17/01/18 - 12:55:01

Suspeito de matar e ocultar corpo da ex-namorada é preso em São Cristóvão

A vítima permanece desaparecida. Qualquer informação pode ser repassada através do 181 da Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), realizou na manhã de terça-feira, 16, o cumprimento do mandado de prisão temporária em desfavor de Josewaldo da Silva Oliveira, mais conhecido como “Índio”, 23 anos, suspeito de assassinar e ocultar o corpo da ex-namorada, Erislayne Morais da Conceição, conhecida como “Nane”, 28 anos, desaparecida desde 23 de dezembro do ano passado no município de São Cristóvão.

De acordo o delegado responsável pelo caso, Mário Leony, a motivação do crime teria sido o término do relacionamento. Indícios apontam que na tentativa de reatar o relacionamento, Josewaldo propôs à vítima alugar uma casa no Povoado Várzea Grande, em São Cristóvão, mas o pedido foi negado.

No curso das investigações e durante esclarecimento prestados, Josewaldo negou o crime, mas se contradisse em diversos pontos.  Outro indício apontado pelo delegado está no celular da vítima encontrado com o suspeito. “Quando encontramos o celular com o suspeito, ele havia apagado os contatos, já tinha colocado outro chip e, inclusive, estava usando o aparelho. A família também constatou que ele possuía as chaves da casa, coisa que nem a pessoa com a qual a vítima havia se relacionado por um tempo mais longo nunca havia tido acesso”, explica o delegado.

Em um dos celulares apreendidos, a polícia teve acesso a um áudio em que Josewaldo questiona ao primo o fato de ele ter comentado com terceiros que foi visto com sangue em diversas partes do corpo. Na véspera do desaparecimento, a vítima foi vista em companhia do suspeito.

Josewaldo possui passagem pela polícia pelos crimes de roubo majorado e, enquanto adolescente, foi apreendido em posse de arma de fogo.

As investigações continuam no sentido de colher mais indícios do crime e saber o paradeiro de Nane. Qualquer informação sobre a localização do corpo da vítima pode ser repassada através do Disque-Denúncia 181 da Polícia Civil.