06/02/18 - 17:45:03

Almeida Lima prepara o “bote” para Belivaldo e agora quer JB no governo até o fim!

Uma informação que já havia sido “ventilada” anteriormente neste espaço começou a “ganhar corpo” nessa terça-feira (6): o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima (MDB), defendeu no programa do radialista Gilmar Carvalho, na Mix FM, a permanência do governador Jackson Barreto (MDB), no mandato até o fim, forçando sua desistência da pré-candidatura ao Senado Federal. É o primeiro sinal que Almeida está interessado em ser o pré-candidato a governador do agrupamento político governista.

Na entrevista, o auxiliar entende que JB deve “concentrar” suas energias na pré-candidatura de Belivaldo Chagas (MDB) ao governo, mas para este colunista quando Almeida quer a permanência de Jackson no governo é um sinal de que o secretário “arma o bote” para afastar o vice-governador da disputa. Coincidentemente, a declaração de Almeida vem logo depois do evento de adesão promovido pelo prefeito e vice-prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana (MDB) e Adílson Júnior (PDT), respectivamente, no sábado (3), que reuniu cerca de 12 prefeitos apenas.

Ontem este colunista já havia alertado do desânimo dos auxiliares de JB diante da incerteza sobre como ficará a estrutura administrativa quando Belivaldo Chagas assumir o Executivo, em definitivo, a partir de Abril. O assunto não é tratado abertamente, mas nos bastidores do Palácio todo mundo tem a consciência de que Almeida e Belivaldo “não se bicam” e que o secretário só espera um “cochilo” do galeguinho para chegar à condição de pré-candidato. Há, inclusive, dentro do governo, quem trabalhe para que isto aconteça, mesmo que sutilmente.

Almeida Lima tem a percepção clara que, com Belivaldo no comando do governo, ele não tem chance alguma de vir para a disputa. Por isso ele já defende abertamente a permanência e o sacrifício de JB, no sentido que abdique de seu projeto político. Da mesma forma como Almeida conseguiu “convencer” o primo de sua ida para a Secretaria da Saúde, ele também acredita que pode, mais adiante e a depender das circunstancias, ser o candidato. São assuntos que, até onde se sabe, passam por questões familiares…

Mas, sendo candidato ou não a governador, Almeida já responde a uma declaração recente de Belivaldo Chagas. Semana passada, em entrevista no rádio, o vice-governador respondeu a um questionamento sobre o suposto uso político da Saúde dizendo que, se ele assumir o Executivo e tomar conhecimento de algo está ocorrendo neste sentido, vai tomar providências enérgicas. Almeida certamente não deve ter gostado do que ouviu e já tratou de “arregaçar as mangas”. O “galeguinho” que abra do olho…

Veja essa!

Em entrevista ao radialista George Magalhães, na Fan FM, o diretor executivo do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Sergipe (SergipePrevidência), José Roberto, desfez o suspense em torno do pagamento dos salários dos aposentados e pensionistas do Estado, referente ao mês de janeiro.

E essa!

Segundo José Roberto, o governo do Estado trabalha para pagar, parceladamente, uma parte dos salários dos aposentados no próximo dia 15. “O esforço é para o Estado pagar um percentual que cubra o maior número possível de aposentados”.

A dúvida

O questionamento que ficou pendente: se o Estado prometeu priorizar o pagamento dos aposentados, a partir da folha de janeiro, quando receberão os demais servidores da administração estadual? Isso só complica o projeto de Belivaldo para o governo…

Rasgadinho I

Há toda uma celeuma em torno da cobrança pelo uso do solo no Festival Rasgadinho que começa na próxima sexta-feira (9). A verdade é que o aumento nos valores cobrados para comercializar na área assustou e incomodou muita gente, mas também é verdade que os patrocínios para o evento, segundo se comenta, foram escassos este ano. É preciso chegar um consenso…

Rasgadinho II

Por mais que se tente buscar uma resposta sobre o Rasgadinho, a cidade inteira sabe que o evento tem o “peso político” do deputado estadual Róbson Viana (PEN), mas quem fala pelo evento, oficialmente, é o presidente da ACRA (Associação Cultural Rasgadinho), César Viana.

