06/02/18 - 07:07:31

Greves a caminho

Diante das dificuldades anunciadas pelo governo para pagar em dia e integralmente a folha salarial, a Procuradoria Geral de Sergipe terá muito trabalho para tentar barrar na Justiça as greves que devem pipocar no serviço público. Os auditores fiscais já cruzaram os braços na semana passada. Os servidores da administração direta também pensam em decretar greve a qualquer momento. Categorias organizadas, os professores e trabalhadores da saúde não devem demorar muito para anunciar uma paralisação por tempo indeterminado. O governo tem tentado evitar esse efeito dominó, contudo esbarra na falta de recursos para pagar os salários em dia. Aliás, este é um problema que não sensibiliza mais os coitados dos servidores, pois o Executivo sempre os tratou a pão e água, mesmo quando tinha condições de tratá-los dignamente.

Perdeu o respeito

E a bandidagem não respeita mais nem os “home”. Melhor exemplo disso foi o arrombamento da Companhia de Polícia Fazendária, localizada na periferia de Aracaju. Os marginais levaram cinco computadores, um frigobar e uma geladeira. Também ontem, desconhecidos meteram bala num carro do Instituto de Criminalística da SSP. Cruzes!

Marcha lenta

Quem procurou, ontem à tarde, uma repartição pública estadual bateu com a cara na porta. É que, para diminuir as despesas, o governo de Sergipe reduziu o expediente para o período da manhã. As secretarias e estatais também estão funcionando com desfalque de pessoal, pois 30% dos comissionados foram exonerados. Misericórdia!

Bipolar

O transtorno bipolar, uma doença sem cura, mas com tratamento e controle, atinge 4% da população. O levantamento foi feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Segundo a Associação Brasileira de Transtorno Bipolar, em 60% dos casos a doença se manifesta antes dos 20 anos de idade. Na infância, os sintomas mais comuns são a distorção do humor e o avanço precoce da sexualidade.

Não passa

A reforma da Previdência não será aprovada este ano. Quem pensa assim é o deputado federal João Daniel (PT). Segundo ele, mesmo os parlamentares governistas se esquivarão de aprovar o projeto, temendo a reação popular neste ano eleitoral. Daniel revela que a intenção deste governo temerário é “simplesmente acabar com a Previdência pública”.  Cruz credo!

Tanque vazio

A Petrobras reajustou os preços da gasolina para as distribuidoras em 0,5% e do diesel em 0,6%. O aumento começou a valer nesta terça-feira. Esta foi a terceira correção neste mês. A que entrou em vigor no último sábado teve os mesmos percentuais, e a que passou a valer na sexta-feira, ficou em 0,8% para a gasolina. Crendeuspai!

Presente dos sonhos

Aniversariante desta terça-feira, o prefeito Paulo Hagenbeck (DEM) preferia como presente a garantia de continuar administrando Laranjeiras. É que a Justiça Eleitoral de Sergipe já cassou seu registro de candidatura e o diploma de prefeito, sob a acusação de que ele é ficha suja. Para continuar no cargo, Hagenbeck depende de apenas um recurso no TSE. Marminino!

Ficou pra depois

A privatização das empresas estaduais de saneamento, a exemplo da sergipana Deso, não sairá do papel agora em 2018. Segundo o jornal Valor Econômico, movimentos concretos de concessão, parceria público-privada (PPP) ou eventual privatização das estatais só deverão ocorrer a partir de 2019. Mesmo assim, terão que passar por um crivo político complicado, uma vez que a aprovação de cada projeto caberá às assembleias legislativas.

Socooooorro!

A violência segue assustando os sergipanos. Só no último final de semana, ocorreram 10 assassinatos em Sergipe. A criminalidade faz vítimas em todo o estado, porém sua ação é mais sangrenta na Grande Aracaju, onde matar virou uma rotina para a maioria dos bandidos. O governo precisa agir rapidamente para pôr um fim a quadro tão sinistro, até porque essa incapacidade só expõe a fragilidade da nossa política de segurança pública.

Tribunal político

Criado em 1969 para fiscalizar as ações do Executivo e do Legislativo, o Tribunal de Contas de Sergipe também funciona como biombo político. Ali, quase todos os conselheiros têm herdeiros com mandatos ou ocupando importantes cargos comissionados. Estranho nisso tudo é que ninguém fiscaliza essa estreita e suspeitíssima relação do TCE com a política partidária. Homem, vôte!

Indireta venenosa

E o pré-candidato a governador, Mendonça Prado (DEM), alerta para o uso eleitoreiro do dinheiro público. Segundo ele, é importante que Sergipe receba recursos federais. O mais interessante neste processo “é a população repudiar quem imagina que o dinheiro arrecadado do próprio povo compra sua consciência e faz esquecer os atos de bandidagem praticados em Brasília”. Aff, Maria!

Recorte de jornal

7

Publicado no aracajuano de Notícias, em 22 de abril de 1932.

Resumo dos Jornais