20/12/17 - 07:47:51

Recesso é uma afronta

Entre as regalias da classe política a mais exagerada é o recesso parlamentar. Diferente do trabalhador, que labuta de sol a sol e o ano inteiro, os parlamentares registram presenças quatro dias por semana e tiram férias a cada seis meses. Pior é que muitos desses ‘come e dorme’ ainda dizem trabalhar demais. Coitados! É por absurdos como este que o povo deixou de acreditar na classe política e passou a exigir mais respeito aos impostos pagos pelos cidadãos.

Nem aí!

O Tribunal Regional Eleitoral cassou, ontem, o mandato do deputado estadual Augusto Bezerra (PHS). Ele é acusado de meter a mão grande nos recursos da Assembleia. A punição da Justiça não tirou o sono do parlamentar, pois embora já tenha sido cassado pelo próprio TRE, em 2016, continua atuando livre, leve e solto no Legislativo. Marminino!

Cadê o dinheiro?

Outro que anda as voltas com a Justiça é o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC). Ele foi condenado sob a acusação de ter contratado um funcionário fantasma, quando era deputado estadual. Segundo o Ministério Público, Valmir ficava com os R$ 2,1 mil que José Joaquim Santana recebia da Assembleia e do governo de Sergipe. O prefeito teve os direitos políticos suspensos por cinco anos e terá que devolver a grana recebida indevidamente por Joaquim. Misericórdia!

Grana na mão

Boa notícia para os servidores, aposentados e pensionistas da Prefeitura de Aracaju: a segunda parcela do 13º salário será depositada nesta quarta-feira. O pagamento do benefício significa uma injeção de recursos na economia aracajuana da ordem de R$ 20 milhões. Muito bom!

Mesa farta

A ceia deste Natal vai ser mais farta e mais em conta. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, os itens que compõem a ceia natalina ficaram 7,68% mais baratos do que no ano passado. Entre os produtos que apresentaram maiores quedas de preço estão as frutas (-13,86%); farinha de trigo (-12,83%); bacalhau (-12,31%); arroz (-11,25%) e batata-inglesa (-9,32%). Os maiores aumentos foram apurados em lombo suíno (+6,58%), cebola (+5,60%) e vinho (+5,11%).

Banco dos réus

O magistrado Alexandre Magno aceitou denúncias feitas pelo Ministério Público contra o ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), a jornalista Ana Alves, o ex-vice José Carlos Machado (PSDB), a ex-secretária Marlene Calumby, o ex-vereador Agamenon Sobral (PHS) e 33 servidores acusadores de serem fantasmas. Todos responderão por formação de quadrilha e bando. Homem, vôte!

Indecisa

A delegada Érika Morena ainda não aceitou o convite para assumir a Superintendência da Polícia Federal em Sergipe. Ela virou alvo de procedimento administrativo pela investigação que cercou o então reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, que cometeu suicídio. Esta informação é da coluna Esplanada, publicada no Jornal da cidade.

Casa cheia

O Tribunal Regional Eleitoral atendeu, neste ano, a 109 mil eleitores. A grande procura se deveu ao rezoneamento promovido pelo TRE em Aracaju e no interior de Sergipe. Quem está inscrito nas zonas eleitorais extintas tem até 4 de maio de 2018 para atualizar o título de eleitor. Você tá nessa?

Saúde agradece

 E o deputado federal Laércio Oliveira (SD) conseguiu liberar R$ 1,5 milhão em emendas parlamentares para manutenção de postos de saúde. Os recursos vão beneficiar os moradores de Barra dos Coqueiros, Boquim, Poço Redondo, Itabaianinha, Porto da Folha, Indiaroba, Itabi, Carira, Monte Alegre, Santo Amaro e Riachão. Legal!

Boi ralado

A Câmara de Aracaju aprovou projeto do vereador Vinícius Porto (DEM) proibindo a venda de carne previamente moída. O demista explica que o produto triturado na ausência do consumidor permite a prática de irregularidades, como a mistura de vários tipos de carne, sobretudo as mais baratas. É, pode ser!

Recorte de jornal

3

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 29 de dezembro de 1897.

Resumo dos Jornais