17/01/18 - 00:01:07

IDEOLOGIAS VIRARAM PÓ

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Há sinais de que a montagem das chapas majoritárias não será tão fácil quanto imaginavam lideranças políticas do Estado. Percebe-se que não há mais sintomas de submissão aos grupos políticos ao qual determinados partidos pertencem. Não se faz política mais como antigamente e quem quiser ser majoritário tem que suportar alguns “desaforos”, que antes jamais se imaginava acontecer.

Pular de um lado para outro é tão simples quanto tomar uma cervejinha no bar da esquina, com amigos de “outras tribos”. Não funciona mais o “dá ou desce” da velha piada sem graça. Hoje está mais para descer e se acomodar em outra composição, do que simplesmente ceder a objetivos da cúpula. Ideologias viraram pó e se espalharam de acordo com objetivos, conveniências e interesses pessoais.

A base aliada ao Governo está bem comportada na superfície, mas nos bastidores ainda discute posições de interesses de cada grupamento. A decisão de que Jackson Barreto será candidato a senador deu um alívio grande, mas, paralelamente, contrariou o fato dele só deixar o comando do Estado no final de março. Os mais novos culpam os chamados ‘dinossauros’ do MDB, mas eles sequer se mexeram. A decisão foi do próprio JB. E daí?

Entretanto, alguns partidos estão aos gritos porque desejam boas posições e apoios. Estão com o ‘passe’ em mãos para migrarem para oposição. O PRB mesmo já bateu o martelo: “sai do grupo se não estiver na majoritária com o Senado ou a vice”. A posição é definitiva e sem rodeios, o que pode ser feito ainda esta semana.

Na oposição ainda continua a pendenga do lançamento em janeiro ou abril. Agora o senador Eduardo Amorim reforça a posição de André Moura de ter chapa majoritária antes ou depois do carnaval, mas espera que o senador Valadares (PSB) também acompanhe o bloco e lance seus candidatos em comum acordo, no mesmo período.

Ainda não há nada certo. Mas pode acontecer…

ELIANE DESMENTE SOBRE VICE

A vice-prefeita Eliane Aquino (PT) desmentiu ontem post em que anunciava seu nome como convidada de Jackson Barreto (MDB) para ser candidata a vice-governadora.

Eliane ligou para o autor da nota, disse que não era verdade e pediu que checasse.

CHATEADA, ELIANE REPUDIA

Eliane disse que a notícia não é verdadeira e acrescentou que não tem como aceitar ou não candidatura para mandato que não fora convidada.

– Isso pode estar sendo feito para me queimar, disse.

MAIS UMA CHATEAÇÃO

A nota postada sobre Eliane Aquino não foi desmentida, apenas substituída por outra notícia de que ela aparecia nas pesquisas com 15 pontos para disputar a vice.

A vice-prefeita ficou chateada e voltou a desmentir: “não é verdade”.

ADMITIU QUE VAI BEM

Eliane Aquino tem conhecimento que vai bem nas pesquisas, “mas não para vice. Isso é um absurdo, porque até hoje nenhum instituto fez pesquisas para vice-governador”.

Eliane se manteve indignada…

NOME CITADO PARA VICE

Um dos nomes citados para vice-governador na chapa de Belivaldo Chagas seria o do deputado Luciano Bispo (MDB). Sua mulher disputaria vaga na Assembleia,

Seu grupo e aliados o aconselham a permanecer na Alese.

CONVERSA ENFADONHA

A notícia é enfadonha, mas agora definitiva: o governador Jackson Barreto é candidato ao Senado e deve sair entre 29 de março e 02 de abril.

Dia 29 é quinta-feira da semana santa e 02 de abril uma segunda-feira.

EMPRÉSTIMO DA FINISA

Jackson Barreto quer dá destinação aos recursos do empréstimo que serão liberados pela Caixa e deixar suas marca na escolha de algumas obras.

Inclusive com a liberação de recursos para elas.

OPOSIÇÃO PERTO DE DECIDIR

Eduardo Amorim (PSDB) diz que está tudo caminhando bem para formação da chapa majoritária da oposição e que já está perto de decidir.

O senador está em Brasília, mas não conversou pessoalmente com Valadares (PSB).

SÓ DEPOIS DO CARNAVAL

Amorim disse ainda que o seu grupo deve lançar candidaturas antes ou depois do carnaval – e não em março ou abril. Ele já conversou com André Moura.

Admitiu que está tudo dentro do tempo.

NÃO PODE SER EM ABRIL

Segundo Eduardo, a chapa não pode ser decidida em abril em razão dos proporcionais do bloco, que esperam uma definição para lançar pré-candidaturas.

– O PSB não tem esse problema, mas nós temos, disse.

ANDRÉ CONFIRMA DATAS

O deputado federal André Moura também está em Brasília e confirmou que a pedido de Eduardo Amorim concorda em lançar a chapa majoritárias antes ou depois do carnaval.

– Mas março e abril estão fora de cogitação.

