14/02/18 - 05:57:03

Advogado é agredido por funcionário de empresa que faz limpeza no mercadão

O advogado Thieryson Santos, presidente da Associação dos Feirantes do Mercado Central, foi humilhado e agredido verbalmente ao entrar no Mercado Albano Franco, nesta terça-feira (13), para acompanhar o mutirão da limpeza no mercado, assim como fez em outras vezes.

Ao chegar ao mercado por volta das 14 horas, o advogado se identificou para a guarda municipal como sendo presidente da Associação e como sempre teve, ao se deslocar para o setor de carnes encontrou funcionários da empresa BTS fazendo a limpeza do local. Thieryson aproveitou para recomendar aos funcionários que quando fosse ligar a energia verificasse se os frízeres estavam ligados, afim de evitar prejuízos maiores para os feirantes para não estragar as carnes que por ventura estivesse armazenado.

O problema iniciou quando o advogado que também é feirante começou a percorrer todo espaço do mercado, sendo perseguido por dois funcionários da BTS, que presta serviço a Emsurb, afirmando que ele não tinha autorização para adentrar no espaço e que por isso iria retirá-lo a força do mercado.

Ao chegar na porta de saída, explicou o motivo de estar ali não somente como advogado, mas também como presidente da Associação dos Feirantes e disse  que estranhou a conduta dos dois já que tanto o advogado quanto os funcionários da BTS e a Emsurb, participaram ativamente do mutirão da limpeza, registrando o trabalho do qual o advogado é favorável.

Para sua surpresa e indignação, Thieryson Santos foi surpreendido pelo funcionário da BTS, identificado como Rancicley Portela, chefe de limpeza, colocando o dedo no rosto do advogado, na presença de guardas municipais e outros funcionários, em tom de ameaça e chamando de “moleque” por diversas vezes. A guarda municipal de imediato interferiu e pediu que o funcionário se afastasse do Advogado.

Após o incidente constrangedor, Thieryson Santos disse que reprovou a conduta desse funcionário que nada tem a ver com a segurança do mercado já que esta é realizada pela guarda municipal. “Isso não vai ficar assim, vou acionar a empresa na justiça por ter sido exposto daquela maneira por um funcionário despreparado na presença dos guardas e funcionários da Emsurb”, avisou o advogado.

Em seguida, Thieryson, ligou para Ubiraci, Diretor dos Espaços Públicos da Emsurb, narrando o acontecido.

Por telefone, a assessoria da BTS disse que “o diretor da empresa BTS, Fábio Andrade, informou que soube do acontecimento pela imprensa. Entretanto, disse que irá verificar os acontecimentos envolvendo funcionários da empresa nesta manhã. Os dois colaboradores envolvidos foram convocados a se apresentar na BTS, para dar explicações sobre a suposta agressão contra o advogado”.

Munir Darrage