11/01/18 - 00:01:22

SE NÃO HOUVER RECUO, HAVERÁ GUERRA

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Vai ser difícil controlar esse mal estar dentro da oposição que envolve lideranças. E, na refrega existente entre os líderes, será difícil vir deles o gesto altruísta da conciliação em benefício da união. Não há entendimento entre o deputado federal André Moura (PSC) e senador Valadares (PSB) em relação à formação da chapa majoritária, enquanto o senador Eduardo Amorim (PSDB) pouco se manifesta.

A birra é pelo lançamento da chapa majoritária. PSC quer agora em janeiro. PSB quer jogar lá para final de março. Não dá para entender, porque se trata de dois partidos e cada um faz o que atende melhor aos seus projetos. Acontece que André e Valadares estão um na contramão do outro.

André Moura reafirma que até o final de janeiro o bloco PSC&Cia mais o PSDB vão definir os nomes para a chapa majoritária. Eduardo Amorim tem preferência na disputa pelo Governo e Moura para o Senado. Entretanto, se o senador quiser tentar a reeleição, o deputado diz que encara o desafio de candidatar-se ao Governo. Segundo uma fonte bem avisada da oposição, “o senador Valadares só quer ser apoiado, mas não quer apoiar”.

O PSC&Cia assume o compromisso de apoiar a candidatura do deputado Valadares Filho (PSB) à Prefeitura de Aracaju em 2020. Se os Valadares não aceitarem, “cada um procure o seu caminho”. Mas tem uma coisa que fica clara: Se André disputar o Governo, o senador Valadares também será candidato. Mas, se o Eduardo Amorim for a governador, Valadares tentará a reeleição.

Essa discussão, aparentemente pueril, pode ter fim ou se tornar início de uma guerra a partir de próxima semana, quando André, Eduardo e Edvan Amorim se sentam para uma decisão final. A previsão é de que o embate se aprofunde, porque a tendência é pela apresentação da chapa no final deste mês.

NEM UMA CRIANÇA ACREDITA

Integrante do bloco PSC&Cia, pedindo off, ironizou ontem declarações de membros do PSB, de que não houvera acordo para o grupo apoiar Valadares Filho a prefeito.

– Nem uma criança acreditaria que não houve acordo para o apoio em 2016.

COMO ACONTECEU O ACORDO

A fonte disse que o senador Valadares propôs: “queremos o apoio à candidatura de Valadares a prefeito e em retribuição apoiaremos a chapa de vocês em 2018”.

Referia-se à chapa majoritária de 2018 com Eduardo Amorim e André Moura.

SE ACHAREM QUE POSSO AJUDAR

O integrante do bloco de oposição contou ainda que o senador Valadares teria dito, na proposta: “se vocês acharem que poderei ajudar, sairei candidato à reeleição”.

Da reunião participaram os Valadares, André Moura, Eduardo e Edvan Amorim.

BELIVALDO VAI CRESCENDO

Em análise rápida, o membro do PSC&Cia disse que enquanto a oposição titubeia em relação à data de lançamento, Belivaldo Chagas vai crescendo nas pesquisas.

Experiente, o vice-governador está “construindo pontes”.

CONVERSA COM O SINTESE

Belivaldo Chagas, pré-candidato a governador pelo PMDB, está conversando com a direção do Sintese, para aproximar os professores do Governo.

– O diálogo ainda é a melhor forma de entendimento.

JB NÃO VIAJA A BRASÍLIA

O governador Jackson Barreto não viaja mais esta semana a Brasília para contatos nos ministérios e nem para tratar sobre a assinatura do Finisa.

Tudo ficou para a próxima semana…

REUNIÃO SOBRE REFORMA

O presidente Temer vai promover ampla reunião sobre a reforma da Previdência, nesta semana seguinte, e também discutir empréstimos aos Estados.

Pode ser incluído o Finisa solicitado por Sergipe.

PPS ESTÁ NA ESPERA

Clóvis Silveira disse ontem que o PPS vai esperar uma decisão do senador Valadares sobre ele ser candidato a governador nas próximas eleições ou não.

Avisou que o partido não tem condições de esperar até abril.

PARTIDO INDICARIA VICE

Dentro da composição que o PPS imagina com o PSB, o senador Valadares disputaria o Governo e Clóvis Silveira, junto com filiados, indicaria o vice.

É essa chapa que o PPS espera que dê certo.

CONVERSA COM TODOS

Segundo Clovis Silveira, o PPS vai conversar com todos os pré-candidatos ao Governo e ontem já teve encontro com o deputado federal André Moura (PSC).

Também estará com Belivaldo Chagas e Eduardo Amorim.

A QUEM INTERESSAR POSSA

Reinaldo Moura escreveu nas redes: “faca no pescoço é um ‘perigo’. Em ‘cima do muro’ é sabedoria demais e empurrar goela abaixo não funciona mais”.

– Eu penso assim! – Concluiu e todos entenderam rápido.

TENTATIVA DE APAGAR O FOGO

Alguns políticos experientes da oposição estão trabalhando para “apagar o incêndio” e tentar fazer vigorar um entendimento dentro do bloco. As conversas fluem…

O próprio Reinaldo teria um café marcado com o senador Valadares.

