14/12/17 - 10:30:46

Só Heleno não percebeu que a chapa de Senado está definida!

O Governo do Estado não comenta sobre o assunto publicamente. Estrategicamente, o governador Jackson Barreto (PMDB) já adiou para meados de 2018 sua decisão se deixa ou não o comando do Executivo para concorrer a um mandato eletivo, mas apesar de todo esse “sigilo”, nos bastidores do agrupamento está tudo encaminhado para que seja formada uma chapa para o Senado Federal com o próprio JB e o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Rogério Carvalho.

Aliás, o petista já vem trabalhando neste sentido há muito tempo, vem costurando entendimentos políticos e chega a deixar a “janela” aberta inclusive para conversas com a oposição. Rogério Carvalho “vende” a excelente votação que teve em 2014, quando o cenário era completamente diferente e quando ele, por muito pouco, não venceu a disputa contra a senadora Maria do Carmo (DEM), que findou se reelegendo para mais um mandato.

Enquanto Rogério se mantém próximo e atuante junto aos demais partidos, a maioria dentro do agrupamento aposta todas as fichas em uma candidatura de Jackson para Senador. Aliados fazem a leitura que o governador não vai deixar o “cavalo passar selado” e que, com a estrutura de Poder nas mãos, dificilmente não será um dos dois eleitos em 2018. Neste sentido, a dúvida aí não seria sobre a candidatura, mas sobre o período em que JB deixará o comando do Governo.

Essa, inclusive, é uma decisão importante porque quem assume o Executivo é Belivaldo Chagas, pré-candidato a governador no próximo ano e que tem sido acompanhado e apoiado por Rogério Carvalho. Em síntese, só o ex-deputado federal Heleno Silva (PRB) não percebeu que a chapa para o Senado dentro do bloco governista está definida! Há um compromisso de que a vaga de vice-governador será oferecida ao PSD e possivelmente será o deputado estadual Luiz Mitidieri.

E este colunista não está desmerecendo a importância de Heleno Silva, do PRB ou da Igreja Universal. O agrupamento vem se fortalecendo bem para 2018 e certamente já incomoda, sobretudo alguns aliados. O Governo não abre mão do apoio político, como Heleno também não deseja outra coisa que não seja o Senado. Acomodações estão sendo costuradas e podem evoluir, mas, por enquanto, o encaminhamento é que a chapa está definida e caberá ao PRB decidir se aceita ou sai. Nada mais…

 Veja essa!

Falando em Heleno ele teve seus bem móveis e imóveis bloqueados pelo juiz Paulo Roberto Barbosa, da comarca de Canindé de São Francisco. O bloqueio é da ordem de R$ 568 mil.

E essa!

Heleno foi condenado por improbidade administrativa enquanto prefeito de Canindé de São Francisco e a ação foi proposta pelo Ministério Público Estadual. A denúncia é também por dano ao erário, enriquecimento ilícito e violação aos princípios administrativos. Existem suspeitas de irregularidades com a merenda escolar.

 Heleno tranquilo

A informação é que Heleno Silva está tranquilo apesar da decisão, que vai buscar provar sua inocência e que seu projeto político para 2018 segue bem definido e vai adiante.

 Correndo trecho

Se Rogério Carvalho está “colando” em Belivaldo Chagas, para assegurar sua presença na chapa de senador, Heleno segue suas “andanças” pelo Estado sempre ao lado do deputado federal Jony Marcos (PRB) e do deputado estadual Jairo de Glória (PRB).

 Ruim para Samuel

O deputado estadual Capitão Samuel (PSL) tem mais uma “dor de cabeça” para resolver em 2018: além de buscar a reeleição, o parlamentar agora terá que articular um recurso contra a decisão do TJ que decidiu pela inconstitucionalidade da lei que permite a volta de militares à ativa, após cumprir mandatos eletivos.

