09/02/18 - 07:26:06

Caia na gandaia

O Brasil respira carnaval, festa que começa hoje e só deve terminar na madrugada da Quarta-Feira de Cinzas. Capitais como Rio de Janeiro, Salvador e Recife já vivem o clima carnavalesco há dias, porém Aracaju se fantasia mesmo pra valer a partir desta sexta. Blocos organizados e de lambe-sujos vão garantir a animação do período, naturalmente à base de muita ‘birita’ para aquecer os foliões. Portanto, a ordem é cair na gandaia, mas vale à pena ter alguns cuidados para não precisar se explicar em casa na Quarta-Feira de Cinzas. Desarme o espírito, não aceite provocações e evite dirigir após encher a caveira. No mais, é se esbaldar pra valer, porque ninguém é de ferro. Então, alô, alô pessoal do alô, cachaça não é água não, mas não se perca de mim, pois o índio quer apito e o arlequim está chorando pelo amor da colombina. Segundo o pierrô apaixonado, quando a estrela d’alva no céu desponta e as pastorinhas, pra consolo da lua, vão cantando na rua lindos versos de amor, é porque já é Carnaval cidade!

Fora da fuzarca

Animado folião, o governador Jackson Barreto (MDB) vai passar o Carnaval em casa, relaxando. Não era isso que ele queria, mas o seu médico recomendou descanso total no feriadão para se recuperar do estresse. JB diz que tem sofrido forte tensão por conta do atraso dos salários dos servidores e da não liberação do empréstimo de R$ 560 milhões para recuperar as rodovias sergipanas.

Faz de conta

O Tribunal de Contas de Sergipe é criticado até por seus integrantes. Ontem, o conselheiro Carlos Pina disse que o TCE não é um órgão transparente. Segundo ele, vereadores de São Domingos provaram que as informações sobre o município, relativas a 2016, ainda não estão no portal de contas do TCE. E olha que este mesmo Tribunal vive ameaçando punir as prefeituras que não forem transparentes em suas ações. Homem, vôte!

Não abre mão

E o PRB nacional não abre mão da candidatura de Heleno Silva ao Senado. Foi o que disse o presidente Marcos Pereira, na reunião do partido, ocorrida ontem, em Brasília. Resta saber se o político sergipano deixará de ser ficha suja e se a sua candidatura tem a simpatia da Igreja Universal do Reino de Deus, que sempre apoiou os projetos políticos do pastor Heleno. Aff, Maria!

Há vagas

A aproximação do julgamento, em Brasília, de 12 parlamentares sergipanos, ouriçou seus respectivos suplentes. Estes torcem para que o Tribunal Superior Eleitoral confirme as condenações promulgadas pela Justiça sergipana, visando substituí-los na Assembleia e na Câmara Federal. Alguns reservas mais afoitos até já encomendaram os ternos para a posse. Marminino!

Os fichas sujas

Tentam reverter no TSE a condição de ficha suja os seguintes parlamentares: Adelson Barreto (PR), João Daniel (PT),  Zezinho Guimarães (MDB), Venâncio Fonseca (PP), Gustinho Ribeiro (PR), Jeferson Andrade (PSD), Paulinho das Varzinhas (PTdoB), Augusto Bezerra (PHS) e Capitão Samuel (PSL). Também fichas sujas, o deputado federal André Moura (PSC) e os ex-deputados Heleno Silva (PRB) e Rogério Carvalho (PT) correm o sério risco de ficarem fora das eleições deste ano. Misericórdia!

À migué!

A situação de Sergipe é de petição de miséria. Falta dinheiro para pagar em dia a folha de pessoal, a Polícia perdeu a guerra para os criminosos e as estradas que cortam o estado se transformaram no paraíso para os contrabandistas. A vida dos muambeiros ficou ainda mais fácil depois da greve dos auditores fiscais, revoltados com o atraso dos salários e a falta de diálogo por parte do governo. Crendeuspai!

Troca de posto

Depois de muito suspense, o governador Jackson Barreto (MDB) já admite que renunciará em março visando disputar uma cadeira no Senado. Sai antes do prazo de desincompatibilização, abril, para garantir mais destaque ao vice e pré-candidato ao governo Belivaldo Chagas (MDB). JB quer ficar livre dos encargos oficiais para percorrer o estado fazendo o que mais gosta: política.

Desinteressado

Engana-se quem pensa que o deputado federal André Moura (PSC) tem conseguido recursos para as prefeituras sergipanas pensando em votos. Pelo menos é o que ele diz. André jura de pés juntos que não está preocupado com as eleições deste ano, mas em ajudar Sergipe, independente de ser aliado ou não do governador ou dos prefeitos. Ah, bom!

Abaixo o preconceito

“Violência de gênero no meio acadêmico: assédio sexual, prevenção e enfrentamento”. Este é o tema da audiência pública a ser promovida pelo Ministério Público Federal e a seccional sergipana da OAB. O evento vai acontecer às 8h do próximo dia 26, no auditório da Caixa de Assistência ao Advogado, em Aracaju. Participe!

Recorte de jornal

7

Publicado no jornal Aracajuano Folha da Manhã, em 31 de dezembro de 1938.

Resumo dos Jornais