21/02/18 - 05:00:13

Sergipe precisa de um governador com a visão empreendedora de João Alves!

Estamos dentro do ano eleitoral e em outubro os sergipanos vão escolher o futuro governador que irá comandar o Estado a partir de janeiro de 2019, que irá suceder Jackson Barreto (MDB). Enquanto a situação já tem como definido o nome do vice-governador Belivaldo Chagas (MDB) como alternativa, a oposição ainda tem uma série de nomes que podem ser pré-candidatos: Eduardo Amorim (PSDB), André Moura (PSC), Valadares (PSB), Valadares Filho (PSB), Emerson Ferreira (REDE), Mendonça Prado (DEM) e Márcio Souza (PSOL).

No entendimento deste colunista, é inegável a crise financeira que atravessa o governo de Sergipe, algo que tem consequências diretas do ponto de vista administrativo. Quando os recursos são escassos é preciso muita criatividade para o pagamento dos salários e também para a manutenção da estrutura e para a promoção de obras, além de outros investimentos. Hoje o governo de JB não tem sido eficiente no planejamento de suas receitas e, pelo visto, o Executivo ainda gasta muito mais do que arrecada e a “conta” não fecha nunca!

É preciso que o próximo governador tenha uma visão empreendedora como foram gestores, como Augusto Franco e João Alves Filho (DEM), que ficaram marcados junto ao eleitorado como verdadeiros “tocadores de obras” em todo Estado. É evidente que os críticos vão dizer que ambos governaram Sergipe em outro momento político, administrativo e financeiro. Mas a lembrança que ficará para a história é tanto Augusto Franco quanto João Alves promoveram obras importantes que contribuíram para o desenvolvimento do Estado.

E aqui, por exemplo, não se trata de avaliar a última gestão do democrata a frente da Prefeitura de Aracaju, mas, em especial, o início de sua trajetória política quando deixou sua marca em todos os municípios sergipanos. João Alves nunca foi um grande articulador político e muito menos um bom orador, mas até enquanto tinha “lucidez administrativa” destacou-se por ser um visionário, um governante diferenciado, que não se preocupava apenas em pagar a folha dos servidores, em tapar buracos ou se dedicar a fazer reparos e pintar calçadas.

Tanto ele quanto Augusto Franco tinham uma preocupação não apenas com o momento, mas com o futuro, com as próximas gerações, levando água potável para as residências, erradicando casas de taipa, construindo e ampliando escolas, abrindo conjuntos habitacionais, projetando pontes e grandes avenidas. Em outubro, os sergipanos vão escolher seu futuro governador. Que este tenha suas qualidades, seus projetos, mas que não se limite a politicagem, a fazer o óbvio, a cumprir com a obrigação. Sergipe parou no tempo, a população “acomodou” a classe política. É preciso focar na retomada do crescimento. É preciso ter visão empreendedora…

Veja essa!

O governador Jackson Barreto, visivelmente irritado com os críticos à sua gestão, sugeriu que a deputada estadual Maria Mendonça (PP) “troque de oftalmologista” e que o ex-deputado federal José Carlos Machado (PSDB) “procure um geriatra ou um psiquiatra”.

E essa!

JB rebateu o artigo “É preciso reinventar o governo”, tentando desmentir Machado com dados do início da década anterior e discordado da comparação que o tucano fez com a política de governo empreendida pela gestão estadual em Alagoas. Maria Mendonça vem cobrando ações do Executivo no Agreste.

 É preciso sim!

Procurado por este colunista, Machado não quis polemizar com o governador, mas insiste que “eu esperava outra reação de Jackson Barreto, até porque minha intenção sempre foi de contribuir, até pelo espírito público. Com todo respeito ao governador, eu continuo achando que é preciso sim reinventar o governo”.

 Ana Lúcia

Quem andou “soltando o verbo” logo cedo com JB foi a deputada estadual Ana Lúcia (PT). Em entrevista ao radialista Gilmar Carvalho, na Mix FM, a petista disse que o governador “não é gestor” e que sua gestão “não tem um direcionamento”, que “em cada secretaria é um administrador diferente do outro”.

Na bronca

Na mesma entrevista, Ana Lúcia responsabilizou Jackson Barreto pela desestruturação da carreira do professor no Estado e deixou claro que é contra uma aliança política com o MDB do governador, de Belivaldo Chagas e de Michel Temer.

Mendonça Prado I

Entrevistado pelo radialista George Magalhães, na Fan FM, o pré-candidato a governador Mendonça Prado cobrou dos amigos de João Alves Filho que defendam sua trajetória administrativa e história política. O democrata condenou a aproximação do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB) do deputado federal André Moura (PSC).

