01/12/17 - 00:01:33

AS EXIGÊNCIAS PARA SE MANTER

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Os interesses afloram. Falam bem mais alto do que qualquer intenção de um projeto político que fuja do objetivo exclusivo de levar vantagem. Em nome de qualquer posição rentosa, os meios estão acima de tudo que justificam os fins. A política tem um pouco dessa visão de que “se está bom para mim, o resto pode explodir”. Esse início de caminho – ainda muito longo – já revela dificuldades e vai precisar de muita conversa e pressa para se iniciar o ofertório.

Claro que em qualquer pleito o bloco situacionista sofre essas consequências por ser Governo. E poucos se seguram ao seu lado, sem fazer exigências. Alguns se mantêm no projeto porque acreditam nele, na mudança, na repaginação do Estado, nas reformas e na reconstrução de uma estrutura que compense assumir o seu comando, com vistas para o povo. Quem está no jogo eleitoreiro quer se ajustar – ou se ajeitar – para não perder posições no que consideram “bem bom”.

A oposição navega mais tranquila. Tem discurso na ponta da língua e só enxerga o que pode criticar. Sempre foi assim e continuará sendo, principalmente quando dificuldades econômicas eliminam maior capacidade de gastos e de posições em setores estratégicos. Quem deseja manter-se à sombra e água fresca e vê distante possibilidade de ficar ao sol escaldante, põe as cartas sobre a mesa e ameaça se acomodar no grupo adversário.

Naturalmente a oposição nada tem a dar. Mas muito a propor e a deixar vislumbrar, principalmente àqueles que se consideram a pão e água já há alguns anos. Mas nem sempre essas mudanças de nomes se transformam em paraíso que possa sustentar interesses pessoais. A vida política, sem projetos e objetivos ideológicos, apenas a busca de bons cargos e melhores salários, não é longa e geralmente leva ao ostracismo e ao óbito.

ESTÁ TUDO CERTO AO SENADO

Durante a inauguração do Centro de Convenções João Augusto Gama, quarta-feira, o que predominou foi a candidatura de Jackson Barreto ao Senado Federal.

Desde 1974 que Jackson não deixa de disputar eleição.

JACKSON ACENA BEM MAIS

O governador Jackson Barreto já acena mais positivamente para a candidatura ao Senado, mas sem deixar de manter o foco na administração.

Jackson tem conversado mais sobre isso.

LUCIANO BISPO PARA VICE

Ontem, após a sessão plenária, deputados da base aliada conversaram sobre a formação da chapa e o nome de Luciano Bispo (PMDB) foi unanimidade para ser o vice.

Sugerem que Belivaldo Chagas filie-se ao PSD.

FICARAM MUITO CHATEADOS

Alguns deputados da base aliada também se sentiram chateados com a arrogância de Breno, genro de Almeida Lima, durante uma entrevista à emissora de rádio.

Volta o refrão: “só ficam se Almeida sair”.

LAÉRCIO A CAMINHO DO DEM

O deputado federal Laércio Oliveira (SD) está realmente a caminho do DEM e será um dos novos filiados que querem espaço nos Diretórios.

O DEM já convocou assembleia extraordinária para 14 de dezembro.

NÃO PLANTARÃO DISCÓRDIA

Rogério Carvalho (PT) almoçou ontem com o deputado federal Jony Marcos (PRB) e postou foto dos dois se cumprimentando com aperto de mão.

– Não conseguirão plantar a discórdia em nosso bloco, disse Rogério.

QUEM FEZ O CONVITE

O almoço entre Rogério Carvalho (PT) e Jony Marcos (PRB) aconteceu por iniciativa do deputado evangélico, “para acabar qualquer comentário”.

Ao lado de prefeitos e aliados, Jony telefonou para Rogério e lhe fez o convite.

NÃO HÁ NADA DEFINIDO

Durante o almoço, Rogério Carvalho afirmou – e todos ouviram – que não existe nada definido quanto à candidatura ao Senado na chapa majoritária.

E mais: “tanto Heleno quanto eu pode disputar”.

SERÁ SURPREENDENTE

Jony Marcos, como presidente do PRB, confirmou que a reunião da cúpula do partido, nesta sexta-feira, será “surpreendente mesmo”.

Vai acontecer em Aracaju, na sede do partido.

VAI CONDICIONAR APOIO

Como presidente regional do PRB, Jony Marcos vai condicionar o apoio a qualquer pré-candidato ao Governo Estado à pré-candidatura de Heleno Silva ao Senado.

Esse será o tom do encontro de hoje do PRB.

E TEM BEM MAIS

Segundo ainda Jony Marcos, “se a chapa para deputado federal não for viável para mim, mesmo assim não abro mão da vaga de senador para Heleno Silva”.

Praticamente, é uma decisão tomada.

BANANAS QUASE PODRES

Do município de Maruim chega fotos e a informação que a merenda escolar do colégio municipal Sabino Ribeiro é apenas “banana quase ficando podre”.

