29/12/17 - 08:04:08

Um ano perdido

Este 2017, que termina domingo, foi perdido para Sergipe. Não fossem algumas obras tocadas lentamente com os recursos do Proinveste, o governo teria passado o ano apenas pagando a folha de pessoal, e assim mesmo com deplorável atraso. Para fechar 2017, o Executivo estadual ainda parcelou em seis vezes o 13º dos servidores que não quiseram receber o benefício via empréstimo bancário. Com raras exceções, as prefeituras também passaram o ano de pires nas mãos, devendo a Deus e ao mundo e enfrentando greves dos servidores. Fortemente atingida pela grave crise econômica e institucional vivida pelo país, a iniciativa privada encolheu de tamanho. As empresas que sobreviveram chegam ao fim deste 2017 com a corda no pescoço e pessimistas com o cenário que se pinta para 2018. Portanto, este é mais um ano que não deixa nada de bom para ser festejado. Uma lástima!

Nota desagrada

O governo não gostou nadica de nada da nota 0,8 dada à educação estadual pelo Sindicato dos Professores (Sintese). Em nota, o executivo diz que a avaliação é leviana e mentirosa, pois a maioria dos educadores não concorda “com as pretensões político-partidárias das lideranças deste sindicato”. Cruz credo!

Chantagem condenada

E o deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) criticou a chantagem deste governo temerário, que condicionou a liberação de empréstimos aos estados ao apoio para a nefasta reforma da Previdência. Segundo ele, não é justo, e muito menos ético, misturar uma coisa com a outra. Para Pimentel, “não é republicano impor e vetar pleitos aprovados e garantidos, chantagear governadores”. Certíssimo!

Há vagas

Vem aí o concurso para delegados, guardas prisionais, soldados e aspirantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O governo de Sergipe deve publicar em janeiro próximo os editais com os cronogramas e as regras para o concurso, que acontecerá em 2018.

Água da chuva

O BNDES vai destinar aos estados nordestinos R$ 100 milhões para a instalação de 6.800 cisternas de segunda água (52 mil litros cada). Elas captam e armazenam água da chuva para ser usada na irrigação de plantações e na criação de animais. Os destinatários são famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou pela falta regular de água no Semiárido.

Prepare o bolso

A Petrobras reajustou os preços da gasolina (1,7%) e do óleo diesel (1,1%). Segundo a estatal, os constantes aumentos dos combustíveis visam acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. Na verdade, a Petrobras está metendo a mão grande no bolso do contribuinte para recuperar parte do que perdeu para os bandidos de colarinho branco. Aff, Maria!

Malas desfeitas

Os bandidos condenados por corrupção estão por aqui com a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal. Tudo porque ela suspendeu a parte do indulto natalino, assinado pelo presidente Michel Temer (MDB), perdoando corruptos sentenciados. A canetada da ministra obrigou os presos por lavagem de dinheiro e otras cositas más a desfazerem as malas, pois vão permanecer na cadeia por mais algum tempo. Bem feito!

Rebatizados

Um grupo de partidos tem apostados na mudança de nome para se apresentar como uma nova alternativa e se descolar da atual crise política e se aproximar dos eleitores. O PTN virou Podemos, o PTdoB agora é Avante, o PSDC se rebatizou de Democracia Cristã e o PEN virou Patriota. O PMDB escondeu o P de partido, e o DEM pensa em virar MUDE. Marminino!

Sem futuro

O que faz o advogado João Fontes acreditar que o PPS apoiará sua candidatura ao Senado? Cristão novo no partido, Fontes insiste em seu projeto, apesar de o presidente do PPS, Clóvis Silveira, já ter dito que a legenda só terá candidatos proporcionais.

Defesa da mulher

Aprovado pela Câmara de Aracaju, o projeto que combate o abuso sexual de mulheres nos ônibus aguarda sanção ou veto do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). De autoria da vereadora Kitty Lima (REDE), a proposta foi motivada pelo grande número de agressões às passageiras registrado principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Recorte de jornal

2

Publicado no jornal O Estado de Sergipe, em 31 de dezembro de 1915.

Resumo dos Jornais