04/01/18 - 08:04:06

Esqueceram o empréstimo

De repente, o governo de Sergipe silenciou sobre o empréstimo de R$ 560 milhões que pretendia fazer à Caixa Econômica Federal. Por que será? Há quem garanta que as mudanças de algumas regras pelo Banco Central deixou o estado sem condições de atendê-las e, por conseguinte, concluir a transação bancária. Outros apostam que o silêncio do governo sergipano visa acalmar o Palácio do Planalto, que exige apoio à famigerada reforma da Previdência para liberar o empréstimo: uma indecorosa chantagem, além de uma reprovável e ilegal venda casada. Seja o que for, é muito estranho que, de uma hora pra outra, se tenha “esquecido” o empréstimo, tido como fundamental para a recuperação da destroçada malha rodoviária estadual. Lastimável!

Do céu ao inferno

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), foi do céu ao inferno em menos de 48 horas. Primeiro, o portal G1 o “elegeu” como o melhor gestor do Nordeste em cumprimento de promessas eleitorais. Em outro ranque, o mesmo portal diz que o comunista é o 8º pior prefeito do Brasil, ficando atrás, inclusive, do almofadinha paulista João Dória Júnior (PSDB). Misericórdia!

Acervo ameaçado

A Biblioteca Epifânio Dória, localizada em área nobre de Aracaju, está servindo de moradia para desocupados e usuários de drogas. O flanco direito daquele prédio público já abriga vários “puxadinhos”, onde os “moradores” cozinham em fogões improvisados. Quem será responsabilizado se um incêndio destruir tão importante acervo cultural? Marminino!

Torrar nos cobres

Sergipe continua entre os sete estados que podem vender ou fazer parceria público-privada com suas estatais de saneamento básico. Para tanto, foram firmados convênios com o BNDES visando diagnosticar a situação das empresas de saneamento, a exemplo da Deso, e propor modelos de negócios que envolvam a participação privada. Esta informação é do Valor Econômico.

Novela antiga

E os servidores do Hospital de Cirurgia, em Aracaju, prometem cruzar os braços se não receberem o 13º salário até amanhã. Será mais um triste capítulo desta novela sem fim. Caso ocorra mesmo a prometida greve, dezenas de pobres com cirurgias agendadas terão que aguardar o fim do impasse entre os trabalhadores e a direção do hospital. Crendeuspai!

Na terrinha

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSC) deve vir a Sergipe até o fim de fevereiro. Pelo menos é o que espera o empresário João da Tarantella (PEN), principal cabo eleitoral do político de extrema direita. Segundo ele, a cada dia, cresce em Sergipe o número de simpatizantes da pré-candidatura de Bolsonaro. Então, tá!

Sobe e desce

Os preços da gasolina e do diesel comercializados nas refinarias recuaram hoje 1,4% e 1,9% respectivamente. Ontem, a gasolina havia diminuído 0,1% e o diesel aumentado 0,6%. Você acredita que as revendedoras e os postos de combustíveis, ágeis na hora de aumentar os preços, vão baixa-los agora? Claro que não!

Dúvida atroz

O vice-governador Belivaldo Chagas (MDB) ainda não sabe se muda, de mala e cuia, para o PSD do deputado federal Fábio Mitidieri. Pré-candidato ao governo, o emedebista disse ter ficado satisfeito com o convite formulado pelo parlamentar pessedista, porém ainda não discutiu com ele sobre a possível troca de partido. Chagas se filiou ao MDB em agosto de 2016, após ter rompido politicamente com o PSB do senador Antônio Carlos Valadares.

Virou moda

E o governo de Sergipe fez escola ao exonerar todos os 2,3 mil cargos em comissão. Aluno aplicado, o prefeito de Maruim, Jeferson Santana (MDB), acaba de desempregar todos os comissionados. Só escaparam da degola os secretários, o procurador e as mulheres em licença maternidade. Antes dele, já haviam promovido demissões em massa os prefeitos de Cristinápolis, João Dantas (PDT), e o de Canindé, Ednaldo da Farmácia (PP). Cruz credo!

Sob nova direção

Será no próximo dia 18 a posse da nova diretoria do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. A professora Aglaé D’Ávila Fontes substituirá Samuel Barros Albuquerque na presidência da entidade, tendo como vice Tereza Cristina Cerqueira. A solenidade de posse está marcada para às 16h, na sede do instituto. Prestigie!

Recorte de jornal

11

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 30 de janeiro de 1920.

Resumo dos Jornais