17/02/18 - 06:56:57

Prefeitura avalia roteiro náutico para promoção do turismo de experiência

Aracaju é uma capital com a singularidade de quatro rios (do Sal, Sergipe, Poxim, e Vaza-Barris) atravessando, de Norte a Sul a cidade, adornados por manguezais e revoadas de garças sobre a vegetação. Com esse cenário, na tarde desta sexta-feira, 16, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict) e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), participou de uma visita técnica para avaliação de um roteiro náutico compreendendo o leito do Rio Poxim e a Maré do Apicum, na Coroa do Meio. A atividade foi organizada pelo diretor do programa Aracaju Inteligente, Humana e Criativa (AIHC) da Semict, Ricardo Mascarello, em parceria com o instrutor de canoagem, Marcos Sérgio Reis. Participaram também, a coordenadora de Educação Ambiental da Sema, Raphaella Ribeiro, e as assessoras de turismo da Semict, Viviane Castro e Kate Salomão.

O objetivo do passeio foi avaliar roteiros para a prática de esportes e passeios turísticos com canoa havaiana, para sete pessoas; botes do tipo flexboat, para 45 pessoas; e “arranjo” com pescadores locais para possíveis passeios em embarcações pequenas. “Iremos avaliar três roteiros: um no canal da maré do Apicum, junto ao Museu do Mangue; outro pelo rio Poxim, com parada no parque do Inácio Barbosa, e outro mais extenso, até os mercados do centro”, explicou Ricardo Mascarello, no momento do embarque, acrescentando que esses roteiros “também integrarão o futuro projeto de revitalização do Museu do Mangue”, coordenado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema).

Marcos Sérgio Reis pratica canoagem há mais de 20 anos e considerou o roteiro bastante adequado para a prática do esporte, alinhado ao turismo, e vê boas perspectivas para futuras parcerias para “tornar a canoagem um hábito cotidiano e também atrair competições nacionais para o município de Aracaju”.

Para Viviane Castro, o roteiro tem forte potencial para a promoção do turismo de experiência e para a formação de novos roteiros. “Passamos por locais muito interessantes para serem incorporados como novos roteiros turísticos; além disso, será uma excelente oportunidade para a inclusão de pescadores e da comunidade local no turismo, proporcionando ao visitante conhecer não só o meio ambiente, mas igualmente a cultura de Aracaju, através das experiências encantadoras e significativas que poderão ser promovidas aos nossos visitantes”, registrou a assessora da Semict.

O passeio teve duração de duas horas, percorrendo o canal da Maré do Apicum, junto ao Museu do Mangue, até as imediações da intersecção da avenida Heráclito Rollemberg, com Beira Mar, seguindo para o pier da Associação de Pescadores da Coroa do Meio. “Foi um momento muito oportuno para se perceber as expressivas potencialidades que irmanam o turismo de experiência, o esporte e lazer e tudo isso atrelado à pegada ecológica de conservação ambiental dos nossos rios e manguezais”, finalizou Mascarello.