JÁ FECHOU SOBRE CHAPA

O PPS já teria fechado apoio ao deputado André Moura no majoritário. Apenas disse que poderia apoiá-lo ao Senado e Eduardo Amorim ao Governo e vice-versa.

Na sexta-feira o PPS reúne-se com o PSB.

SEM DATA DEFINIDA

O governador Jackson Barreto (MDB) marcou uma conversa com o PRB sem data ainda definida. A pauta será política e tratará das eleições deste ano.

O PRB reivindica a disputa pelo Senado ou a vice.

OFICIALIZAÇÃO DE APOIO

O PRB sabe que Jackson vai cobrar declaração de apoio a Belivaldo, mas seus membros acham que estão na base do Governo porque participaram das eleições de 2014.

Compromisso futuro só com vaga na chapa majoritária.

PARTIDO JÁ ACEITA A VICE

Segundo fonte do PRB, o ato de apoio a Belivaldo será feito desde que a sigla indique tenha o Senado ou a vice: “sem isso não terá apoio”.

A oposição já ofereceu vaga na majoritária.

DECISÕES QUE DOEM

O presidente do PPS, Clovis Barbosa, postou: “às vezes você tem que tomar decisões que dói na alma, mas acalma a especulação e se moraliza”.

Ninguém conseguiu para quem foi o recado.

O RISCO DA DISPERSÃO

Um analista político do Governo avaliou ontem que a situação está ‘engessada’ porque não se fecha alianças e alguns partidos esperam conversas com a oposição.

Disse que “o Governo vai perder para ele mesmo”.

PRESENÇA DE DINOSSAUROS

Segundo a mesma fonte, “os dinossauros” da política estão marcando presença. “Daí se perde o PPS, que sequer chegou, e é possível ficar sem o Pros”.

– PRB está procurando novos espaços e o PDT também pode ir, avisou.

Notas

Matar muita gente – A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), desconsidera a hipótese de o ex-presidente Lula ter a prisão decretada. “Para prender o Lula, vai ter que prender muita gente, mas, mais do que isso, vai ter que matar gente. Aí, vai ter que matar”, afirmou Gleisi, na segunda-feira ao Poder360.

0x0

Diz O Antagonista – Se Lula for preso, “não haverá uma revolução, infelizmente”. Essa é a opinião de Paulo Okamotto, entrevistado pela Folha de S. Paulo. Ele estava tentando consertar os disparates de Gleisi Hoffmann, segundo a qual “vai ter de matar muita gente” para prender o condenado.

0x0

Temer afaga a Federal – Investigado, Temer prepara afago à Polícia Federal. O governo deve encaminhar proposta de lei para o Congresso que cria 6.000 novos cargos na corporação e garante novas prerrogativas de função. Os novos postos serão de policiais fardados para atuar em assuntos transestaduais, como fronteiras e aeroportos.

0x0

Bendine nega propina – O ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro ontem, em Curitiba. Ele negou ter recebido cerca de R$ 3 milhões em propinas da Odebrecht para facilitar contratos com a estatal. O recurso teria sido dividido com dois denunciados.

0x0

Governo insiste em Brasil – Paulo Marun diz que o governo não pensa em outro nome para o Ministério do Trabalho. Segundo ele, o governo vai insistir no nome da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ). “O governo tem a decisão tomada de continuar buscando na Justiça o que é juridicamente correto, que é a posse da ministra nomeada”.

0x0

Temer afasta vice-presidentes – O presidente Michel Temer determinou o afastamento de quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal (CEF) por um período de 15 dias. Em nota, o Palácio do Planalto informou que esse será o prazo para que eles apresentem defesa das acusações de que são alvo.

Conversando

Ligação tem hora – A partir de agora é lei: Ligação de telemarketing fazendo cobranças agora só de segunda a sexta-feira, das 08 às 18 horas.

Clovis Silveira – Trabalho duro por algo que não nos interessa, chama-se stress. Trabalho duro por algo que nós amamos chamado paixão!

Sem plano B – Marcio Macedo diz que o PT não tem plano “B”. Não vamos discutir outros nomes. As pesquisas mostram que Lula é o melhor candidato a presidente.

Encontro marcado – O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) retorna amanhã a Aracaju e tem encontro com o PPS na sexta-feira.

Está pronta – A chapa majoritária da situação só falta o vice. Tem pré-candidato a governador, Belivaldo Chagas, e os senadores Jackson Barreto e Rogério Carvalho.

Apenas dois – Mendonça Prado deixa claro que só não vai conversar com André Barros e Eduardo Amorim nessa campanha.

Sobre Valmir – O nome de Valmir de Francisquinho é sugerido como candidato a governador, agora pela vereadora Emília Correa, que quer ser seu vice.

Na espera – José Carlos Machado (PSDB) é pré-candidato a deputado federal, mas ainda está na espera da formação da chapa majoritária.

Sem carência – Atenção: INSS não pode mais cobrar carência de auxílio-doença para grávidas com alto risco.