16/01/18 - 00:01:46

UMA TENTATIVA DIFÍCIL

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Durante os próximos dias, lideranças da oposição vão tentar o equilíbrio para formação da chapa majoritária. Outros partidos vão entrar nessa dança para chegar a um consenso e colocar à mesa nomes definitivos de candidatos majoritários. Há uma dificuldade na oposição: é a presença de prováveis nomes competitivos para disputar o Senado.

Os dois que disputarão as duas vagas no Senado, não se sentem seguros tendo como companheiro de chapa um outro que também pode se eleger. No pleito deste ano, pela posição dos candidatos da situação e oposição, elege-se um nome da situação e outro da oposição. O receio é que, o derrotado, fique sem mandato e amargue quatro anos de ostracismo (digamos assim).

As soluções estão começando a ser postas à mesa e uma dela deve ser sugerida até sexta-feira [dificilmente será aceita]: Eduardo Amorim para governador, deputado Valadares Filho para vice, André Moura e um outro nome para o Senado, e o senador Valadares (PSB) para deputado federal. A proposta pode despencar porque o senador Valadares é o que tem a melhor posição em todas as pesquisas e não topará retornar à Câmara Federal.

Um membro da oposição disse que a cúpula acha que só o deputado federal André Moura tem que se convencer a disputar a reeleição. Os demais pretendem ascender a mandatos majoritários, mesmo com André mostrando maior força eleitoral nesta pré-campanha. Isso Moura também não vai topar, porque inclusive não veta o nome de Valadares para disputar a reeleição ao Senado junto com ele.

O entendimento passa distante. Não apenas pelo lançamento de janeiro ou abril, mas pela posição dos próprios candidatos na chapa majoritária. A luta é para que saiam unidos, mas só conseguiram isso com o recuo de alguém que não larga posição na disputa ao Governo e Senado. Está tudo muito intrincado…

JACKSON VAI ATÉ O FINAL

Governador Jackson Barreto (MDB) disse domingo, à noite, que vai disputar o Senado e que não pretende antecipar saída do Governo, como está em discussão.

Tem até abril para desincompatibilização e deve fazer isso no final de março.

PRESSÃO PELA SAÍDA

Jackson Barreto percebeu que havia um movimento de pressão contra a permanência de secretários que são candidatos, que já deve acontecer depois do carnaval.

JB considerou essa pressão deselegante e grosseira.

VÊ MAIOR COMPREENSÃO

Hoje Jackson Barreto vê maior compreensão dos deputados em relação a isso, porque já admitem que o bom senso deve sempre prevalecer.

Não tem nada a ver “uma coisa com a outra”, disse.

GOVERNADOR É ATENTO

Jackson Barreto disse que é atento ao sofrimento da população e lembrou que não se vislumbra pelo cargo: “sou governador que faço o meu G.Barbosa [supermercado]”.

– Não é o palácio que manda a feira para minha casa.

NÃO FOI A JAPARATUBA

Jackson Barreto não foi aos festejos de Japaratuba no final de semana, mas telefonou para o deputado André Moura (PSC) agradecendo o convite.

Disse que queria evitar interpretações políticas equivocadas.

TROCA DO MDB POR PSD

O vice-governador avisa da possibilidade de trocar o MDB e ingressar no PSD para disputar o governo do Estado em outubro.

Isso não se trata de fato novo.

CONVITE JÁ FOI FEITO

Já há algum tempo esse convite foi feito pelo PSD, através do deputado federal Fábio Mitidieri, como uma boa solução para montagem da chapa da situação.

O PSD está aguardando apenas a decisão de Belivaldo.

DEMONSTROU CHATEAÇÃO

O senador Valadares demonstrou chateação com a publicação de notícia em que ele acusava “André Moura de fazer um complô com Jackson Barreto”.

– Usaram palavras entre aspas, como se fosse eu que declarasse, disse.

ZEZINHO DÁ BOAS VINDAS

O deputado estadual Zezinho Guimarães (MDB) disse ontem que o deputado federal André Moura será muito bem vindo ao partido, caso decida isso em março.

Para ele “quem ganha é o MDB”.

VOTA EM ANDRÉ AO SENADO

Zezinho Guimarães disse ainda que se o deputado André Moura disputar o Senado vota nele. Admite que isso pode acontecer.

André e Zezinho estiveram juntos na festa em Japaratuba.

UMA FESTA POLÍTICA ECLÉTICA

André promoveu, no final de semana, uma festa politicamente eclética em Japaratuba e levou à cidade lideranças políticas de todos os lados. Uma ‘suruba’ interpartidária.

Alguns adversários até se cumprimentaram. Outros davam rabissacas…

SOBRE DINHEIRO DOS FUNDOS

Deputados acham que o Governo deve divulgar com intensidade que o dinheiro dos fundos da previdência está aplicado e só pode ser retirado em agosto.