E a economia Edvaldo?

Com tanta economia propagada pelo prefeito Edvaldo Nogueira, ao longo de 2017, já que a PMA está dando o apoio logístico ao evento, no entendimento deste colunista, para quem já apoia clubes de futebol, não custava cobrir as despesas das taxas cobradas aos ambulantes e pequenos comerciantes que vão atuar na festa.

Programação extensa

É importante também reconhecer o esforço dos que fazem o Rasgadinho em trazer atrações como Xande de Pilares, Fernanda Abreu, Jota Quest, Melanina Carioca, Diogo Nogueira, Orquestra Cajuína, Quinteto Violado, Cidade Negra, Monobloco, Paralamas do Sucesso, Baby do Brasil, Erivaldo de Carira, Sérgio Lucas, Antônio Carlos du Aracaju, Zé Tramela, Casaca de Couro, Karla Izabella, Estação da Luz, Los Guaranis, Maysa Reis, Mania de Ser, dentre muitas outras.

Direito de Resposta I

No último dia 2, este colunista informou sobre a Tomada de Preços 02/2018 da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), quando ficaram habilitadas para o processo, apenas a Construtora Celi, de propriedade de Luciano Barreto, e a GP Engenharia Ltda-EPP, do empresário Geraldo Magela, sobrinho de Luciano Barreto.

Direito de Resposta II

A Seinfra através da sua Comissão Permanente de Licitação esclarece que a afirmativa publicada não retrata a verdade dos fatos. Neste certame participaram apenas duas empresas: Construtora Celi e GP Engenharia Ltda. Não houve participação de outras empresas, mesmo tendo sido feito ampla divulgação nos veículos de comunicação específicos para tal fim.

Direito de Resposta III

Não existe vedação legal no fato de haver parentesco entre os empresários. A Comissão Permanente de Licitação da Seinfra se coloca à disposição deste colunista para apresentar todo o material referente à Tomada de Preços nº02/2018, bem como de qualquer outra que deseje ter conhecimento”, encerra a nota a Seinfra.


Não convence

A nota da Seinfra tem o respeito deste colunista, mas sinceramente não convence, porque em plena crise financeira que o País atravessa, é no mínimo estranho que apenas duas empresas tenham tido interesse em realizar as obras da ciclovia e o complemento da sinalização na interligação da Avenida Augusto Franco com a Avenida Gasoduto, entre o Orlando Dantas e o São Conrado. Mas, pelo visto, o MPE anda meio ocupado com outros assuntos…

Violência

A cada dia aparecem novos registros que assustam a sociedade sergipana: uma briga de escola, em Aracaju, terminou com um aluno esfaqueado; dois militares foram assaltados e tiveram suas armas levadas, também na capital; bandidos promovem tiroteio e se matam em “disputa de território” no bairro Santa Maria; e o mais inusitado: bandidos assaltam um ônibus na capital com uma picareta. A coisa saiu do controle…

Ribeiro x Reis I

Diante do desejo do PRP em comandar a Deso em Sergipe e da “resposta” do ex-deputado Sérgio Reis, elogiando a atual direção da Companhia, o deputado estadual Gustinho Ribeiro (PRP) deu a “tréplica” à coluna: “sobre o que disse (Sérgio) eu vejo muito mais com tom de desespero, do que como análise. As indicações do PRP são extremamente técnicas e honradas”.

Ribeiro x Reis II

Em seguida, Gustinho Ribeiro acrescentou dizendo que “e por falar em fazer campanha com a máquina pública é só acompanhar o que está sendo feito na Seplag e na ação de improbidade administrativa movida pelo MPE contra a família Reis por utilizar o Instituto de Identificação para fins eleitoreiros e pessoais”. Com a palavra Sérgio Reis…

E o nosso CIC?

