05/02/18 - 18:32:55

LUCIANO BISPO DISCUTE FORTALECIMENTO DAS ASSEMBLEIAS

Durante reunião ocorrida nesta segunda-feira (05), em Brasília, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB-SE), discutiu ao lado dos demais presidentes da Poder Legislativo do Brasil, o fortalecimento das assembleias, com o presidente da República, Michel Temer. O encontro foi organizado pela UNALE e é mais um passo em direção a adoção de medidas que visam transferir para os Estados, a responsabilidade de legislar sobre temas que hoje, apenas o Congresso Nacional, tem a prerrogativa.

“Desde a realização do encontro que fizemos aqui em nosso Estado, da UNALE, que esse movimento ganhou força, já há no Congresso Nacional algumas correntes que estão trabalhando para que isso aconteça, mas também é preciso que a Presidência da República se some conosco, e foi isso que fomos dizer ao Presidente Temmer”, disse Luciano Bispo, entendendo que as Assembleias podem contribuir muito mais com o Brasil, abrindo discussões importantes e aliviando o Congresso Nacional, que passará a legislar sobre os temas macros da nação.

Segundo o presidente da UNALE, Luciano Nunes (PSDB-PI), mais uma vez a entidade está lutando pelos interesses do parlamento estadual, representante mais próximo da população. “Está é a maior bandeira da Unale atualmente, pois amplia as competências legislativas em temas como direto agrário, trânsito, licitações, entre outros”.

Além de Luciano Bispo (MDB-SE), participaram do encontro com o presidente Michel Temmer, o ministro da Secretaria de Governo da República, Carlos Marun, o senador Elmano Ferrer (PMDB-PI) e o deputado federal Júlio Cesar (PSD-PI), além dos deputados estaduais Georgiano Neto (PSD-PI); Pablo Santos (MDB-PI); Adalclever Lopes (PMDB-MG); Alencar da Silveira Jr. (PDT-MG); Ciro Simoni (PDT-RS) e Maria Lúcia Amary (PSDB-SP).

O presidente da Assembleia do Piauí e do Colegiado de Presidentes das Assembleias do Nordeste, Themístocles Filho (MDB-PI), proponente da reunião, declarou que “O poder de legislar mais, beneficiará todas as Assembleias”.

Com informações da Unale