05/01/18 - 00:01:47

A OPOSIÇÃO MUITO CONFUSA

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

A conversa do PPS com o PSB não teve início nesses últimos dias de 2017. O encontro de ontem entre o senador Valadares e Clóvis Silveira também não foi o primeiro. Os dois conversam desde quando o ex-deputado Mendonça Prado, que seria pré-candidato a governador pelo PPS, se transferiu para o DEM. Dois ou três dias após o fato, houve o primeiro bate papo.

Já nessa conversa inicial, tanto Valadares quanto Clóvis Silveira falaram em formação de chapa majoritária, onde o senador poderia ser candidato ao Governo e formar uma terceira via no Estado. Foram os primeiros passos e agora o diálogo prossegue, ainda sem uma decisão final.

Mantêm certa discordância em termos do lançamento da chapa, porque o PSB fecha em anunciar candidaturas em março ou abril, enquanto o PPS acha prudente que a divulgação seja feita já no final deste mês ou, no máximo, logo após o carnaval. Outros partidos estão nesse meio de conversas ainda discretas, mas o bloco de oposição formado pelo PSC&Cia, como já disse o deputado André Moura, lançará majoritária, ainda este mês, com a presença dele e do senador Eduardo Amorim.

Eduardo Amorim, entretanto, falou na quarta-feira que as conversas estão ocorrendo na oposição e que os candidatos devem ser lançados entre fevereiro e março. Percebe-se que o senador não deseja que o PSB esteja fora dessa composição. Fica claro que a oposição não está bem aliada e que existem mais pontos de discordâncias que de consenso.

E isso incomoda os demais candidatos, exatamente pelas divergências entre alguns aliados que não se toleram. José Carlos Machado mesmo aconselhou: “a oposição tem que estar unida, e parecer que está”. É verdade. Da forma como se apresenta o grupo de oposição caminha como se tivesse perdido os sentidos.

JACKSON FOI A SANTA CATARINA

O governador Jackson Barreto está em Santa Catarina e ficará por três dias. Retorna no domingo e na segunda-feira viaja a Brasília ao lado de Heleno Silva.

De Brasília, Jackson pode retornar com o Finisa assinado.

SOBRE CORTES DE CONTRATADOS

O Governo vai reduzir em 30% no máximo [pode ser apenas 20%] o número de cargos em comissão que retorna ao trabalho já na próxima semana.

Também haverá redução de gratificações na Educação, Saúde e Meio Ambiente.

VÃO DISCUTIR SUCESSORES

Novos nomes que substituirão secretários e diretores que disputam mandatos este ano, serão escolhidos em reunião com aqueles que se desincompatibilizam.

Está certo que depois do carnaval os auxiliares candidatos deixam suas Pastas.

BELIVALDO COMEÇA VISITAS

O vice-governador Belivaldo Chagas fará visitas a Secretarias de Estado e começou ontem com Turismo. Foi recebido pelo secretário em exercício Cincinato Jr.

Belivaldo foi a todos os setores e tratou da ação da Pasta na concepção turística.

POPULAÇÃO ESTÁ AUSENTE

Uma influente liderança política de Sergipe falou em off que a população está muito ausente deste debate sobre lançamento de candidaturas e chapas majoritárias.

Diz que isso acontece pelo desgaste da classe política.

PARTIDOS PREFEREM MARÇO

Alguns partidos políticos estão preferindo deixar para março ou abril o lançamento de candidaturas, como é o caso do próprio PSB, que está analisando ainda de longe.

Embora deseje uma participação de relevo em 2018.

NÃO HÁ CHANCE EM JANEIRO

Deputado Valadares Filho reforçou que não existe qualquer possibilidade do PSB lançar candidatura em 2018 e que permanece com a posição de lançamento em março ou abril.

– Até lá o partido mantém diálogo com demais legendas de oposição.

DENUNCIA COMPRA DE VOTO

Sobre declaração do deputado Fabio Mitidieri de que o Governo Federal compra votos, um leitor endossa que no Estado e Prefeituras isso acontece com distribuição de cargos.

– Nesse caso, Mitidieri também poderia denunciar o que sabe em Sergipe.

BELIVALDO TEM POTENCIAL

Um deputado estadual da base aliada disse, ontem, que “Belivaldo Chagas está igual a cavalo de corrida com um cavalheiro segurando-o”.

– Tem potencial, mas precisam soltá-lo e dar-lhe condições para correr.

CONSTRUIR UMA CANDIDATURA

O presidente Michel Temer (PMDB) pretende construir uma candidatura a presidente da República, com a indicação de um nome do seu grupamento político.

A informação é de André Moura que esteve ontem com o presidente.

MANTÉM MÊS DE JANEIRO

O deputado federal André Moura (PSC) mantém o mês de janeiro para lançamento de candidaturas do grupo de oposição composto por partidos do bloco que ele integra.

Haverá conversa com membros do grupo, para definir a chapa majoritária.