 Projeto definido

É evidente que o objetivo de Samuel está em se reeleger no próximo ano. Mas o deputado tinha como “carta na manga” seu retorno à PM, a partir de 2019, caso não tenha êxito nas urnas. O MPE, através do procurador-geral de Justiça, Rony Almeida, teria encontrado “vícios” na lei aprovada pela Alese.

 Bomba!

Chega a informação que um pré-candidato a deputado estadual em 2018, que vem “atropelando” os concorrentes com um trator, está na mira do MPE, do MPF e da Polícia Federal em uma investigação sobre a aplicação de recursos públicos.

 Vai faltar remédio

Por enquanto os promotores e procuradores guardam o assunto em sigilo, mas sabe-se o pré-candidato é uma espécie de “testa de ferro” de uma conhecida autoridade. Este colunista não vai antecipar os fatos, mas em breve vai ter gente procurando medicação nos hospitais em caráter de urgência…

 Exclusiva!

Um político do Estado, que está prestes a ser julgado em Brasília, já estaria com sua sentença condenatória “sacramentada”. E não será novidade para ninguém. O problema é que esta decisão pode contaminar outras pessoas por tabela…

 Operação Caça-Patrão I

Essa semana este colunista denunciou que um servidor do Tribunal Regional do Trabalho, dono de um empreendimento na região do Mosqueiro, mantém os funcionários em regime de escravidão.

 Operação Caça-Patrão II

Logo quem deveria dar o exemplo mantém seus funcionários trabalhando sem carteira assinada, vale transporte e com o salário vinculado com a comissão paga pelos clientes. Depois da Operação Caça-fantasmas, o Ministério Público (leia do TRABALHO) já poderia atuar na “Caça-Patrão”…

 Ulices Andrade

Na véspera de sua posse como presidente do Tribunal de Contas do Estado, o conselheiro Ulices Andrade foi entrevistado pelo radialista George Magalhães e se disse preparado para o novo desafio. Disse que dará continuidade aos acertos da gestão atual e vai impor o seu próprio ritmo de trabalho.

 Estilo diferente

Ulices Andrade não quis polemizar, disse que cada presidente tem sua forma de trabalho e que “tenho experiência, aprendi a conviver com iguais na Assembleia e farei mesmo no TCE, respeitando a todos. Cada um tem seu estilo de gerir e eu tenho o meu”.

 Economia

Ulices revelou que manterá o TCE com suas despesas sob controle e explicou que os recursos repassados ao Estado, para investimentos, serão geridos pelo governo como ele bem entender. “Se o TCE economizou, o dinheiro volta para a conta única do Estado que o aplica como bem entende”.

 Parcerias garantidas

Ulices também reforçou que, como presidente do TCE, manterá parcerias e um bom relacionamento com os poderes constituídos e com o Ministério Público. “Daremos continuidade aos bons exemplos, como o bem fiscalizar e o bem gerir recursos públicos. A Operação Anti-Desmonte, por exemplo, foi uma ideia que nasceu de todos os conselheiros”.

 Inadequado

Questionado sobre os ataques proferidos pelo atual presidente Clóvis Barbosa contra a conselheira Susana Azevedo, Ulices voltou a não polemizar, mas registrou que “Susana é uma conselheira atuante, que tem tido um comprometimento muito grande com o TCE. Vejo que a expressão ‘fofoca’ não é linguagem para o TCE. Foi algo inadequado”.

 Machado I

Após prestar depoimento aos promotores de Justiça na Operação Caça-Fantasmas, o ex-deputado José Carlos Machado emitiu uma nota pública para a sociedade sergipana dizendo que “embora ainda não tenha sido oficialmente citado para me defender, mas tomando conhecimento, através da imprensa, de denúncia formulada pelo MPE contra mim, em consideração à comunidade sergipana, apresso-me em prestar informações esclarecendo aspectos sobre a matéria”.

 Machado II

Machado está sendo denunciado sobre suposta irregularidade em nomeações para o quadro de pessoal comissionado no Gabinete da Vice-Prefeitura de Aracaju no período em que exerceu aquele cargo. “E o faço em respeito aos mais de 40 anos de vida pública nos diversos cargos que exerci, contando sempre com o apoio e a deferência dos sergipanos”.

