05/01/18 - 14:05:21

CONSELHEIRO ULICES ANDRADE INICIA GESTÃO NA PRESIDÊNCIA TCE

O conselheiro Ulices Andrade deu início à sua gestão na presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) desde a última terça-feira, dia 2, com a perspectiva de trabalhar para que a Corte exerça “seu papel de fiscalizar com rigor, julgar com isenção e, quando for o caso, punir dentro da lei a todo e qualquer gestor que contrarie ou desrespeite os princípios fundamentais da administração: interesse público, eficiência, transparência e moralidade”.

Assim Ulices assegurou em seu discurso de posse, no dia 15 de dezembro, quando disse ainda que o Tribunal será “parceiro e colaborador de todos aqueles gestores que trabalhem com eficiência, ética, transparência e claros objetivos republicanos”.

Em meio às primeiras medidas já adotadas, o conselheiro-presidente iniciou a montagem de um grupo técnico que fará um diagnóstico sobre a situação econômica e financeira do Estado, analisando aspectos relevantes como o déficit previdenciário.

Junto ao novo presidente, já exercem suas atividades os cinco novos diretores que irão auxiliá-lo na gestão do órgão no biênio 2018/19. São eles: Patrícia Verônica Nunes Carvalho Sobral de Souza, na Diretória Técnica (Ditec); Ana Stella Barreto Rollemberg Porto, na Diretoria de Controle Externo de Obras e Serviços (Dceos); Ana Cristina Guimarães Pires, na Diretoria Administrativa e Financeira (DAF); Edson Brasil Filho, na Diretoria de Modernização; e Theotônio Narcizo da Cruz Neto, na Diretoria de Comunicação (Dicom).

Os nomes haviam sido antecipados por Ulices na última sessão plenária de 2017, ocorrida no dia 21 de dezembro, juntamente com o anúncio da continuidade do conselheiro Carlos Pinna como Ouvidor do TCE, e a indicação do conselheiro Luiz Augusto Ribeiro para dirigir a Escola de Contas Conselheiro José Amado Nascimento (Ecojan).

Completando a nova Mesa Diretora, o conselheiro Carlos Alberto Sobral e a conselheira Angélica Guimarães também já respondem pela vice-presidência e corregedoria-geral do TCE, respectivamente.

Fonte e foto TCE