Enquanto o Estado da Paraíba festeja o ano de 2017 com um crescimento de 15% no número de eventos (em relação ao ano anterior) realizados no Centro de Convenções da capital João Pessoa, em Aracaju as obras do nosso Centro de Convenções, fechado há alguns anos, pararam no tempo. Pelo visto só com a intervenção do deputado federal André Moura (PSC), viabilizando recursos junto ao governo federal, para que nosso Estado volte a ter um palco para grandes congressos.

Fartura” em Capela

Na administração da prefeita Silvany Sukita só não falta “festa boa” para o povo de Capela. Durante as comemorações da padroeira Nossa Senhora da Purificação, faltou água nas torneiras e material básico nos postos de saúde. Sem contar que, durante os shows artísticos a “pancadaria” rolou solta na festa. Faltou uma ação mais efetiva dos seguranças para garantir a tranquilidade dos foliões.

Alô FHS!

Os servidores da Fundação Hospitalar de Saúde ficaram em alerta após a entrevista do secretário Almeida Lima ao radialista Gilmar Cavalho: com a provável extinção da FHS em março de 2019, ficou a dúvida sobre a estabilidade no emprego dos concursados da Fundação, antes veementemente garantida pelo auxiliar de JB.

Apelo

Almeida Lima chegou a fazer um apelo desesperado, durante a entrevista, que quem conseguir construir uma teoria jurídica que ampare a estabilidade do emprego dos servidores da FHS que encaminhe para o governador Jackson Barreto avalizar. A partir de agora, diversos trabalhadores estão em desespero, temendo o pior. Já passou a hora de uma intervenção do MPF…

Caso do Motorista

Um dos assuntos mais comentados dessa terça-feira (6), no mundo político sergipano, foi a prisão do servidor Daniel Lourival de Azevedo, lotado no gabinete do deputado federal Valadares Filho (PSB), durante Operação da Polícia Civil, no combate ao tráfico de drogas.

Foi exonerado

Assim que tomou conhecimento do comportamento ilícito do servidor, Valadares Filho agiu rápido e determinou a exoneração imediata do servidor, deixando a cargo da justiça os procedimentos de investigação cabíveis para o caso. O parlamentar esclarece que tinha uma relação estritamente profissional com o servidor.

Valadares Filho

Sergipe inteiro conhece a postura e o comportamento ético do deputado Valadares Filho. Este colunista, inclusive, deixa o seu testemunho de que o parlamentar certamente não tinha conhecimento do que ocorria e não pactuava com o crime, tanto que respondeu com a rapidez necessária, exonerando o servidor.

Uso político

A classe política de Sergipe tem vários defeitos, mas sempre prevalesse o respeito entre as partes, independente de ser situação ou oposição. Há quem critique Valadares Filho por este ou aquele motivo, mas justiça seja feita, ele não pode ser responsabilizado por um suposto crime cometido por terceiros. Usar isso é forçar a barra para criar um factoide político.

Laranjeiras

O Ministério Público de Sergipe (MPE), através de uma Ação Civil Pública na Comarca de Laranjeiras, está requerendo do ex-prefeito Juca de Bala (José de Araújo Leite Neto) e de auxiliares da sua gestão a devolução aos cofres públicos de RS 6.873.446,00. A Fundação Evangélica Restaurar, que prestava serviços ao município, também foi condenada de forma solidária. A informação é que outras ações estão sendo ingressadas e o total do montante a ser devolvido passa dos R$ 28 milhões. É muita grana…

João Daniel I

No retorno aos trabalhos na Câmara dos Deputados, após recesso parlamentar, o deputado João Daniel (PT) afirmou que a pauta lançada na abertura do ano legislativo pelos presidentes das duas Casas não é a pauta de interesse do povo brasileiro. Ele ressaltou a importância da sociedade seguir mobilizada para tentar barrar essa votação.

