23/01/18 - 09:56:42

Itabaiana já tem um mês de janeiro mais violento do que foi dezembro de 2017!

Que Sergipe é um dos Estados mais violentos do Brasil isso já não é mais novidade para ninguém, mas o que a sociedade espera dos setores responsáveis pelo Poder Executivo, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP), é que no mínimo haja uma espécie de “esforço concentrado” no sentido que os números das violências sejam minimizados ou, pelo menos, controlados. Mas a sensação de insegurança só aumenta e o crime continua “dando as cartas” em Sergipe: bandidos perderam o respeito pelas autoridades e fazem valer suas próprias leis!

E sempre quando se critica o Governo pela insegurança, logo vem a estrutura da SSP tentando minimizar o problema, apresentando números e estatísticas, dando a entender que em Sergipe o crime está sob controle. A secretaria está no seu papel, diga-se de passagem, mas antes que se prenda o bandido, o mais importante é que o fato não aconteça. O argumento de que “apenas os marginais estão se matando” também não pode ser aceito, mesmo porque onde se tem violência em excesso, perde-se o controle e, normalmente gente inocente paga com a vida.

Em dezembro de 2017, segundo levantamento do Portal Itnet, o município de Itabaiana registrou 10 homicídios, somando 87 registros ao longo do ano passado. Os assassinatos assustaram toda a região Agreste e passou-se a impressão que a Secretaria de Segurança Pública havia perdido o controle na luta contra o crime na cidade serrana. Mas para quem já achou o mês anterior violento, em janeiro de 2018 a coisa parece mesmo que desandou de vez. Até a noite do dia 22, foram confirmados 11 homicídios e um latrocínio.

Em síntese, o município de Itabaiana já tem um mês de janeiro mais violento do que foi dezembro de 2017. E as perguntas que não querem calar: até quando, governador? Quem será a próxima vítima? Quando e onde acontecerão os próximos assassinatos? A sociedade itabaianense está assustada, a região Agreste tem por tantos registros de violência e o Governo do Estado, através da SSP, precisa reagir! Que tragam mais homens da Força Nacional, que acelere os trâmites do concurso público, mas que apresente medidas enérgicas e rápidas. O que não dá para aceitar é que o governo apenas assista a tudo, em cima do muro…

Bomba!

Uma liderança política com prestígio dentro do governo de Jackson Barreto (MDB) denuncia: o secretário de Estado da Saúde, José Almeida Lima, assumiu o comando do Hospital Cirurgia mediante um suposto compromisso da direção da unidade apoiar seu genro, pré-candidato a deputado estadual, no município de Poço Verde.

Não dá conta

A mesma liderança explicou, EM OFF, que o genro de Almeida Lima estaria sim usando a estrutura da Secretaria de Saúde para fins políticos, apesar de o secretário negar com veemência. Explicou que Almeida não dá conta da Saúde estadual e ainda assumiu um “peso” que é o Hospital Cirurgia. Com a palavra o secretário…

Veja essa!

Já estamos no dia 23 de janeiro e o governo de Sergipe não tem previsão de quando vai completar o pagamento dos aposentados e pensionistas, de dezembro do ano passado, que pela lógica são os que mais precisam por conta dos medicamentos e porque geralmente sustentam suas famílias.

E essa!

Vale lembrar que há um compromisso do Estado de que, a partir da próxima folha, os aposentados e pensionistas serão os primeiros a receber. Agora, como perguntar não ofende nunca, se o governo não terminou a folha de dezembro, dá para fazer alguma previsão otimista para a folha de janeiro de 2018?

Dois pesos

Os que mais procuram este colunista para reclamar são os aposentados e pensionistas que, até agora, só receberam parte de seus salários de dezembro. Se fosse um prefeito municipal, certamente o MPE já teria promovido uma intervenção. Mas como se trata do governo do Estado…

Zezinho Guimarães

Este colunista conversou com o deputado estadual Zezinho Guimarães (MDB) e o mesmo “soltou o verbo” com alguns aliados que estão cogitando mudar de partido para viabilizar suas pré-candidaturas em 2018. “Mamam os quatro anos na estrutura do governo e agora querem chapinhas? Isso é sabedoria e desonestidade!”.

Exclusiva!

