17/02/18 - 08:56:11

Governador Jackson Barreto inaugura reforma do Centro de Turismo

Além dos frequentadores e turistas, os 29 lojistas serão beneficiados com os investimentos, que superam o R$ 1,5 milhão

O setor turístico em Sergipe recebe um grande reforço nesta sexta-feira, 16. Trata-se da inauguração da reforma do Centro de Turismo, localizado no Centro da Capital. O prédio, que data do século XX e que já abrigou a antiga Escola Normal, é tombado pelo patrimônio histórico e conserva traços da arquitetura neoclássica. A iniciativa do projeto de revitalização é do governo de Sergipe através da Secretaria de Estado do Turismo.

A reforma compreende o Centro de Comercialização, o Museu do Artesanato e o Centro de Informações Turísticas. No total, foram investidos R$ 1.537.826,50 originários do Prodetur. Além dos frequentadores e turistas, estão sendo beneficiados 29 lojistas e artesãos que há 40 anos mantém seus boxes no local.

Entre as intervenções realizadas estão a individualização elétrica de todos os boxes; a pintura e iluminação da fachada; a revitalização das cúpulas; a troca de vidros, esquadrias e luminárias; a reforma do palco e dos banheiros; a mudança da casa de gás; a revitalização dos assoalhos de madeira; a drenagem e esgotamento do espaço; a instalação de uma cobertura tensionada para o palco e o pátio central e a completa adequação para acessibilidade. Com a obra, o Centro de Turismo passa a ser um dos únicos prédios do Estado cem por cento acessível. A reforma permitiu, ainda, a reabertura do Museu de Artesanato, que permanecia fechado pelo fato de sua estrutura ter sido comprometida por infiltrações.

Ainda dentro do projeto do Prodetur e em parceira com a Secretaria de Estado da Cultura, o governo do Estado irá disponibilizar uma das laterais do prédio para intervenções artísticas em grafitti. Outra ação será a implantação de um cronograma que levará ao palco do Centro de Turismo atrações artísticas diversas, todas as sextas-feiras.

De acordo com o governador Jackson Barreto, a revitalização do Centro de Turismo reafirma o compromisso da gestão com o que há de mais tradicional na cultura sergipana. “Quando a gente inaugura a reforma desta casa, uma obra financiada pelo BID, estamos resgatando a memória da nossa cidade. O governo reformou o Cacique Chá. O governador Marcelo Déda reformou o Palácio Olímpio Campos. A Assembleia Legislativa teve seu prédio primitivo reformado. Agora, no entendimento com a termelétrica, vamos fazer a reforma do Arquivo na Praça Fausto Cardoso. Se nosso projeto do Finisa tiver o contrato assinado, vamos fazer a reforma da rodoviária Luís Garcia. A prefeitura de Aracaju fez a reconstrução histórica do prédio da antiga Alfândega. Construímos e inauguramos o Espaço Zé Peixe. Agora, estamos prestes a entregar o terminal pesqueiro. Tudo isso significa dizer toda uma preocupação com o Centro da nossa cidade, resgatando a história e fortalecendo os vínculos do Centro de Aracaju. Essa inauguração significa ficar em paz com a população e devolver a Aracaju um prédio bonito em sua estrutura arquitetônica, que fala da beleza de Aracaju no início do século XX”, afirmou.

O secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, salientou a importância do Centro de Turismo para os sergipanos. “Esta foi, indiscutivelmente, de todas as obras de reforma, a mais importante e completa, e que deu mais qualidade ao Centro de Turismo. Além da beleza arquitetônica preservada, temos a acessibilidade que traz inclusão social. Essa é apenas uma das obras do Prodetur que o governo de Jackson Barreto está entregando. Parabéns aos comerciantes que estão recebendo uma obra importante e ao turista, que vai chegar aqui e ser bem tratado e acolhido, com o carinho que só o povo sergipano tem”, disse.

A comerciante Gilda Gomes dos Santos, de 65 anos, trabalha no Centro de Turismo há 40 anos. Para ela, a reforma foi mais do que bem-vinda. “Para a gente está sendo maravilhoso, porque estava realmente precisando. Quando chovia molhava tudo, a gente não aguentava mais. Agora está ótimo, tudo bonito. A gente espera que depois dessa reforma dê uma melhorada no movimento, porque aqui é um centro muito bonito, com rendas selecionadas. A gente só tem mais é que agradecer”, comentou.

A solenidade de inauguração contou com a entrega de placas em homenagem a artistas com relevantes contribuições para a cultura do Estado. Foram homenageados os artesãos Lânia Duarte, Judite santeira, Zeus e Caã. O governador foi presenteado com uma peça de artesanato de Nossa Senhora das Dores, entregue pela síndica do Centro de Turismo, Maria José. O evento foi encerrado com a participação da banda Forró Balança Eu, que inaugurou as apresentações no palco revitalizado.

História

O prédio em que hoje se situa o Centro de Turismo foi inaugurado em 15 de agosto de 1911, no mandato de José Rodrigues da Costa Dórea como presidente da Província. O local abrigou a antiga Escola Normal, ficando ocioso quando da transferência da instituição para o Instituto de Educação Rui Barbosa.

Em 1966, o prédio começou a funcionar como Faculdade de Odontologia. Dez anos depois, a edificação foi passada à responsabilidade do governo do Estado, já que até então era de domínio do governo Federal. No ano seguinte, após a reforma das salas de aula para adequação dos boxes, o local tornou-se um centro de artesanato. Em 6 de janeiro de 1984, o prédio foi tombado como patrimônio histórico.

Prodetur

O Programa de Desenvolvimento do Turismo é uma linha de crédito entre o governo do Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de U$ 100 milhões (mais de R$ 300 milhões) para o desenvolvimento do turismo em Sergipe, no âmbito do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur Nacional). Caberá ao BID o financiamento de U$ 60 milhões e o restante, U$ 40 milhões, será de contrapartida estadual.

O Prodetur tem como objetivo contribuir para o fortalecimento da política nacional de turismo e consolidar a gestão turística cooperativa e descentralizada, oportunizando um modelo de desenvolvimento turístico a partir do qual os investimentos dos governos estaduais e municipais respondam tanto às especificidades locais, quanto a uma visão integral do turismo no Brasil.

O secretário Fábio Henrique elencou algumas das iniciativas que estão sendo articuladas pelo governo de Sergipe dentro do Prodetur com vistas ao incremento do setor turístico. “No Crasto, já está pronta uma obra de R$ 6 milhões. Toda a obra de rede de esgoto de lá será inaugurada em breve, em um dos lugares mais bonitos do estado. Está sendo licitada a orla do Pontal em Indiaroba e Curralinho, em Poço Redondo. A obra do litoral sul de Aracaju, na Sarney, está com audiência pública marcada. A reforma da Orla Pôr-do-sol já está em processo de licitação, e em breve estaremos dando ordem de serviço para recupera-la completamente. Em Itaporanga D’Ajuda, as obras da orla e dos atracadouros de Mem de Sá e Caibrós já estão em processo licitatório. O banco já nos autorizou licitar a obra do catamarã da cidade de São Cristóvão também”, ressaltou.

ASN

Foto André Moreira