Além de um bebedouro sem a mínima condição de funcionamento.

ELIANE ACHA MUITO CEDO

A vice-prefeita Eliane Aquino (PT) diz que não faz a menor ideia sobre as informações passadas à coluna pelo deputado João Daniel (PT) sobre candidatura sua ao Governo.

– Não faço a menor ideia de onde ele tirou isso, disse ela.

NÃO FALOU EM CANDIDATURA

Eliane disse que não falou em entrevista, ontem, que seria candidata à Câmara Federal: “só disse que meu nome está à disposição para ser discutido pelo PT’.

– Hoje estou muito focada na Prefeitura e trabalhando por Aracaju.

NÃO FALA COM LIDERANÇAS

Segundo ainda Eliane Aquino, “não estou atrás de lideranças e nem fazendo visitas com foco em 2018. Continuo no meu mesmo ritmo de trabalho”.

– Todos dizer que vou bem nas pesquisas, mas há muitas águas a rolar, concluiu.

DESCULPAS PELO CORTE

A Energisa enviou ofício ao prefeito de Poço Verde, Iggor Oliveira, pedindo desculpas por ter feito o corte de energia na sede da Prefeitura.

A religação aconteceu dez minutos depois.

FESTA E TELEFONEMA

O PDT fará reunião para dar apoio à pré-candidatura de Belivaldo Chagas ao Governo, na segunda quinzena de dezembro. O ato deve acontecer em Socorro.

Fábio Henrique telefonou ontem para Valadares Filho e falou sobre o assunto.

VALDEVAN CONTINUA FIRME

Valdevan Noventa, candidato a federal, continua conquistando lideranças pelo interior. Falam que à base da grana, o que vem assustando muita gente.

Um outro candidato, a estadual, também negocia a todo vapor.

Notas

Propina para Canal – Alagoas era comandada por “organização criminosa” de “pessoas abastadas”, afirmaram membros da PF e do MPF que atuaram na Operação “Caribdis”. A ação apurou o pagamento de propina na construção de trechos do Canal do Sertão, em esquema que envolvia o ex-governador Teotônio Vilela Filho (PSDB). Com informação do UOL.

0x0

Bolsonaro tem mais seguidores – Reportagem do UOL mostra que a campanha para 2018 anda a todo o vapor no Facebook, já que a legislação veta apenas o pedido direto de voto fora do período de propaganda eleitoral. Jair Bolsonaro continua líder no número de seguidores na rede social.

0x0

PSDB depende de outras siglas – O líder do PSDB na Câmara, Ricardo Tripoli (SP), falou que o PSDB fechará questão sobre a reforma da Previdência, caso os outros partidos da base de apoio do governo no Congresso também tomem essa decisão. “Não vi nenhum partido que dissesse isso [que entregaria todos os votos para a reforma]”.

0x0

Certeza de aprovar reforma – Segundo a Revista Voto, o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM), diz ter “certeza” de que a base vai conseguir criar as condições necessárias para aprovar a reforma da Previdência “nas próximas semanas”. (NP) Falta apenas 15 dias para o recesso parlamentar.

0x0

PSDB não rompeu – O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, disse ontem que “o PSDB não rompeu com o governo” e que “apoia o programa do governo”. Para ele, o que disse o ministro Padilha “é que o PSDB não faz parte da base de governo. Uma participação no governo ou não é questão do presidente”.

0x0

Delação atinge Mantega – “Paulo Roberto Cortez, ex-auditor da Receita, disse em delação premiada que Guido Mantega indicou para o Carf, o “tribunal da Receita”, nomes ligados ao esquema de corrupção que visava beneficiar empresas privadas, informam Camila Bomfim e Bernardo Caram, da TV Globo e do G1.

Conversando

Anima os aliados – Movimentação de Jackson Barreto (PMDB) anima aliados sobre sua candidatura ao Senado Federal no próximo ano.

Missa por Déda – Dia 02 de dezembro será celebrada missa dos quatro anos da morte do ex-governador Marcelo Déda. Será na Catedral Metropolitana.

Entra em recesso – Assembleia Legislativa tem semana com votações, mas entra em recesso até dia 15 de dezembro e retorna em fevereiro.

Sem reforma – O Congresso também entrará em recesso dentro de mais duas semanas e tudo indica que não terá tempo de votar a Reforma da Previdência.

Absoluto silêncio – O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) continua em absoluto silêncio e voltará a tratar de política quando estiver mais próximo ao pleito.

Grande esforço – Edvaldo Nogueira diz que mais um mês chegando ao fim e mais uma vez um grande esforço para pagarmos os servidores.

Poda preocupa – O médico Antônio Samarone preocupado com a podagem de árvores em Aracaju e está à busca de uma razão para isso.

Em silêncio – A oposição está conversando muito, mas evita comentários sobre qualquer decisão. Acha que não é hora para isso.

Ratos e gatos – O desejo do Poder supera o sentimento de vergonha. A cada dia ratos e gatos se misturam com os mesmos objetivos.