15/12/17 - 00:01:28

CAMPANHA PELO VOTO HONESTO

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Membros do judiciário não ficarão de braços cruzados nas próximas eleições. Isso em todo o Brasil. Já a partir de agora, alguns juizes e promotores, a maioria da área federal, começam a atuar nas redes sociais sérias, fazendo um apelo profundo aos eleitores, em favor do voto honesto e contra a continuidade de políticos identificados como corruptos na vida pública. Integrantes da Polícia Federal também devem entrar nessa campanha para moralizar o País.

Um dos apelos, aparentemente convincente, diz que mais e mais pessoas dependerão dos recursos públicos, que serão cada vez mais dirigidos às necessidades básicas da população. “Se fizermos boas escolhas em 2018 teremos legisladores e administradores competentes e honestos”, diz um dos magistrados, utilizando o twitter. Claro que não é fácil convencer a um eleitorado que se deixa influenciar por amizades, ofertas generosas e dinheiro, a votar contra o assalto imoral que grande parte dos políticos faz aos cofres públicos.

Mas, contra a tática de marketing irresponsável, sem compromisso com a recuperação de um país que chegou a rés do chão, uma campanha séria, bem arquitetada e persistente, mesmo usando apenas as redes sociais, poder influenciar para reverter essa irresponsabilidade eleitoral que predomina no Brasil, e faz a população utilizar o quanto pior melhor para representá-la no legislativo e no executivo.

De todas as formas, o eleitor é conivente com a ladroagem, quando vota sempre no mesmo corrupto ou em novos que tentam elegerem-se para dar continuidade ao desmando com o dinheiro público, que se pratica às escâncaras. Já passa do tempo de se chamar cada cidadão à responsabilidade, lembrando com o voto também organiza quadrilhas.

Se a campanha de segmentos do judiciário vingar, quem sabe a partir de 2019 o dinheiro do povo não seja revertido a seu favor?

ASSINATURA DO EMPRÉSTIMO

Com o retorno de o presidente Michel Temer a Brasília é provável que o empréstimo de R$ 560 milhões para Sergipe seja assinado nesta próxima semana.

Jackson quer fazer uma solenidade ao lado do presidente par registrar o ato.

ESTÁ DENTRO DOS CONFORMES

Segundo o deputado Fábio Reis (PMDB) está tudo dentro das exigências do Tesouro Nacional e da Caixa: Sergipe apresentou todas as exigências solicitadas.

Caso não seja possível uma agenda com Temer, o presidente da CEF assina.

CONVERSA COM ANDRÉ

O deputado federal André Moura (PSC) conversou quarta-feira com Jackson e Fábio Reis e tem se somado para a liberação do empréstimo.

Será André que vai conversar com Temer para agendar o encontro com JB.

RETORNA SEGUNDA A BRASÍLIA

Jackson Barreto, ao lado de Fábio Reis, retorna a Brasília na segunda-feira e possível que volte a Sergipe com a liberação do empréstimo.

O governador já está em Aracaju desde ontem à noite.

FAZER UMA QUIZUMBA

Segundo ‘Radar’, dirigentes do PMDB de 10 estados, inclusive Sergipe, pretendem fazer uma quizumba contra Romero Jucá, durante a convenção do partido dia 19.

Em razão disso, o senador Eunício Oliveira trabalha para adiar a reunião.

PRESENÇA DE SERGIPE

De Sergipe participam da convenção em Brasília, dia 19, delegados do PMDB. Jackson Barreto confirmou presença e o vice, Belivaldo Chagas, também.

Há muitas queixas do PMDB de Sergipe contra Romero.

TUDO A TOQUE DE CAIXA

Benedito Figueiredo (PMDB) diz que Romero Jucá quer fazer a convenção a toque de caixa e em tempo exíguo para algumas alterações na estrutura do partido.

– Isso não será aceito e é possível que a convenção seja adiada, admitiu.

BLOQUEIO IRRITA EUNÍCIO

O presidente do Congresso, Eunício Oliveira, se irritou porque não conseguiu liberar o plenário da Câmara para realização da sessão. Aconteceu na terça-feira.

Chateado, disse a André Moura que não haveria votação da reforma da Previdência.

TAMBÉM ESTÃO EMPERRADOS

Alguns empréstimos junto à Caixa, de municípios como Socorro, Aracaju e Tobias Barretos, tramitam com certa lentidão em razão da burocracia.

É que a Secretaria do Tesouro tem pedido novas informações.

ACONTECEU COM EDVALDO

Ontem, o prefeito Edvaldo Nogueira teve que encaminhar às pressas informações solicitadas pelo Tesouro Nacional para tramitação do empréstimo da Prefeitura.

André Moura fez a ponte para entrega do documento.

PT APÓIA CANDIDATO DA BASE

Marcio Macedo (PT) confirmou ontem que seu partido vai apoiar a candidatura de Belivaldo Chagas (PMDB) ao Governo e de Rogério Carvalho (PT) ao Senado.

– Isso já foi posto pela a legenda já há algum tempo, lembrou.

SOBRE O PLEITO DO PRB

Perguntado sobre o pleito de Heleno Silva (PRB) à disputa pelo Senado, Marcio achou legítima a posição dele e que tudo deve ser discutido em grupo.

