16/01/18 - 07:42:11

Cobras d’água

Desde que se mudou de mala e cuia para a oposição, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) vive tendo pesadelos com imensos cardumes de traíras a ameaçar seu reduto político. Enxerga o peixe de águas turvas atacando vorazmente seu fiel eleitorado, agindo sorrateiramente para desgastá-lo junto aos sergipanos e derrotá-lo nas eleições de outubro. Enquanto perde o sono com as traíras, o experiente Vavá se esquece de outra criatura não menos perigosa que povoa o rio oposicionista. Tivesse a astúcia de um pescador, o senador já teria percebido que também está cercado por cobras-d’água capazes de, como relata a lenda amazônica, virar embarcações e atrair os náufragos para o fundo. Pelo visto, ou Valadares faz uma limpeza no fantasmagórico aquário que começou a povoar em 2016, ou pode se surpreender alimentando uma enorme e peçonhenta água-viva. Misericórdia!

Qual dos dois

Ao admitir a hipótese de disputar o governo de Sergipe, o deputado federal André Moura (PSC) – talvez por esquecimento – disse que a oposição conta com apenas um senador entre seus integrantes. “Somos um grupo muito grande, formado por vários deputados estaduais e federais, senador, prefeitos, ex-prefeitos e lideranças expressivas”. Resta saber se André se referiu a Eduardo Amorim (PSDB) ou a Antônio Carlos Valadares (PSB). Marminino!

Saco de pancadas

Nem o governador Jackson Barreto (MDB) alivia nas criticas à Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Ele deu razão ao prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), que condenou a estatal por escavar ruas e avenidas de Aracaju após terem sido recapeadas com asfalto: “Jackson me telefonou para dizer que eu estou coberto de razão”, revela o comunista. Aff, Maria!

Esqueceram de mim

E o Tribunal de Justiça esqueceu de convidar a OAB para a visita que a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, fará a dois presídios sergipanos. Ela chega hoje a Aracaju para conhecer o hospital de custódia e o presídio feminino. O consolo dos advogados foi que a ministra telefonou ao presidente da OAB, Henri Clay Andrade, convidando-o para uma audiência no gabinete dela, em Brasília. Menos mal, né?

Direita, volver!

E o advogado João Fontes está de malas prontas para desembarcar no DEM. Sem esperança de viabilizar sua candidatura ao Senado pelo PPS, o rapaz decidiu seguir o caminho do amigo e pré-candidato a governador Mendonça Prado, que trocou o PPS pelo Democratas, desgastado partido de extrema direita. Crendeuspai!

Quer ser rei?

Atenção candidatos a uma coroa de latão: estão abertas as inscrições para o concurso do rei momo e da rainha do Carnaval do povoado Castro, em Santa Luzia do Itanhi. Exige-se dos pretendentes ao cetro e à coroa muito samba no pé, simpatia e descontração. O rei e a rainha selecionados para comandar a folia receberão R$ 500, cada.

Promoções garantidas

Uma comissão de bombeiros militares foi recebida ontem pelo governador Jackson Barreto (MDB). Os “homens do fogo” foram pedir a revogação do artigo 4°, do Decreto n° 30.423/16, que só permitia promoções daqui a três ou quatro anos. JB atendeu ao pedido e agora os bombeiros poderão ser promovidos a partir de abril deste ano. Legal!

Sem vontade

E o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres de Britto, disse ao jornal Valor Econômico que não pensa em se candidatar a presidente da República: “Não sou hipócrita. Meu nome tem surgido. Fico feliz, desvanecido, agradecido, honrado etc., mas tenho que dizer o seguinte: para isso é preciso pulsão, vontade. Eu não tenho essa pulsão. Não me disponho oferecer meu nome”. Então, tá!

De mudança

A vereadora aracajuana Emília Corrêa está decidida a deixar o PEN, mas ainda não definiu em qual partido de filiará. Ela também sonha em participar das eleições deste ano, de preferência como candidata a vice-governadora numa chapa encabeçada pelo prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR).

Festa na praia

Começa hoje em Aracaju a Feira de Sergipe, promovida pelo Sebrae para divulgar o artesanato e as manifestações culturais. A abertura do evento está prevista para às 19h, na Orla de Atalaia. Serão 117 estandes com artesanato produzido em patchwork, palhas, madeira, cabaça, ostras, cerâmica e bordado, além da tradicional renda irlandesa. Prestigie!

Recorte de jornal

1

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 9 de julho de 1886.

Resumo dos Jornais