07/12/17 - 00:01:54

TIME ESCALADO EM CAMPO

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

A oposição está retraída. Por falta de iniciativa ou estratégia, que pode ser equivocada ou de extrema inteligência. Atualmente baila ao “som do silêncio” e confunde aliados. Deputados do bloco não gostam dessa tática e já começam a se preocupar. Não sabem o que podem falar aos eleitores, em relação às candidaturas majoritárias, e nem como será montada. Todos concordam que os nomes surjam a partir do próximo ano, mas desejam um sinal qualquer de “quem será o quê na disputa pelo Governo e Senado”.

Já é dezembro e nenhum integrante da oposição sabe quem será candidato a majoritário, embora contem com apenas três nomes. Nem se PSB, PSC e PSDB vão marchar juntos na próxima caminhada. Um deles classificou a situação de “bagunça organizada”, ao admitir que não há um líder definido para comandar essa estrutura que revela algumas dúvidas e até intolerâncias. Até o momento ainda não se tem certeza absoluta que o PSC&Cia aceita o PSB como integrante do grupo.

Enquanto a oposição fica a “patinar perigosamente na maionese”, valendo-se de valores postos em pesquisas com 70% de pessoas consultadas sem opção de candidato, o bloco do Governo vai se fortalecendo. Ninguém tem dúvida que Belivaldo Chagas (PMDB) vai disputar a reeleição, ao assumir o Governo, com Jackson Barreto candidato ao Senado. Além disso, o ex-prefeito Heleno Silva (PRB) e Rogério Carvalho (PT) estão tentando ser o segundo nome a senador. Todos em clara pré-campanha.

O bloco aliado já está com o time parcialmente escalado para entrar em campo, com objetivo de conquistar o árbitro, que é o eleitor. Age de forma legítima e correta. São realmente 70% de indefinidos declarados. Esse percentual geralmente se reverte para quem parte mais cedo e tem grupo definido. A dúvida e indefinição geram incertezas que afastam eleitores em todo Estado.

JACKSON VAI A BOSTON

O governador Jackson Barreto viaja a Boston na próxima quarta-feira a convite do professor Uchoa, para instalação de campus da Unit nos EUA.

Belivaldo Chagas assume o Governo até o dia 19.

VOTAÇÃO ATENDE ALTERAÇÃO

A nova votação para o empréstimo do R$ 560 milhões ao Governo de Sergipe, atende a uma nova normativa do Tesouro Nacional para a operação.

Foi uma atualização da proposta junto à Caixa.

VAI ASSINAR CONTRATO

Com a aprovação, que atende a nova normativa, o governador Jackson Barreto assina o contrato para empréstimo já na próxima segunda-feira, junto à Caixa Econômica.

Agora haverá análise do projeto pela CEF e posterior liberação.

OPOSIÇÃO FICOU FORA

Deputados do bloco de oposição não participaram da nova votação para o empréstimo. Apenas a deputado Maria Mendonça (PP) furou o bloqueio.

A cúpula oposicionista dessa vez foi atendida.

ANDRÉ NÃO QUER REELEIÇÃO

O líder do Governo no Congresso, André Moura, disse ao deputado Luciano Pimentel (PSB), há 15 dias, durante procissão em Carira, que não seria candidato à reeleição.

Não revelou qual mandato iria disputar.

CLARO QUE VAI A GOVERNO

André Moura já disse abertamente que não pretende disputar o Senado, como também não vai à reeleição, a dedução é que foca a eleição ao Governo do Estado.

O seu recuo atual seria apenas estratégico.

NA VERDADE NÃO DEFINIU

A verdade é que até o momento o deputado André Moura ainda não definiu a que mandato será candidato nas eleições do próximo ano.

Avisa que em janeiro o grupo vai sentar para decidir sobre isso,

RECURSOS PARA SERGIPE

Neste momento André Moura se encontra em Brasília, mas a partir de janeiro trará muitos recursos para os municípios, que já estão no orçamento.

O montante de recursos “ninguém jamais trouxe”, disse um prefeito em off.

PSB DESMENTE CONVERSAS

O deputado Valadares Filho (PSB), via telefone dos EUA, disse ontem que não há conversas entre seu partido e o PT para uma composição futura.

– Isso é coisa do PT para se valorizar junto a Jackson, diz.

COMEÇA A SE MOBILIZAR

Resultado da pesquisa faz Valadares Filho se animar para disputar o Governo. Eduardo Amorim ficou tranquilo em relação à posição do deputado nas avaliações.

– É bom que você esteja no grupo de oposição, falou.

GRUPO VÊ POUCA CHANCE

Um membro da cúpula do PSC&Cia garante que quem vai aprovar nomes no grupo é o deputado André Moura e o empresário Edvan Amorim (PR).

E avaliou: “a chance de Valadares Filho ser candidato pelo grupo é menor que zero”.

SOBRE POSIÇÃO NA PESQUISA

Segundo ainda a fonte do PSC&Cia, uma coisa é ter pesquisa neste momento e outra é dentro de um cenário a três meses das eleições.