 Machado III

“Assim, quando for citado, me reunirei com os advogados que constituí para conhecer os efetivos termos da denúncia e apresentarei, nos autos, as provas da minha inocência, certo de que a verdade haverá de prevalecer. Saliento, de antemão, que, formalmente, eu não era responsável pelas nomeações, nos exatos termos da Legislação Municipal. E, por fim, faço questão de manifestar meu respeito ao trabalho do Ministério Público e a minha total confiança na Justiça do Estado”, completou a nota José Carlos Machado.

 Com André Moura I

O prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), foi recebido em Brasília pelo líder no Congresso Nacional deputado André Moura (PSC). O gestor foi tratar de assuntos de interesse do município. O motivo foi a proximidade do prazo final para a aprovação da Lei Orçamentária Anual de 2018 (LOA).

 Com André Moura II

O prefeito se mostrou esperançoso. “Falei com o líder André sobre as necessidades de Itabaiana. Ele se mostrou bastante disposto a ajudar. Solicitei a ele que sejam liberadas verbas para obras de pavimentação, construção de escolas, aquisição de ambulâncias e material odontológico”, apontou.

 Itabaiana

André Moura afirmou que, dentro do que for possível, ajudará ao povo de Itabaiana. “Me alegra ter o reconhecimento dos prefeitos sergipanos. Espero que, em breve, possa trazer boas novidades para todos os itabaianenses. Trabalharei de forma a atender o máximo de pedidos possíveis”, declarou o líder. Presentes estavam o vereador José Roberto Imperador, os líderes comunitários Jadiel das Mangabeiras e Adelson das Cajaíbas, e o assessor José Alberto.

 Hospital Universitário

O Ministério da Educação (MEC) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) autorizaram a execução da obra de conclusão da Unidade Materno-Infantil do Hospital Universitário de Sergipe (HU-UFS), orçada em cerca de R$ 15,7 milhões. A ordem de serviço foi assinada pelo senador Eduardo Amorim (PSDB); pelo deputado André Moura; o ministro da Educação, Mendonça Filho; o presidente da Ebserh, Kléber Morais; e o reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Ângelo Antoniolli.

 Eduardo Amorim

Segundo Eduardo Amorim, essa ação no HU-UFS é uma mostra de compromisso do ministro Mendonça Filho com a saúde sergipana. “Ele mostrou sensibilidade, estará registrado na história da Medicina do nosso estado”, disse ao explicar que quando estudante do curso de Medicina não teve esse privilégio. “Serão 118 leitos especializados, portanto, mudará a realidade local”.

 Mendonça Filho

Para o ministro Mendonça Filho, essa foi uma ação importante do MEC apoiando a UFS na expansão da infraestrutura hospitalar para preparação e ensino de médicos e profissionais ligados à saúde. “A Unidade Materno-Infantil complementa os investimentos já realizados, recentemente, em Sergipe que tem como foco principal a área de saúde”, disse.

 Alese I

O Poder Legislativo de Sergipe, recebeu dois Projetos de Leis Complementares do Governo do Estado, em  tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alese, com previsão de entrar na última pauta de votação deste ano, prevista para esta próxima sexta- feira (15).

 Alese II

Dos PLCs, o de nº 15/2017- dispõe sobre a criação do abono de permanência para os policiais militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe.  A proposta em análise visa incentivar o servidor que implementou os requisitos para aposentar-se a permanecer na ativa até a compulsória, bem como promover a economia ao Estado, uma vez que a permanência do servidor na ativa consegue postergar no tempo a dupla despesa de pagar proventos a este, e remuneração a outro que venha substituí-lo.

 Abono

Ainda de acordo com o texto da PLC nº15, o Poder Executivo Estadual justifica seu pedido de análise, em virtude do atual cenário de frustração de receitas tributárias e de estagnação da economia pelo o qual o país tem passado. Vale ressaltar que o abono de permanência foi instituído pela Emenda Constitucional nº 41/2003, corresponde ao valor de contribuição previdenciária mensal do servidor que o requerer, cumprindo requisitos para a aposentadoria e opte em permanecer em atividade, de caráter voluntário.