João Daniel II

Nossa bancada e o nosso mandato não medirão esforços para combater e impedir a votação dessa reforma da Previdência, que atende, unicamente, aos interesses dos bancos e dos grandes capitalistas brasileiros e internacionais”, ressaltou o deputado.

Maria do Carmo I

Na retomada do ano legislativo no Congresso Nacional, a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) destacou que a pauta da segurança pública será prioridade nas discussões e na tomada de decisões na Câmara Federal e no Senado da República.

Maria do Carmo II

As duas Casas darão mais celeridade às matérias sobre o tema e trabalharão por um sistema unificado que possa combater o crime organizado e diminuir a violência que afeta a maior parte das cidades brasileiras”, afirmou. Para ela, essa é uma questão que deve fazer parte das agendas de todos os Parlamentos, sobretudo, nos Estados onde o índice de violência tem sido crescente, como é o caso de Sergipe.

Venâncio Fonseca I

O deputado estadual Venâncio Fonseca (PP) acompanhou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que veio a Sergipe, a convite do líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC), para anunciar o convênio entre a Prefeitura de Aracaju e o Governo Federal, que vai resultar em recursos da ordem de R$ 140 milhões para o Plano de Mobilidade Urbana da capital.

Venâncio Fonseca II

Para Venâncio, que acompanhou a comitiva que visitou obras em andamento nos bairros Coqueiral e 17 de Março, desenvolvidas pela Prefeitura de Aracaju, a participação de André Moura foi decisiva para a melhoria da qualidade de vida do povo da capital.

André Moura ajudou

Estamos falando de R$ 140 milhões em investimentos, em plena crise financeira. Enquanto os municípios amargam a falta de recursos, graças ao trabalho e ao empenho do líder do governo, deputado André Moura, o dinheiro está sendo viabilizado e muitas outras obras sairão do papel. Quem ganha com isso é o povo de Aracaju”, destacou o deputado.

Espírito público

Para Venâncio, André Moura dá um grande exemplo de espírito público, viabilizando recursos para o prefeito Edvaldo Nogueira. “Terminado o processo eleitoral, a classe política tem que se unir pelo desenvolvimento de Aracaju e de Sergipe. O deputado André Moura tem ajudado muito, abrindo portas em Brasília e trazendo um volume de recursos jamais visto”. Durante a visita do ministro, outros municípios foram assistidos, como Itabaiana ganhou mais R$ 7,5 milhões e Lagarto mais R$ 6 milhões para obras de infraestrutura.

Troca de elogios I

Quem também não para de elogiar André Moura é o prefeito Edvaldo Nogueira. “O deputado André foi quem estendeu a mão e foi fundamental na liberação dos recursos. Por isso, sou muito grato. Esta parceria vai nos permitir, até março, iniciar uma série de obras na cidade, que representarão um investimento de mais de R$ 250 milhões”.

Troca de elogios II

Os investimentos neste projeto são de quase R$ 4 milhões, somando os R$ 930 mil da primeira etapa, cujas obras se iniciaram no último dia 23, e a segunda fase, iniciada hoje, para a qual serão direcionados R$ 2,9 milhões, explicou André.

Adepol

Foi empossada a nova diretoria da Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe – Adepol/SE – para o triênio 2018/2020. O evento aconteceu no auditório da Caixa de Assistência dos Advogados da OAB/SE e reuniu delegados, juízes, procuradores, defensores públicos, além de familiares e amigos dos empossados.

Isaque Cangussu

Ao tomar posse, o novo presidente da Adepol, Isaque Cangussu, pontuou os principais objetivos de sua gestão. “Unir a categoria e lutar por condições isonômicas e dignas de trabalho para os profissionais de todo Estado. Esses serão os focos da nossa gestão, pois problemas como a falta de estrutura física adequada e a quantidade insuficiente de pessoal nas delegacias afligem não só a classe, mas toda sociedade”.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com