GRITO DE ANO NOVO

Jackson Barreto (PMDB) mantém um silêncio ensurdecedor. Ainda não pôs a cabeça de fora para o grito de “ano novo”, mas acompanha tudo.

Ontem passou a manhã em reunião administrativa.

JÁ ESTÁ TUDO FECHADO

Não há mais o que discutir: todos os secretários e diretores de órgãos que disputam eleições deixam o Governo imediatamente após o carnaval.

Com direito a discutir sobre os novos indicados.

PASTOR ANTÔNIO CONFIRMA

O deputado Pastor Antônio (PSC) confirma que vem fazendo contatos com as bases e pode ser candidato a deputado federal. Mas ainda não há uma decisão final.

– Embora tudo se encaminhe para isso, mas só deve se concretizar em março.

REUNIÃO DO PT SÁBADO

Sábado o diretório estadual do PT se reúne para traça plano de mobilização em Sergipe para a defesa do direito de Lula ser candidato a presidente.

Ontem, João Daniel (PT) inaugurou o Comitê de Defesa da Democracia, em Boquim.

ADELSON SOBRE REFORMA

O deputado federal Adelson Barreto (PR) desmentiu ontem que tivesse conversado com a direção do seu partido, para votar na Reforma da Previdência.

– Isso não procede, mas continuarei o dialogo sempre, disse.

SOBRE GANHO DE PASTA

A notícia divulgada diz que o partido ganharia uma secretaria junto ao Ministério das Cidades. Adelson disse que não houve a sua participação sobre isso.

– Meu voto está atrelado à minha consciência e não a nenhum entendimento.

Notas

Café da manhã em Pacatuba – O deputado André Moura toma café da manhã com o prefeito Alexandre Martins, de Pacatuba, e inaugura um galpão em que será implantada uma fábrica de bolos, padaria e de polpas de fruta. Assinará ordem de R$ 1,5 milhão para compra de equipamentos. Será no povoado Golfo.

0x0

Sérgio Cabral tem mais processos – O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, se tornou réu em mais três processos derivados da Operação Calicute, um dos braços da Lava-Jato no Estado. As denúncias feitas pelo MPF em dezembro foram aceitas ontem pela juíza Caroline Vieira Figueiredo, substituta da 7ª Vara Federal Criminal.

0x0

Privatização da Eletrobrás – Segundo o Poder360, o ministro Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) afirmou ontem que o projeto de lei com a modelagem da privatização da Eletrobras deve ser enviado ao Congresso Nacional alguns dias antes do fim do recesso parlamentar, que termina em 1º de fevereiro.

0x0

Acúmulo de auxílios no INSS – A CGU identificou acúmulo indevido de auxílios, pensões e aposentadorias do INSS. Há indícios de que 44.631 benefícios foram pagos de forma indevida. Os dados, divulgados ontem, representam prejuízo de R$ 37 milhões mensais e mais de R$ 484 milhões anuais aos cofres públicos.

0x0

Huck nega candidatura  – O apresentador Luciano Huck reafirmou ontem, por meio de postagem no Facebook, que não é pré-candidato à Presidência da República. Ele já havia anunciado a desistência no dia 27 de novembro, mas as especulações voltaram após ele ter participado do programa do Faustão, domingo passado. (Noblat)

0x0

Janot chamado a depor – O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi chamado a depor, na Polícia Federal, no inquérito que investiga menções feitas pelos delatores da empresa J&F Joesley Batista e Ricardo Saud a ministros do STF. Esse inquérito foi aberto a pedido da presidente do STF, Cármen Lúcia.

Conversando

Confirma apoio – O Solidariedade, tendo à frente o deputado Laércio Oliveira, reuniu-se ontem e confirmou apoio a Belivaldo Chagas como candidato do grupo ao Governo.

Cumpre acordo – A reunião do Solidariedade contou com presença de Belivaldo e cumpriu o acordo firmado entre partidos da base aliado quanto à declaração de apoio.

Boa representação – A Assembleia de Deus está disposta a fazer boa representação política em Sergipe, elegendo um deputado estadual e outro federal.

JB visita Ulices – O governador Jackson Barreto esteve ontem à tarde no TCE para uma visita ao presidente da Corte, conselheiro Ulices Andrade.

Calor muito alto – Chuvas ralas em Aracaju durantes o início de semana, mas sem reduzir o calor alto que faz na cidade. O verão está sendo rigoroso.

Reajuste mínimo – Aposentados e pensionistas do INSS que ganham acima do salário mínimo terão benefícios reajustados em 2,07%, o menor desde o Plano Real.

Retorno ao Twitter – Tudo indica e não demora muito e o senador Valadares (PSB) retorna com suas twitadas polêmicas. O senador está em Brasília.

Pressão ingênua – Há pressão ingênua nos bastidores de uma provável candidatura majoritária, que pode provocar mal entendido.

Abertura imediata – A vitória de qualquer corrupto é a imediata abertura das penitenciárias para saída daqueles que mergulharam fundo nos cofres públicos