– Se não quiserem a gente, podemos partir para candidatura própria, avisou.

BRIGA NÃO É COM O PT

O ex-prefeito Heleno Silva avisou que a briga do PRB não é com o PT, mas “o desejo legítimo de um partido que também integra a base aliada”.

– O grupo analisará as candidaturas, sabendo que unidos seremos mais fortes.

VAI ENTRAR COM DEFESA

Heleno Silva ainda não foi notificado do processo sobre penhora dos bens, mas vai entrar com defesa e fazer uma demonstração dos fatos.

Para Heleno, “os erros apontados são técnicos”.

MAIORIA NÃO TEM CANDIDATO

Alessandro Vieira (Rede), pré-candidato a deputado federal, diz que pesquisas revelam que 85% do eleitorado não têm candidatos definidos.

– A grande maioria não quer votar em quem já exerce mandato, informou.

VIRÁ COM MOVIMENTAÇÃO

Alessandro avisa que a Rede Sustentabilidade fará muita movimentação no primeiro semestre de 2018, para a formação de um bloco competitivo e forte.

– Mas não fará composição com ninguém que tenha denúncia, avisou.

CRISE NA HEMODIÁLISE

Um nefrologista confirmou ontem que o problema com a hemodiálise do Huse ainda se mantém e admitiu que o hospital é como “pai de santo: só receber”.

Residem no Huse, há meses, de 30 a 40 pacientes em condições de alta.

TRATAMENTO AMBULATORIAL

Segundo ainda o médico nefrologista, esses pacientes residentes devem ser levados para tratamento ambulatorial, “mas esse setor não tem vaga”.

– A situação revela uma realidade triste, lamentou.

VALDEVAN FAZ REUNIÃO

Valdevan Noventa, pré-candidato a deputado federal, conversou com o prefeito e o vice de Arauá, além de vereadores e secretários municipais.

Também presentes lideranças comunitárias e sindicais.

Notas

Temer com sonda – Segundo informou a Globo News, através do repórter Alan Severiano, o presidente da República, Michel Temer, terá de usar sonda por três semanas. O presidente passou por uma cirurgia para desobstrução da uretra no hospital Sírio Libanês e deve permanecer em repouso até esta sexta-feira.

0x0

Seria estratégia de fuga – Lula comunicou, quarta-feira, que tem compromisso para conferência sobre ‘Combate a Fome”, na África, no dia 26 de janeiro de 2018, mas que pretende viajar dia 24 do mesmo mês, data prevista para seu julgamento pelo TRF4. Dependendo do resultado, Lula poderá não retornar ao Brasil.

0x0

Eduardo continua preso – O ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves vai continuar preso. O pedido de liberdade feito pela defesa do peemedebista foi negado ontem pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Recife. A informação é da Band News.

0x0

Reforma só em fevereiro – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), confirmou ontem o adiamento da discussão sobre a reforma da Previdência. O assunto só voltará a ser tratado em fevereiro. A leitura do relatório será feita no dia 5 de fevereiro, enquanto a votação em primeiro turno está prevista para o dia 19.

0x0

Senador tem pena reduzida – Com empate de 5 a 5 provocado pelo voto do ministro Alexandre de Moraes, o STF decidiu reduzir a pena do senador Ivo Cassol (PP-PR), de 4 anos e 8 meses em regime semiaberto para 4 anos em regime aberto. A pena será substituída por prestação de serviços, o que significa que ele não será preso.

0x0

Refinanciar dividas rurais – O Senado aprovou ontem o projeto do Funrural que refinancia as dívidas dos produtores rurais com a Previdência. O texto estabelece descontos de 100% nos juros e multas para dívidas. A aprovação da matéria ocorreu de maneira simbólica, ou seja, sem o registro de voto dos senadores.

Conversando

Jogo definido – Francisco Gualberto, em entrevista, disse que o jogo de 2018 está definido entre os que “criaram a crise” e os que trabalham para enfrentá-la.

Desejo por Eduardo – O líder da Juventude do PSDB deixou claro que desejo da oposição é de que Eduardo Amorim seja candidato ao Governo de Sergipe.

Estilo diferente – Ulices Andrade disse que Clovis Barbosa administrava de forma mais centralizadora, mas que seu estilo será diferente.

Expulsar políticos – Radialista George Magalhães sugere aos padres e líderes religiosos que expulsem políticos que votarem a favor da reforma da previdência.

Sargento Edgard – “Costumamos julgar pessoas antes da justiça, isso nos torna algozes de inocentes. Ou alguém aqui não conhece casos de erros da justiça”.

Contra reforma – Se depender da bancada de Sergipe na Câmara Federal, a reforma da Previdência não será aprovada jamais.

Muita cautela – Muito boato circulando em relação a ações na Justiça, algumas delas ainda em sigilo. É preciso cautela para as falcas informações.

Superar vendas – O clima é de compras e o comercio começa a dar sinais de que o Natal pode superar as vendas do mesmo período no ano passado.

Amarga derrota – Lula não será preso. Há um temor de convulsão. Mas vai amargar uma derrota que tinha certeza que não aconteceria.