ELIANE PODE IR A FEDERAL

A vice-prefeita Eliane Aquino (PT) migrou para a tendência Movimento, do partido, que hoje tem à frente o ex-secretário Silvio Santos.

Eliane se anima para disputar vaga de deputada federal pelo bloco.

EDVALDO SE MOSTRA GRATO

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) está muito grato ao deputado André Moura, pela “boa vontade dele”, como líder do Governo no Congresso, em ajudar Aracaju.

Já admitiu que nem os aliados chegaram junto tanto quanto ele.

NÃO TEM COMPROMISSO

Edvaldo Nogueira não tem compromisso político definido com André Moura, mas tudo leva a crer que os dois não devem fica absolutamente distantes.

Tem muita água a rolar até a definição das chapas.

APENAS MAIS UM DETALHE

Há necessidade de lembrar que se vive um momento de eleição para governador, mas já se tem projetos para o pleito de prefeito em 2020.

E nesses projetos podem se incluir Edvaldo e Valadares Filho.

REESTIMULAR O ELEITORADO

O delegado Alexandre Vieira (Rede), pré-candidato a deputado estadual, sente que há um descrédito muito grande do eleitorado em relação às eleições deste ano.

Acha que precisa reestimular o eleitorado para que retorne às urnas.

CONVERSA DE APROXIMAÇÃO

O presidente do PPS, Clóvis Silveira, tomou café da manhã ontem com o senador Valadares (PSB). A conversa se deu em torno de composição.

Valadares sugere que se tome decisão entre março e abril.

PPS QUER MAIS RAPIDEZ

Clóvis Silveira, entretanto, quer mais rapidez no anúncio e até admite que a formação e divulgação da chapa possam ser antecipadas até logo após o carnaval.

Tratou-se também de abrir conversas com outras legendas.

Notas

Sem presença do Exército – Ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que não vê necessidade no uso da Força Nacional e do Exército em Porto Alegre, para auxiliar na segurança durante o julgamento do ex-presidente Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), marcado para o dia 24 de janeiro.

0x0

Decisão pode demorar – Uma fonte ouvida por O Antagonista, que acompanha o caso do julgamento do ex-presidente Lula, também aposta que o petista será condenado por 3 a 0, com divergência de pena e sem pedido de vista. Mas ele acredita que a sentença final na segunda instância pode demorar um pouco mais.

0x0

Combate a fake news – Um grupo de trabalho será criado para desenvolver formas de combate às camadas notícias falsas (fake news, no termo em inglês). A instância deve ser composta por integrantes da Polícia Federal, do TSE e do MPF. O foco do trabalho será a discussão de medidas que possam ser adotadas nas eleições.

0x0

Veto ao refis da micro – O presidente Michel Temer deve vetar o projeto que cria o Refis para micro e pequenas empresas. Os Ministérios do Planejamento, da Fazenda e da Justiça recomendaram ao Planalto o veto total. A decisão será fechada hoje pela manhã, antes de Michel Temer viajar a São Paulo.

0x0

Voltará a investigar – O Antagonista apurou que, passada à fase das delações premiadas, a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba retomará as investigações sobre o que os procuradores chamam de “pontas soltas” do petrolão. Há diferentes frentes importantes de apuração que não puderam ser aprofundadas por falta de tempo,

0x0

FGTS socorre a CEF – O presidente Michel Temer sancionou ontem o projeto aprovado pela Câmara em dezembro que permite usar o FGTS para “socorrer” a Caixa Econômica Federal, reforçando o seu capital. A medida autoriza o repasse de até R$ 15 bilhões do fundo ao banco público.

Conversando

Formação de grupos – Há um “disse não disse” em relação de composições, mas a verdade é que tem muita gente conversando e preocupada com formação de grupos.

Trabalha muito – Marcio Macedo trabalhando muito para levar petistas a Porto Alegre no dia do julgamento do ex-presidente Lula em segunda instância.

Política do urso – O vice-governador Belivaldo Chagas, pré-candidato ao Governo, diz que neste momento faz a política do urso: “estou hibernando”.

Sem majoritário – O PPS disse ao advogado João Fontes que não teria candidato majoritário em 2018. João pretendia disputa o Senado.

Espera carnaval – Ainda tem alguns deputados estaduais viajando, inclusive para fora do País. Mas no período de carnaval todos estarão em campanha no Estado.

Temer e a reforma – Preocupado, o presidente Temer pediu ontem que aliados não deixem tema da reforma da Previdência “morrer”.

Reuniões com Temer – O deputado federal André Moura retornou a Sergipe depois de uma quinta-feira cheia de reuniões no Planalto, duas delas com o presidente Temer.

Doentes mentais – Sargento Edgard diz que se classificarem viciados em jogos eletrônicos, como doentes mentais, muita gente vai se aposentar por invalidez.

Duas vagas – Até agora apenas um deputado estadual vai disputar vaga em Brasília: Gustinho Ribeiro. Ana Lúcia provavelmente não será candidata.