– Evitará que quando pagar em dia, a oposição insinue que foi em razão da eleição.

NO INTERIOR DA OPOSIÇÃO

Nos bastidores da oposição surge a informação de que o deputado André Moura teria dito a prefeitos que será candidato ao Senado.

Prefeitos perguntaram a Amorim o que ele disputaria.

VIAJOU A SÃO PAULO

Uma fonte bem entrosada na oposição disse que ontem o senador Eduardo Amorim foi a Brasília para uma conversa com o senador Valadares (PSB).

Essa lengalenga oposicionista preocupa Amorim.

DOBRADINHA SEM PROBLEMA

O deputado Capitão Samuel diz que são duas vagas para o Senado em outubro próximo. Qual problema de um candidato fazer dobradinha com outro?

Quem não aguentar vai para disputa de Deputado Federal.

REUNIÃO NA SEXTA-FEIRA

O presidente do PPS, Clovis Silveira, fechou reunião para sexta-feira, com o senador Valadares e deputado federal Valadares Filho (PSB), no partido.

O objetivo é conciliar toda a oposição, inclusive PSC&Cia e PSDB.

CONVERSAS ANTECIPADAS

Clovis Silveira conversou com o senador Valadares via telefone no sábado passado e trataram sobre o encontro, inclusive já fazendo algumas ponderações.

Ontem, Valadares Filho ligou para Clóvis e definiram o encontro de sexta-feira.

TAMBÉM COM BELIVALDO

Ontem à tarde, Clóvis Silveira (PPS) também conversou com Belivaldo Chagas, sob a mangueira frondosa na sede do PPS. Nada se definiu.

O PPS fecha o ciclo de conversar com lideranças políticas.

Notas

Marun e Cristiane Brasil – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, disse ontem que a suspensão da posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) ao Ministério do Trabalho foi “um equívoco”. O emedebista disse que as condenações da deputada na Justiça Trabalhista não tornam sua nomeação “imoral ou amoral”.

0x0

Posse continua suspensa – A Justiça Federal manteve suspensa a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho. O governo de Michel Temer teve dois novos recursos rejeitados: um em 1ª e o outro em 2ª Instância. O juiz da 4ª Vara Federal de Niterói negou um pedido de reconsideração apresentado pela AGU.

0x0

Apoio de governadores – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), afirmou ontem, em viagem oficial a Nova York, que pedirá o apoio de governadores para trabalhar uma agenda de reformas no Congresso. Em pauta está Maia a reforma da Previdência, prevista para ser discutida na Câmara a partir do dia 19 de fevereiro.

0x0

TSE discute Internet – Conselho Consultivo formado pelo TSE para discutir internet e eleições sua primeira reunião do ano. Na pauta, impulsionamento de publicações, uso de robôs e, especialmente, formas de combater a disseminação de notícias falsas (fake news), com destaque para as ações de educação da população para a mídia.

0x0

Janot foi ouvido – O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot foi ouvido ontem pela Polícia Federal na condição de testemunha no inquérito que apura possíveis irregularidades nas negociações do acordo de colaboração premiada dos executivos do grupo J&F, dono da JBS. Atualmente Janot é sub-procurador da República.

0x0

PT ataca desembargadores – O site do PT condenou os desembargadores do TRF-4 que vão julgar o ex-presidente Lula. João Pedro Gebran Neto foi atacado por sua amizade com o juiz federal Sergio Moro, Leandro Paulsen foi denunciado por sua rapidez e Victor Laus foi acusado de receber um salário acima do teto.

Conversando

Festa quente – A festa de Japaratuba no final de semana foi extensa e acomodou milhares de políticos além de variados artistas. Foi quente…

Pedra Noventa – O tal do Noventa, pré-candidato a deputado federal, foi convidado pelo deputado André Moura para filiar-se ao PSC.

Conversa política – O governador Jackson Barreto teve conversa ontem com o deputado federal Adelson Oliveira (SD). Política & política.

Quem se excede? – Tem gente se excedendo na equipe de Governo e passa a ser visto como intolerante, abusado e incompetente.

Deve avançar – O PPS, durante conversa que teve com Belivaldo Chagas, ficou de avançar mais nos próximos meses. É difícil…

Será candidata – Eliane Aquino continua conversando muito nos bastidores e deve sair mesmo candidata a deputada federal em outubro.

Ainda pendentes – Algumas candidaturas proporcionais, principalmente a federal, estão pendentes de ação para formação da chapa majoritária.

Atenção gente – ‘O segredo não é ganhar mais, mas gastar menos’, afirma especialista do mercado financeiro.

Alvo de canalhas – Jornalista William Waack quebra silêncio, diz que não é racista e foi alvo de “canalhas do linchamento”.