02/02/18 - 07:41:37

Enchendo o tempo

Sem muito o que fazer neste período de recesso parlamentar, muitos políticos gastam o tempo a procura de um fato para ocupar espaços na mídia. Eles sabem que ficar longe da imprensa até quando começarem pra valer as articulações políticas visando a formação das chapas, significa perder terreno na hora de a onça beber água. Essa conjunção de marasmo político e vontade de aparecer estimula o “plantio” de “notícias”, geralmente com o intuito de desgastar os adversários e até mesmo aliados. E aí surge todo tipo fofoca. Uns alardeiam rompimentos políticos e outros denunciam impensáveis acordos por debaixo dos panos. Essa fase de mexerico vai perdurar até depois do carnaval, quando se iniciam pra valer as articulações de bastidores. Portanto, não se deve dar muita atenção para tudo que se diz sobre a formação dos times que disputarão as eleições, pois muita coisa não passa de intriga da oposição. E da situação também!

Romaria

Na expectativa de uma ajudinha federal para ajuda-los a honrar as promessas de campanha, 64 prefeitos sergipanos recepcionaram, ontem, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. O auxiliar do mordomo de filme de terror veio assinar um convênio com a Prefeitura de Aracaju para o Plano de Mobilidade Urbana. Durante os cumprimentos, Baldy ouviu de alguns prefeitos pedidos de ajuda e prometeu socorrê-los, na medida do possível. Pois tá!

Pedra da morte

A pedra da morte custa uma ninharia e está ao alcance de todos. Atrai, indistintamente, ricos e pobres, crianças e adultos, desempregados e trabalhadores. Há registros de índios que usam o entorpecente. O crack invadiu as cidades do interior e as fazendas. Subproduto da cocaína, a droga virou uma epidemia nacional, que causa dependência e morte aos usuários. Uma lástima!

Banco dos réus

E o deputado federal Adelson Barreto (PR) vai sentar no banco dos réus. O parlamentar terá recurso em seu favor julgado, dia 19 próximo, pelo Tribunal Superior Eleitoral. Adelson foi cassado em Sergipe sob a acusação de uso indevido das verbas de subvenção da Assembleia. Caso seja derrotado em Brasília, Barreto vira ficha suja, ficando impedido de participar das eleições deste ano. Marminino!

Olho de peroba

De um bebinho, num boteco da periferia de Itabaiana: “O mordomo de filme de terror estranha que as pessoas não vão com a sua cara. Ora bolas, porque ele é um baita cara de pau”. Cruzes!

Braços cruzados

A vida dos contrabandistas ficou mais fácil. É que os auditores fiscais de Sergipe amanheceram em greve. Por tempo indeterminado, a paralisação visa protestar contra o recorrente atraso de salários e a não concessão de reajuste há quatro anos. Enquanto governo e servidores não se entendem, os muambeiros aproveitam para circularem por aí com contrabando de todo tipo e valor. Misericórdia!

Apoio de peso

Prefeitos sergipanos devem formalizar apoio à pré-candidatura de Belivaldo Chagas (MDB) ao governo de Sergipe. Será neste sábado, durante encontro organizado pelo prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana (MDB), para fazer uma análise da conjuntura política. O anfitrião espera que os colegas presentes ao evento declarem publicamente apoio ao “Galeguinho”.

Rolete chupado

Quase ninguém quer participar deste governo temerário. Quer um exemplo? O ex-prefeito de Estância, Ivan Leite (PRB), recusou ter o nome indicado para ser ministro da Indústria e Comércio. Segundo o site Faxaju, a proposta foi feita pelo presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, a quem cabe indicar seu sucessor naquele ministério. Elegante, Ivan disse que anda muito ocupado, cuidando de seus negócios. Ah, bom!

Servidor protesta

Os servidores estaduais vão às ruas condenar o que chamam de “maldades do governo Jackson Barreto”. Em manifestação programada para segunda-feira, a categoria vai protestar contra a reforma da previdência, o parcelamento dos salários e defender a transparência das contas do Estado. Será a partir das 8h, na praça da Bandeira. Participe!

Rainha do mar

Terreiros de Candomblé festejam nesta quinta-feira Iemanjá, orixá das águas. Em Aracaju, a principal homenagem à rainha do mar vai acontecer na orlinha do bairro Industrial, sob a coordenação da Associação Luz do Oriente e o Ilê Axé Oloiá Tassitaoo. E o blog recorre a Dorival Caymmi para homenagear a mãe de todas as cabeças humanas: “Dia dois de fevereiro/ Dia de festa no mar/ Eu quero ser o primeiro/ A saudar Iemanjá”.

Recorte de jornal

8

Publicado no Jornal do Aracaju, em 19 de março de 1873.

Resumo dos Jornais