 Magistério

Já o PLC nº 16/2017 propõe a criação da gratificação por permanência em serviço na carreira do magistério, de caráter voluntário, assegurando ao servidor dessa classe a opção por permanecer na ativa por mais algum tempo, contribuindo para a execução das políticas públicas da área de educação.

 Amigo da Marinha I

Atendendo a um convite do Comandante da Capitania dos Portos de Sergipe, o Capitão de Fragata João Batista Barbosa, o deputado estadual Venâncio Fonseca (PP), junto com o presidente da Assembleia Legislativa, o também deputado Luciano Bispo (PMDB), e outras autoridades do Estado, recebeu, na sede da Capitania, a Medalha e Diploma “Amigo da Marinha”, dentro das comemorações pelo Dia do Marinheiro.

 Amigo da Marinha II

A Medalha “Amigo da Marinha” foi criada em agosto de 1966, para agraciar personalidades civis, sem vínculo funcional com a Marinha do Brasil, militares de outras forças, bem como instituições que se tenham distinguido no trabalho de divulgar a mentalidade marítima, no relacionamento com a Marinha, na defesa dos interesses atinentes à Marinha e na divulgação da importância do mar para o país.

 Venâncio Fonseca

Durante a solenidade também foi apresentado o novo comandante da Capitania a partir de 2018, o Capitão de Fragata Alessandro Pires Black Pereira. “Para mim é uma honra e uma satisfação receber esta homenagem da Marinha do Brasil que tanto zela pela segurança do povo brasileiro. O mandato do deputado Venâncio Fonseca está sempre a disposição da Marinha, uma das grandes parceiras do Poder Legislativo”.

Kaká Andrade I

O suplente de senador Kaká Andrade esteve em audiência com o Embaixador de Israel, Yossi Shelley, acompanhado do Engenheiro Sebastião Andrelino, em Brasília, para discutir vários temas como a grande experiência daquele País no que diz respeito ao aproveitamento da água e a moderna irrigação.

 Kaká Andrade II

“Os caminhos foram trilhados e as pontes estabelecidas para futuros projetos de cooperação técnica, econômica e social entre Sergipe e Israel.  Também estivemos no Senado Federal acompanhando a tramitação de nossos projetos relacionados com a revitalização do rio São Francisco e outros de interesse do município de Canindé de São Francisco”.

 Socorro

Chega a informação que o prefeito de Socorro, Padre Inaldo (PCdoB), encaminhou um projeto para a Câmara Municipal pedindo autorização para pegar um empréstimo da ordem de R$ 50 milhões. Ele fala que para a contrapartida de obras do município. Há quem diga que com R$ 10 milhões tudo se resolve. Há uma preocupação com o comprometimento da folha do município caso o empréstimo seja aprovado. Com a palavra a Prefeitura de Socorro…

 Diplomação

Um momento especial para o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Sergipe (CAU/SE). Foi realizado evento de Diplomação e Posse dos novos conselheiros, gestão 2018/2020, no Plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).

 Pauta

Na oportunidade foi realizada a 12ª Reunião Plenária Ordinária, e dentre assuntos da pauta, a assinatura do termo de posse dos novos conselheiros e seus respectivos diplomas, entregues pelo coordenador da Comissão Eleitoral Estadual de Sergipe, arquiteto José Wellington Costa.

 Conselho de Arquitetura

Para a presidente do CAU/SE, Ana Maria Farias foi um momento também de comemorar o Dia do Arquiteto, celebrado no dia 15/12, de agradecer o empenho dos conselheiros da gestão atual, pelo apoio nas ações do Conselho e por fim, desejar as boas vindas aos novos colegas. “Vamos caminhar juntos em apoio a nossa categoria e à sociedade, bem como promover arquitetura para todos”, afirmou.

 CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com