Mendonça Prado II

“Buscar recursos para Aracaju é uma coisas, agora fazer discurso tratando André Moura como Deus é outra coisa! Edvaldo ganhou a eleição ontem, criticando o deputado duramente. Hoje ele não vai às atividades do PT e diz que André é a autoridade política dos sonhos da vida dele. É uma decepção”, desabafou Mendonça.

Mendonça Prado III

Por fim, Mendonça disse que Edvaldo Nogueira já havia lhe decepcionado um pouco antes e que agora a coisa é ainda maior. “Minha decepção com Edvaldo aumentou consideravelmente! Repito que buscar recursos para a cidade é uma coisa, mas esse comprometimento político para dar votos no futuro a uma pessoa é incompatível com o discurso que foi feito na campanha”.

André Moura I

Falando no líder do governo no Congresso Nacional, André Moura criticou a insegurança que assusta os sergipanos. “Pelo segundo ano consecutivo, dados oficiais mostram Sergipe como o Estado mais violento do Brasil, e Aracaju entre as capitais mais inseguras”.

 André Moura II

“Assaltos, homicídios e estupros revelam uma rotina de medo. É preciso dar um basta a falta de segurança que atormenta a todos nós. Sergipe exige uma gestão comprometida com a defesa do cidadão e disposta a oferecer a segurança que o cidadão necessita”, completou o deputado.

Capela I

A Comissão dos Estudantes Técnicos e Universitários de Capela se reuniu com a prefeita Silvany Sukita, na manhã dessa terça-feira (20), na Câmara do Município, sobre a polêmica cobrança do transporte dos alunos que estudam ou fazem estágio em Aracaju.

Capela II

A prefeita suspendeu o transporte escolar em janeiro e, na reunião dessa terça-feira, reafirmou a proposta da criação de uma Associação, onde o município vai arcar apenas com 50% dos gastos e os alunos que aceitarem terão que arcar com o restante. Cada estudante terá que pagar R$ 80 por mês pelo serviço.

E pode?

A informação para viabilizar o serviço para os alunos que aceitaram a proposta é que a Prefeitura vai formalizar um convênio com uma Associação que já existe no povoado Miranda, que já vai receber recursos do município em Abril pelo transporte dos estudantes em 10 ônibus.

 Exclusiva!

Ao todo são cerca de 400 estudantes, entre universitários e técnicos, que precisam do transporte para Aracaju. Mais de 100 deles já assinaram um abaixo-assinado alegando que não têm condições de pagar pelo serviço e vão encaminhar a denúncia nesta quarta-feira (21) no Ministério Público.

Sem dinheiro?

A prefeita Silvany Sukita alegou para os alunos que a Prefeitura de Capela não tem dinheiro para arcar com o transporte escolar para Aracaju, mas nesse mês de fevereiro realizou a festa da Padroeira com atrações nacionais como Márcia Fellipe, Gabriel Diniz, Samyra Show e Jonas Esticado.

Alô MPE!

Este colunista chama a atenção do Ministério Público Estadual para a Prefeitura de Capela que está realizando festas, contratando palcos e serviços de som, além de atrações nacionais, e não faz o “dever de casa” garantindo o transporte gratuito para os alunos.

Alô TCE!

A coluna chama atenção também do Tribunal de Contas do Estado porque, apesar de cobrar pelo transporte dos estudantes, já se comenta pela cidade, que o tradicional São Pedro de Capela, no ano eleitoral de 2018, terá atrações como Bell Marques, Mano Walter, Aviões do Forró e Gustavo Lima.

 Sônia Meire I

Conhecida por ter disputado o governo do Estado, a professora Sônia Meire (PSOL) é pré-candidata ao Senado Federal em 2018. Seu nome foi apresentado em mais um debate com a militância do partido em Estância. Ela defende a unidade da esquerda.

Sônia Meire II

“Apresentei meu nome para o governo a pedido da militância após o bom resultado das ultimas eleições. Mas não ha unidade interna. Por outro lado não posso abandonar os companheiros e companheiras que confiam em nosso nome. Sergipe precisa de representantes da classe trabalhadora. Vamos disputar o senado pra valer!”. Ainda de acordo com Sônia a partir de março será intensificada uma agenda de debates públicos e mobilização na capital e no interior.