– Só será candidato quem tiver grupo político, avisou.

EVALDO JÁ EM PRÉ-CAMPANHA

O advogado Evaldo Campos (Podemos) já está em pré-campanha para deputado federal e fez visita ao prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR).

Excedeu nos elogios para conquistá-lo.

PRB COM CONVITE E ASSÉDIO

Deputado Jony Marcos (PRB) disse ontem que o seu partido recebe convites e assédios de outros partidos da oposição, que oferecem vagas na chapa majoritária.

– Mas agora não é hora de trabalharmos isso. Continuamos no Governo.

SIMPATIA POR BELIVALDO

Jony Marcos revela que o PRB tem muita simpatia por Jackson Barreto e reconhece que a pré-candidatura de Belivaldo Chagas é a melhor para a base aliada.

Segunda-feira o PRB conversa com JB sobre a reunião de apoio a Belivaldo.

PRESSÃO AOS DEPUTADOS

Uma guerra em Brasília. Segundo Jony Marcos estão fazendo uma forte pressão para que os deputados votem na reforma da Previdência. Há até ameaças dos partidos.

Uma dessas ameaças é o corte do fundo partidário para campanha a federal.

FALAM EM DESLIGAMENTO

Há também ameaças de desligamento de deputados que não obedecerem aos partidos, na decisão de fechar questão, e o veto à migração para outras legendas do bloco.

– Isso rola em todas as sigla, disse Jony, que manterá voto contra a reforma.

ALBANO E A TV-SERGIPE

O empresário Albano Franco demonstra tristeza com a venda dos 50% da TV-Sergipe à Lourdes Franco. Se dependesse só dele, a sociedade seria mantida.

Hoje a TV-Sergipe deve emitir nota sobre a transação.

Notas

Temer firme e decidido – Gerson Camaroti, da Globo News, informa que um aliado do presidente Michel Temer relatou ao seu blog que, na reunião ocorrida ontem à noite no Palácio da Alvorada, o presidente se mostrou “firme e decidido” a votar, ainda neste ano, a proposta de reforma da Previdência Social.

0x0

Partido fecha questão – PMDB anunciou ontem que fechou questão para obrigar seus 60 deputados a votarem a favor da reforma da Previdência. Com a decisão da legenda, a expectativa do governo é de que outras siglas da base aliada sigam o exemplo e também fechem questão a favor da matéria nos próximos dias (Revista Voto).

0x0

Refis da pequena empresa – Deputados aprovaram ontem projeto de lei que o Refis para micro e pequenas empresas. Aprovada por 332 votos a 1, a proposta prevê as mesmas regras do Refis aberto pelo governo para grandes companhias, encerrado em 14 de novembro. A matéria seguiu para análise do Senado.

0x0

STJ divulga penduricalhos – Segundo Eliane Catanhêde, do Estadão, ao mesmo tempo em que pretende divulgar as planilhas com salários e “penduricalhos” dos juízes do País, o CNJ vai votar compilação de resoluções do conselho sobre remunerações que mantém os chamados ‘penduricalhos’: auxílio moradia, diárias e auxílio funeral.

0x0

Lula manda recado – O ex-presidente Lula disse ontem no Rio, que “outro dia vi na imprensa que o mercado não quer que eu seja presidente. Quero lembrar a esse mercado que quando eu cheguei à Presidência, esse país devia 30 bilhões ao FMI e a inflação estava a 12,5%. Eu não preciso deles. Eles precisam de mim”.

0x0

Partido de Bolsonaro cresce – O Patriota, antigo PEN, atual partido de Jair Bolsonaro, atingiu em outubro seu número recorde de filiados: 75.369, segundo registro da coluna Expresso, da Época. Esse número ainda vai crescer até as eleições do ano que vem inclusive com a adesão de vários parlamentares.

Conversando

Tiririca envergonhado – Quem diria? Tiririca não será candidato à reeleição e deixará de vez a política. Diz que sai totalmente com vergonha de ter exercido o mandato.

Sobre João – Ontem um conceituado homem público, ex-deputado de oposição, reconheceu que João Alves Filho fez um dos melhores Governos de Sergipe.

Mais que Déda – Em um restaurante entre conversas com políticos, foi citado o nome de André Mouras que, como líder do Congresso, fez mais que Déda quando deputado.

Combate à corrupção – Alessandro Vieira diz que não dá para fazer segurança pública se o combate à corrupção não for prioridade.

Libera recursos – Deputado federal André Moura (PSC) continua atuando na liberação de recursos para a Prefeitura de Aracaju, em Brasília.

Apenas um lanche – Geralmente, quando está em Brasília, o governador Jackson Barreto faz um lanche em um shopping, à noite, para depois ir dormir.

Estados nota A – Apenas Pará e Espírito Santo conquistaram nota “A” no novo rating do Tesouro Nacional. A avaliação foi publicada ontem.

Estados nota B – Sergipe está no rating “C” junto a Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Santa Catarina e Tocantins.

Quer legado – Henrique Meirelles quer ser o candidato a presidente apoiado por Temer e já sugere a defesa do legado do atual presidente.