01/12/17 - 07:40:16

Técnicas de monitoramento e avaliação deverão qualificar sistema de saúde em Sergipe

A oficina está sendo ministrada na Universidade Tiradentes (Unit), sendo a primeira a ser realizada no país

Na ‘Oficina Introdutória sobre Monitoramento e Avaliação’ (M&A), promovida pelo Ministério da Saúde (MS), nesta quinta-feira, 30, em Sergipe, técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES) começaram a ser instrumentalizados em técnicas de M&A, a fim de que se mobilizem para atendimento às questões de planejamento e de respostas de saúde vindas dos municípios sergipanos e das próprias unidades mantidas pela SES. A oficina está sendo ministrada na Universidade Tiradentes (Unit), sendo a primeira a ser realizada no país.

A facilitadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), contratada pelo Ministério, a professora doutora Elizabeth Moreira dos Santos, explicou que a oficina traz uma metodologia e alternativas para que os profissionais elaborem as suas questões em M&A e encaminhem as soluções. “Ao término da oficina, esperamos que os participantes façam uso de alternativas para construir o plano de trabalho em monitoramento e avaliação, aderindo às necessidades que existam em Sergipe. Nossa função é de capacitar recursos humanos para o Sistema Único de Saúde [SUS], e isso significa abrir espaço, compartilhar e aprender junto soluções inovadores que respondam aos anseios locais”, declarou.

O coordenador geral substituto de Monitoramento e Avaliação, do MS, Luiz Marques Campelo, assegura que disseminar conhecimentos e práticas de M&A tende a transformar esses conteúdos num exercício diário para auxílio na tomada de decisões dos gestores da saúde. “Assumimos o desafio de capacitar técnicos do Estado e dos municípios para incorporarem o M&A na suas práticas cotidianas. Aqui, esses profissionais irão capturar esse conhecimento e incorporá-lo na produção de indicadores, de relatórios técnicos e de avaliações capazes de melhorar a gestão em saúde”, afirmou.

Nessa oficina, os participantes irão trabalhar a construção de modelos lógicos capazes de orientar a ação em saúde. Esses modelos deverão ser concluídos até esta sexta-feira, 1º de dezembro, quando será finalizada a oficina. “Desejamos melhor assistir e avaliar os serviços de saúde, a exemplo de relatórios quadrimestrais e de gestão, com objetivo de irmos além da teoria, pondo em prática as atividades sugeridas, tendo como referência o que já é desempenhado nos territórios”, almeja o presidente do Colegiado de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), em Sergipe, Enock Luiz Ribeiro.

Além do Cosems, participam também da oficina técnicos e apoiadores do Núcleo Estadual do MS e profissionais do próprio Ministério, provenientes de Brasília. “Temos aqui o ponto inicial do processo de adaptação das técnicas de M&A, visto que o Ministério da Saúde nos propõe o desdobramento dessa ação em outros momentos definidos conjuntamente pelos órgãos envolvidos. A partir dessas técnicas, rotineiras e satisfatórias, poderemos constatar quais metas foram ou não alcançadas, e assim apontarmos para outros percursos. Essa diretriz irá de encontro à transparência dos serviços em saúde e contribuirá para adoção de medidas através de um maior suporte técnico e científico, sendo esse transmitido com relatos de experiências internacionais, como está sendo feito aqui pela Fiocruz, através do MS”, pontuou a gerente de Informações e Estatísticas da SES, Eliane Nascimento.

O secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, analisa a importância da iniciativa. “Temos a intenção de qualificar o sistema de saúde em Sergipe trazendo sempre boas notícias para os sergipanos. Entre as inúmeras ações já desenvolvidas a partir da nova gestão da SES, a exemplo da aquisição e conserto de tomógrafos, reabertura de unidade, compra de equipamentos hospitalares e aquisição de ambulâncias, está também o monitoramento e a avaliação dos serviços realizados. Se contamos com apoio especializado, proveniente de uma instituição tão renomada como a Fiocruz, que nos auxilia nesse processo através do Ministério da Saúde, estamos galgando passos rumo à melhoria dos serviços prestados nas unidades locais”, ressaltou o gestor.

Fonte e foto assessoria