Zezinho Guimarães não parou por aí: “eu não aceito essa coisa de chapinhas! Tem que ser um chapão com todos os partidos que estão se beneficiando do governo por todos esses anos. MDB, PT, PSD, PRB, PDT, PEN, PODEMOS. Vai todo mundo para o chapão!”.

Recado duro

O deputado Zezinho Guimarães foi ainda mais longe e mandou um recado duro: “isso vale também para Zezinho Sobral da Ação Social e para Breno Silveira que é do Partido da Saúde! Quem usa o governo descaradamente, tem que ir para o chapão! E não ficar procurando chapinhas!”.

Goretti Reis

Questionado sobre a possibilidade de a deputada Goretti Reis sair do MDB para buscar uma legenda mais “cômoda” para sua reeleição, Zezinho Guimarães disse que “se todo mundo quiser procurar sua facilidade, eu também quero sair”.

Alô JB!

Zezinho Guimarães antecipou que a bancada do governo na Assembleia Legislativa vai adotar uma postura mais “dura” no retorno dos trabalhos em fevereiro. “Somos aliados do governo e queremos a reciprocidade. Do jeito que está não é justo. Não vamos abrir mão do chapão”.

Compromisso

Por fim, Zezinho disse que tem compromisso com o líder do governo no Congresso Nacional, André Moura (PSC), se ele disputar a reeleição para deputado federal ou se for candidato a senador. Zezinho também diz ter compromisso com JB para a outra vaga de senador e com Belivaldo Chagas (MDB) para governador.

Comoção

Políticos de diversas correntes e dos mais variados municípios trouxeram as condolências para a Família Fonseca que perdeu, em um trágico acidente automobilístico na Bahia, Carmem Fonseca, filha do ex-deputado Cleonâncio Fonseca e sobrinha do deputado estadual Venâncio Fonseca (PP).

Sepultamento

O velório e o sepultamento ocorreu no cemitério Colina da Saudade, em Aracaju, no domingo (21). Em nota, o deputado Venâncio Fonseca agradeceu as mensagens de apoio que vem recebendo dos amigos. “Vocês não imaginam como foi importante para nós receber seu apoio. Sem vocês ao nosso lado, não conseguiríamos permanecer de pé”.

Carcinicultura I

Uma comissão de produtores de camarão e associações voltadas para a Carcinicultura esteve reunida com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), no gabinete da presidência, quando formalizaram o convite para uma reunião sobre o tema, na próxima sexta-feira (26), no município de Brejo Grande. Na oportunidade, o governador Jackson Barreto (PMDB), o deputado Luciano Bispo e 20 carcinicultores serão homenageados pela luta em defesa da categoria.

Carcinicultura II

Luciano Bispo é o autor do projeto aprovado na Alese, que dispõe sobre a Política Estadual da Carcinicultura e sobre o fomento, a proteção e a regulamentação da mesma, reconhecendo-a como atividade agrosilvopastoril, de relevante interesse social e econômico. O presidente da Associação Norte Sergipana de Aquicultura (Ansa), Amilton Amorim, destacou a importância do evento de sexta-feira, além de tirar algumas dúvidas da categoria, também servirá para reconhecer o empenho das autoridades e trabalhadores envolvidos.

Sem clandestinidade

Já o presidente da Associação Socorrense de Maricultores Naturais e Ecologicos (Asmane), Luís Marques, explicou que o projeto do deputado Luciano Bispo foi a maior conquista da categoria. “A aprovação desta lei representou uma grande vitória para nós que trabalhávamos na clandestinidade. Hoje não! Nossa família trabalha tranquila, focada em aumentar a produção de camarão. Enquanto presidente, nós sempre procuramos um entendimento com as procuradorias, estadual e federal”.

Inclusão

Em seguida, o presidente da entidade de Nossa Senhora do Socorro disse ainda que o projeto de Luciano Bispo trouxe mais inclusão. “Antigamente o camarão era um alimento de rico, de quem tinha condições financeiras. Hoje você vê o camarão na mesa do povo, dos mais pobres. Houve uma inclusão neste processo e isto incomoda a muita gente”, disse. O presidente Associação dos Criadores de Camarão de São Cristóvão, Sandro Monteiro, também participou da reunião.

