 mil pessoas têm foro privilegiado no país. Com o pedido de vista do ministro Toffoli, talvez o caminho mais curto para acabar com o foro na Lava jato esteja “em suas mãos”: não reeleja aqueles contra quem pesam provas de corrupção e influencie outros a fazer o mesmo.

0x0

PSDB fora da base – O ministro Eliseu Padilha, disse ontem que não considera mais o PSDB como um dos partidos da base de apoio ao governo no Congresso. Padilha afirmou que, ainda assim, o governo espera que os tucanos demonstrem apoio à reforma da Previdência “pela história do PSDB”, diz o Poder360.

0x0

Esquenta plenário – Segundo ainda divulga o Poder360, a senadora Kátia Abreu (Sem partido-TO), expulsa do PMDB, esquentou o plenário do Senado ao fazer críticas duras ontem ao colega Romero Jucá (RR), presidente da sigla. “Canalha, crápula do Brasil e ladrão de vidas e almas”, afirmou em discurso na tribuna.

Conversando

Arma de fogo – A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado libera compra de arma de fogo para moradores de área rural.

Já era tempo – Essa liberação pela CCJ do Senado já chega muito atrasada. O homem do campo fica a mercê da violência por ataques de bandidos.

Discute eleições – Discutindo a pauta “Eleições 2018”, o deputado Gustinho Ribeiro (PRP) participou na noite de ontem da reunião nacional de sua sigla, em Brasília.

Mercado de trabalho – O deputado federal Adelson Barreto lembra que o mercado de trabalho tem quase 27 milhões de trabalhadores subutilizados.

Próximo ano – Adelson Barreto (PR) disse que só vai tratar sobre política no próximo ano e que neste momento continua seu trabalho em benefício da população.

Agora no PHS – O ex-prefeito Manoel Messias Sukita (PHS) está conseguindo levar para o partido todos os que se filiaram, em razão dele, no Podemos.

Gustinho federal – Até o momento um único deputado estadual anuncia candidatura à Câmara Federal: Gustinho Ribeiro. E faz pré-campanha.

Decide posição – O PRB vai se reunir amanhã para decidir data de anúncio de apoio a Belivaldo Chagas (PMDB) e posição sobre a chapa majoritária.

Quem está pagando – Quem está pagando honorários milionários dos corruptos? Será que é com o dinheiro da corrupção. Atenção OAB!