08/02/18 - 16:25:06

SAÚDE INTENSIFICA AÇÕES DE PREVENÇÃO NO PERÍODO CARNAVAL

Há poucos dias para o Carnaval, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) abre alas com uma programação de orientação e prevenção nas áreas da Vigilância em Saúde. A preocupação existe o ano todo, mas neste dias que antecedem a folia, os profissionais reforçam as atividades de conscientização da população, principalmente nos pontos onde acontecerá o Festival Brasileiro de Ritmos – Rasgadinho.

De acordo com a enfermeira e coordenadora de Vigilância Epidemiológica da SMS, Tânia Santos, serão desenvolvidas ações que visam a prevenção das infecções sexualmente transmissíveis (IST) e Aids. Entre as iniciativas, está a distribuição de mais de 50 mil insumos, entre preservativos femininos e masculinos, e gel lubrificante, além das orientações à população sobre as principais formas de prevenção e esclarecimentos das doenças.

“Mesmo com toda orientação em relação ao uso de preservativo, se por algum descuido a pessoa tiver uma relação sexual sem camisinha, ou estourá-la, deve procurar rapidamente, nossas unidades de saúde, para que seja feita a profilaxia pós-exposição, ou seja, será identificada como indivíduo possivelmente exposto ao vírus HIV, tendo o direito a uma medicação antirretroviral, que pode ou não surtir efeito. Assim, a principal prevenção sempre é usar camisinha”, ponderou a Tânia.

Ações de prevenção

A Prefeitura implementou desde o ano passado algumas ações específicas para o Carnaval. Entre elas, o trabalho de combate às doenças transmitidas por mosquitos. Segundo a diretora de Vigilância em Saúde da SMS, Taise Cavalcante, o plano de identificação do Aedes aegypti já está em andamento nas ruas onde acontecerá a festa, com aplicação de um inseticida em forma de fumacê para matar o mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

“A aplicação deste produto está ocorrendo durante toda esta semana, como forma de prevenção por causa da aglomeração de pessoas durante a festa. Esta ação visa reduzir o nível de infestação pelo vetor de uma forma emergencial. No entanto, é importante deixar claro que esse é um trabalho que precisa ter o apoio da população. Não adianta acabarmos com os focos na rua, se nos quintais das casas eles continuam existindo. É preciso um trabalho de todos”, alertou a diretora.

Ainda entre as ações da secretaria, está a intensificação das inspeções sanitárias no comércio formal de alimentos (bares, restaurantes, lanchonetes) localizados próximos ao evento. “Nossos fiscais farão as inspeções também no comércio informal de alimentos que estarão instalados nos polos de animação do Rasgadinho. Verificaremos se os ambulantes estão em dia, se têm certificado do curso “de boas práticas de alimentos”, se as barracas estão em condições de limpeza e outros itens, sempre orientando e esclarecendo todas as dúvidas”, garantiu a gerente de alimentos da SMS, Laila Garcia.

“O Carnaval concentra um grande número de pessoas em diversos pontos da cidade, representando uma chance de massificarmos informações sobre transmissão e prevenção de doenças, e de alertarmos sobre outros comportamentos que oferecem risco à Saúde, como o excesso de bebidas alcoólicas, e o consumo de alimentos na rua sem a higiene adequada”, complementou, Taise Cavalcante.

SMS