Luciano Bispo I

Por sua vez, o presidente da Alese, deputado Luciano Bispo, agradeceu o reconhecimento dos carcinicultores e defendeu mais investimentos para “a região mais pobre de Sergipe”. “Eu fiquei muito entusiasmado quando participei de reuniões com os produtores de camarão quando eles me apresentaram as formas para beneficiar a todos. Eles provaram que o Brasil tinha descoberto Brejo Grande, mas Sergipe não”.

Luciano Bispo II

Em seguida, Luciano Bispo disse que “Deus deu a água, a terra e a mão de obra necessária para a criação de camarão em Brejo Grande. Precisávamos de um projeto que tornasse nossa produção competitiva com Estados como o Rio Grande do Norte e o Maranhão, na qualidade e no preço. Em pouco tempo nós vamos levar desenvolvimento para aquela que é a região mais pobre desse Estado”.

Gustinho Ribeiro I

O deputado Gustinho Ribeiro (PRP) participou da procissão de São Vicente Ferrer, no povoado Jabeberi, em Tobias Barreto, ao lado de dos ex-prefeitos Antonio Nery e Dilson de Agripino, dos candidatos a prefeito e vice na última eleição, César Prado e Bêta, respectivamente, do vice-prefeito Gal de Filó, do ex-vice prefeito de Tobias Nailson, da vereadora Elisângela, dos vereadores Romildo e Veraneio e das lideranças Samuel da Samambaia e Neguinho do Jabeberi.

Gustinho Ribeiro II

Gustinho também acompanhou a tradicional festa de São Sebastião, em Poço Verde, a convite do prefeito Iggor Oliveira e da primeira-dama Cláudia Oliveira. Já em Ilha das Flores, Gustinho foi recebido pelo ex-prefeito Ronaldo de Calixto e esteve ao lado também do vice-governador Belivaldo Chagas, da ex-deputada Conceição Vieira, do ex-candidato a prefeito Zinho, dos vereadores Jorginho, Niê de Nonô, Toinho de Vanete e vereadora Lourdes de Gararu e de Rita Calixto.

Gustinho Ribeiro III

Em seguida, Gustinho seguiu para Gararu, e acompanhou a procissão do Bom Jesus dos Aflitos ao lado de Diego Brito, do vereador Galego de Zequinha, de Jailton de Zequinha, de Vanso e Fernando Brito. Por fim, em Salgado, ao lado do prefeito Duílio Siqueira, da primeira-dama Polyana Ribeiro, do vice-prefeito Silvano e da ex-prefeita de Itaporanga D’Ajuda, Gracinha Garcez, o deputado participou da missa e procissão em homenagem a Senhor do Bonfim.

Prefeitura de Aracaju I

O prefeito Edvaldo Nogueira assinou duas ordens de serviço: a drenagem e pavimentação das avenidas Caçula Barreto e Tarcísio Daniel, o que inclui a cobertura do Canal 3, e a urbanização da primeira etapa do Loteamento Barroso. Além da cobertura do canal, serão feitas drenagem, terraplanagem, urbanização completa com novo pavimento, sinalização vertical e horizontal, construção de passeios e ciclovias, e a ligação com a avenida Paulo VI.

Prefeitura de Aracaju II

O prazo de conclusão é de um ano. Já no loteamento Barroso serão realizadas, em seis meses, serviços de terraplanagem, drenagem pluvial, pavimentação asfáltica, passeios em concreto, sinalização e placas de identificação dos logradouros da travessa França e rua 02. Juntas, estas obras representam um investimento de mais de R$ 6,3 milhões.

Juvêncio Oliveira I

“Essa obra é um sonho que se realizará para os moradores dessa comunidade. Além de ser uma das maiores reivindicações, tenho certeza que será o novo cartão de visita do bairro. Não é apenas uma cobertura do canal: é o saneamento básico, é a melhoria na saúde pública, é o lazer e a segurança”, comemorou Juvêncio ao afirmar que serão investidos mais de R$ 5 milhões que já estão disponíveis no caixa da PMA.

Juvêncio Oliveira II

Em seu discurso, o prefeito Edvaldo Nogueira elogiou o vereador por buscar importantes melhorias para a localidade. “Juvêncio foi um dos grandes incentivadores para que essa obra saísse do papel. É assim que devemos fazer política, em nome do povo”, finalizou.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com