06/12/17 - 08:48:50

Troféu Senac Pleno é entregue a Tábata Amaral de Pontes

Na tarde de segunda-feira, 04 de dezembro, o Ginásio Charles Moritz foi cenário da entrega do Troféu Senac Pleno – Narrativas Exemplares. Nesta quarta edição, foi homenageada a jovem cientista política Tábata Amaral de Pontes, criadora dos movimentos sociais Mapa Educação, por melhorias no ensino, e o movimento Acredito, de mobilização política para mudar o Brasil. No mesmo evento foram exibidos os filmes do Curta Senac Pleno 2017, feitos por alunos e ex-alunos da instituição a partir de oficinas com o diretor e roteirista Fábio Jaciuk.

Segundo o Diretor Regional Paulo do Eirado, Tábata é uma referência de protagonismo juvenil, e sua história de vida é um exemplo a ser seguido. “Ela tem uma biografia maravilhosa, que mostra a capacidade de resiliência, de vencer as adversidades. Tábata tem uma luz interior muito forte, motivação, objetivo, projeto de vida, sonha alto. É tudo o que precisamos trazer para que o nosso aluno veja o quanto essa postura interior pode fazer a diferença para ter sucesso profissional, bons projetos de vida, para ser uma parte construtiva na sociedade. É uma pessoa encantadora, que trouxe esse contato positivo, muito importante em um momento em que a gente vê a divulgação dos maus exemplos prevalecer sobre os bons. E a gente quer caminhar na direção contrária, de trazer os bons exemplos para que nossos alunos e egressos tenham contato com essas pessoas maravilhosas e edificadoras de um novo Brasil”, declarou Paulo do Eirado.

Filha de cobrador de ônibus e recepcionista, a jovem nasceu no extremo sul da capital paulista. No 6º ano, ganhou uma bolsa para estudar matemática em um colégio particular. Suas excelentes notas lhe renderam outra bolsa, desta vez para ser aluna formal da escola. Quando se formou no ensino médio, Tábata foi aprovada em seis universidades americanas.

Estava prestes a se matricular quando o pai morreu vítima de complicações do álcool. Pensou em desistir, mas foi incentivada por professores e familiares, se formando, em 2016, em Ciências Políticas e Astrofísica pela conceituada Universidade Harvard.

Em sua conversa com os alunos, professores e colaboradores do Senac, Tábata falou das oportunidades e da dedicação que a levaram a uma trajetória de sucesso, tornando-a um exemplo para a juventude. “Eu acho que sou um exemplo porque mostro que a educação vale a pena, e ela ainda é o único caminho. Enquanto eu puder falar da minha história e do meu propósito, e motivar as pessoas a entenderem que a educação é importante, a buscarem oportunidades, a sonharem grande, eu farei isso com o maior prazer”, disse Tábata.

A jovem também apresentou os movimentos sociais dos quais é fundadora: o Mapa Educação e o Acredito. “O Mapa Educação é formado por jovens que querem que a educação seja prioridade para eleitores, candidatos, governantes e toda a sociedade. E o que nós queremos é formar jovens no Brasil inteiro, engajá-los, escutá-los, conectá-los com os governos e criar um diálogo que geralmente não existe. Queremos que esses jovens atuem como ativistas por uma educação de qualidade, acompanhando as eleições e fazendo pressão para termos bons posicionamentos dos políticos, mas, mais importante que isso, atuando depois das eleições para cobrar as promessas que foram feitas. Já o movimento Acredito sonha com um país com mais igualdade de oportunidades e uma vida digna a todos, então a gente quer renovar a política para que tenhamos mais representantes com a cara do Brasil. Mais mulheres, negros, indígenas, jovens, mais pessoas engajadas, onde a cor, o gênero, ou o lugar de nascimento não impeçam ninguém de fazer parte desse processo”, explicou.

Por fim, a homenageada respondeu às dúvidas da plateia e pôde conhecer as expectativas e anseios dos jovens sergipanos. “Essa é a oportunidade de discutir política e entender que a gente precisa ocupar esse espaço, porque se a gente não ocupa, deixa lugar para pessoas que não estão pensando no Brasil”, declarou.

Primeira foto: Segundo vice-presidente da Fecomércio, Fernando Silva, entrega troféu a Tábata Amaral.

Foto assessoria

Por Helmo Goes