01/02/18 - 09:33:49

Governo oferta novas vagas nível médio em Agroindústria e Agropecuária em Poço Redondo

O objetivo é o preenchimento de 140 novas vagas nos cursos técnicos. Estudantes interessados em participar do PSE 2018 têm até o próximo dia 9 de fevereiro para realizarem suas inscrições

Com início das aulas do Ano Letivo 2018 programado para o próximo dia cinco de março, o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) “Dom José Brandão de Castro”, localizado no assentamento Queimada Grande, no município de Poço Redondo, está com inscrições abertas para Processo Seletivo de Estudantes (PSE). O objetivo é o preenchimento de 140 novas vagas nos cursos técnicos de Agroindústria e Agropecuária, já ofertados por esta unidade escolar, cujas novas instalações foram entregues pelo governo de Sergipe em maio de 2017, um investimento superior a R$ 7 milhões.

De acordo com o Edital Nº 01/2018, publicado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), os estudantes interessados em participar do PSE 2018 têm até o próximo dia 9 de fevereiro para realizarem suas inscrições, que devem ser feitas na Secretaria do CEEP “Dom José Brandão de Castro”, localizada na Rodovia SE 206 – KM 05, s/n, das 8h às 12 e das 13h às 21h, ou também pelos telefones (79) 3337-4014, (79) 98878-9438, (79) 99818-8996.

Para realizar o procedimento, é necessário apenas que o candidato à vaga apresente, no ato de inscrição, os originais e a cópia da Carteira de Identidade e do Certificado de Conclusão do Ensino Médio. Os candidatos classificados deverão realizar as suas matrículas na Secretaria do CEEP “Dom José Brandão de Castro” entre os dias 19 e 23 de fevereiro.

Ofertados de modo integrado ao ensino médio, com duração de três anos, os cursos técnicos em Agroindústria (35 vagas) e em Agropecuária (105 vagas) do “Dom José Brandão de Castro”, destinam-se principalmente aos estudantes filhos de assentados, acampados, ribeirinhos, quilombolas, indígenas e demais populações do campo, que já tenham concluído o ensino fundamental.

“Os alunos que estudam nesta escola saem com o ensino médio completo, preparados para ingressar no ensino superior, e ainda uma formação técnica, prontos para o mercado de trabalho. Por se tratar de educação do campo, para atender às necessidades dos trabalhadores rurais, a escola atua com a pedagogia da alternância, por meio da qual, ao longo do mês, os estudantes moram na escola por 15 dias, estudando, e nos outros dias 15 dias desenvolvem suas atividades junto às suas famílias”, destaca o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho.

Investimentos

Vocacionado para atender as demandas econômicas do Alto Sertão Sergipano, região na qual predomina a agropecuária, a escola profissionalizante “Dom José Brandão de Castro”, após um investimento de R$ 7 milhões feito pelo Governo de Sergipe, recebeu novas edificações, passou por uma série de melhorias em sua infraestrutura e beneficia atualmente mais de 380 alunos desta região, em sua maioria filhos de trabalhadores do campo.

Segundo o superintende executivo da Seed, professor Everton Siqueira, as obras executadas no Centro Dom Brandão contemplaram a construção de um bloco pedagógico, com 12 salas de aula com capacidade para 40 alunos cada, e cinco laboratórios, sendo dois deles de Informática, um de Ciências, outro de Biologia e um de Física, e também uma nova biblioteca.

“A partir dos investimentos realizados pelo governo estadual, foi construído também um bloco administrativo e outro de serviços, com cozinha industrial, refeitório, despensa e banheiros. E, por ofertar cursos técnicos de nível médio de Agroindústria e de Agropecuária, foi construído um outro bloco com mais seis laboratórios técnicos, sendo um de Mecanização Agrícola; um de Química; um de Processamento de Alimentos; um de Microbiologia; um de Topografia e um de Informática”, destaca o professor Everton Siqueira, ao acrescentar que toda escola possui sinal de internet banda larga disponibilizado via rede wifi para toda comunidade escolar.

Educação no campo

Preocupado em oferecer melhores condições de permanência dos estudantes na escola, o Governo do Estado finalizou a construção do prédio do alojamento para os estudantes do Centro Profissionalizante Dom José Brandão de Castro, haja vista o regime de alternância da escola. O espaço de dormitório conta com 32 quartos coletivos, vestiários com cinco chuveiros e quatro sanitários, uma sala de estudo, corredor e área de circulação, além de lavanderia com tanques e varais, dividido em alas masculina e feminina.

Os cursos ofertados nesta unidade de ensino têm duração de três anos e são aplicados no regime pedagógico de alternância, que consiste na formação do técnico utilizando espaços e tempos diferentes, divididos entre o meio socioprofissional e o meio escolar, guiado por uma proposta que visa à formação integral do educando e ao desenvolvimento do meio no qual está inserido.

Segundo o professor Edjenaldo, diretor do CEEP Dom José Brandão de Castro, a escola atende não apenas estudantes do município de Poço Redondo, mas também de todo território do Alto Sertão sergipano e até de municípios baianos fronteiriços.

Foto Maria Odília