21/12/17 - 08:36:29

Presente de grego

Centenas de famílias foram surpreendidas com a notícia de que o governo de Sergipe vai exonerar todos os cargos em comissão. Um verdadeiro presente de grego às vésperas do Natal. Na mensagem Ano Novo, o governador Jackson Barreto (PMDB) também sepultou o sonho dos servidores de terem direito, ao menos, à correção inflacionária. JB culpa a crise econômica pelo congelamento e atrasos dos salários e aposentadorias, porém deseja a todos um “feliz Natal e um 2018 de muita saúde e paz”. Como isso será possível para os 2,2 mil comissionados prestes a perderem o ganha-pão? As drásticas medidas de contenção de despesa anunciadas pelo governo deixam claro que Sergipe está na bancarrota e que o próximo ano será bem pior do que este 2017. Cruz credo!

Três Banese

Em 11 meses, a Prefeitura de Aracaju pagou 13 salários aos 18 mil servidores municipais, num montante de R$ 900 mil. Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), os recursos usados para pagar as 11 folhas – duas deixadas pela gestão passada – equivalem a três vezes o patrimônio do Banco do Estado de Sergipe, avaliado em cerca de R$ 330 milhões. Aff Maria!

Lei seca

Daqui a 120 dias, entra em vigor a lei aumentando pena contra motorista que dirigir alcoolizado ou sob o efeito de qualquer outra substância psicoativa. A punição passou a ser de reclusão de 5 a 8 anos, além da suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo. Hoje, o tempo de detenção para quem dirigir alcoolizado é de dois a quatro anos.

Comes e bebes

Será hoje, o almoço de confraternização da Federação das Indústrias de Sergipe. Durante o evento, que reunirá grande número de empresários e convidados, o governador Jackson Barreto (PMDB) fará um balanço das ações do governo voltadas para o setor industrial e quais as perspectivas para 2018.

Agora vai!

Viram como melhorou a popularidade do chefe deste governo temerário? Cresceu exagerados 100%, ao saltar dos raquíticos 3% para ínfimos 6%. Apesar disso, o mordomo de filme de terror ainda é o presidente mais impopular da história do Brasil. Contudo, se continuar crescendo assim, vai encostar em José Sarney, que terminou o péssimo governo com apenas minguados 7% de aprovação. Misericórdia!

Chegou o verão

O verão começa às 14h28 desta quinta-feira. A previsão é de que as temperaturas sejam mais amenas do que as registradas no verão passado, quando o El Niño provocou um aumento avassalador nos termômetros no Nordeste. Este ano, predominará o La Niña, que tem efeito oposto. Portanto, a tendência climática para este período é de presença dos sistemas de chuvas convectivas, com incidências de trovoadas. Então, tá!

Comigo não, violão!

E o Banese jura não ter nada a ver com os valores de ICMS repassados para os municípios sergipanos. Em nota, o banco informa que “cumpre rigorosamente com a sua função de agente repassador dos recursos de ICMS informados, aplicando fielmente os índices”. A explicação visa desfazer notícias de que o Banese tem culpa pela redução do tributo estadual repassado às prefeituras.

É vero?

Eliane Aquino (PT), vice-prefeita de Aracaju, disse que se forem verdadeiras as pesquisas lhe apontando como pré-candidata a um cargo eletivo, acatará a vontade do eleitorado. “Não tenho o direito de negar o desejo da população. Se isto for mesmo real, meu nome estará pronto”. Esta informação está na edição de hoje do Jornal da Cidade.

Garfo e faca

Bares, restaurantes e biroscas de Aracaju terão que deixar de usar garfos, facas e colheres com cabos de maneira ou plástico. É o que estabelece projeto aprovado pela Câmara Municipal. Autor da proposta, o vereador Seu Marcos (PHS) afirma que estes talheres fazem mal à saúde, pois acumulam muita sujeira nos cabos.  Caso o projeto seja sancionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), os estabelecimentos terão 12 meses para fazer a mudança. Marminino!

Homenagens justas

O Tribunal de Contas de Sergipe inaugura hoje a nova sala de imprensa e a rádio web. A primeira ganhou o nome do saudoso advogado e jornalista José Rosa de Oliveira Neto, enquanto a emissora foi batizada de jornalista Emanuel Dantas, comunicador sergipano falecido em 2013.

Bico seco

Segundo o Instituto “Galináceos de Pesquisa”, a crise econômica é tamanha que, mesmo conhecendo a necessidade etílica dos condenados, a grande maioria dos sergipanos não embriaga mais o peru caipira antes de abatê-lo para a ceia natalina. Crueldade!

Recorte de jornal

1

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 4 de outubro de 1929.

Resumo dos Jornais