 Valadares Filho

O deputado federal Valadares Filho (PSB) recebeu prefeitos e prefeitas de praticamente todas as regiões de Sergipe nessa terça-feira. Todos em busca de melhores condições de vida para sua gente. “No nosso gabinete encontraram um parceiro fiel na busca por recurso para conseguir esse objetivo. Sem olhar a cor do partido buscamos contribuir da melhor maneira possível com o desenvolvimento do nosso estado”.

Bomba!

Apesar de serem apenas rumores, já se especula a primeira grande mudança com a saída de Jackson Barreto do comando do Estado: Belivaldo Chagas vai por um fim no desgaste com Almeida Lima e, segundo se comenta, a Família Reis trabalha para assumir o comando da Secretaria de Estado da Saúde.

Agenda positiva I

Com o cancelamento da reforma da Previdência, o Governo Federal inaugura uma agenda positiva para ser votada ainda neste primeiro semestre no Congresso Nacional. O deputado federal André Moura iniciou a semana liderando o processo de apresentação dessa pauta, constituída de três vertentes: segurança, saúde e geração de emprego e renda. De acordo com o parlamentar, as medidas vão dar novo rumo ao País.

Agenda positiva II

“O povo exige firmeza no combate à violência. A intervenção no Rio de Janeiro é o início dessa presença maciça do Governo Federal na luta contra o tráfico de armas e drogas. Segundo pesquisas, a segurança pública está entre as prioridades para a maioria dos brasileiros. Ou seja, faz-se urgente devolver à população a paz social e a ordem”, explicou André Moura durante reunião dos conselhos da República e da Defesa Nacional, realizada no Palácio da Alvorada na manhã de ontem.

Investimentos

André apresentou uma série de medidas para garantir eficiência e qualificar os serviços públicos de saúde, e ampliar os investimentos em infraestrutura nos municípios. “As ações não se restringem à segurança. Também vão focar na qualidade de vida das pessoas e na oferta de mais emprego e mais oportunidades para aumentar a renda das famílias, sem majoração de impostos”, resumiu.

Vai ao Congresso

Para o deputado do PSC, essas novas medidas, que passarão ainda pelo crivo de deputados federais e senadores, vão criar um círculo virtuoso no médio prazo. “São ações que visam ao desenvolvimento sustentável e ao combate ao desemprego e à pobreza. Serão incentivados os empreendimentos para gerar mais postos de trabalho e os que melhoram a renda. Enfim, a pauta a partir de agora é o desenvolvimento do Brasil”, concluiu André, responsável por liderar as votações no Congresso Nacional.

Luciano Bispo

O deputado Estadual  e presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano Bispo, do MDB, recebeu em seu gabinete, o capitão Aviador,  Diego Almeida Teixeira de Souza, da Força Aérea Brasileira (Aeronáutica), que propôs ao presidente a recepção no Estado de Sergipe da Esquadrilha da Fumaça – um grupo de pilotos e mecânicos da Força Aérea Brasileira que fazem demonstrações de acrobacias aéreas pelo Brasil e pelo mundo.

Data indefinida

De acordo com capitão Diego Teixeira, a data da apresentação  ainda não está acertada, mas haverá um circuito da Esquadrilha da Fumaça pelo Brasil, e ele cogita a possibilidade de o Estado receber a apresentação do grupo de pilotos na capital sergipana. “O feito visa estreitar os laços da Aeronáutica e o Estado de Sergipe, já tivemos nessa casa no ano passado e realizamos uma apresentação das ações das Forças Aéreas no espaço aéreo  Estado sergipano, bem como as ações sociais que realizamos nas escolas. Esse ano a proposta é trazer a Esquadrilha da Fumaça”.

Matos I

O deputado Moritos Matos, durante aparte na fala de Georgeo Passos na Alese, afirmou que Sergipe é o menor Estado e tem se destacado negativamente quando o assunto é segurança pública. “Sergipe deveria ser um celeiro de políticas públicas sobre segurança para o Brasil’, afirma Moritos Matos.

Matos II

Ele acrescenta que em relação a questão da violência falharam as três grandes instituições. “Estado, Igreja e Família. O que estamos vivendo é o descontrole dessas três instituições, porque se não cuidar dos nossos jovens, das nossas crianças, no futuro eles acabam entrando na marginalidade”.

Gilmar Carvalho I

O deputado estadual Gilmar Carvalho protocolou o requerimento de convocação do sargento Robertson Silva e do coronel Bené Gravatá. O objetivo é esclarecer denúncias de fraude na utilização de combustíveis por parte da Polícia Militar. O parlamentar aproveitou ainda o seu discurso no pequeno expediente da reunião plenária para fazer duras críticas ao Governo por sua atuação no caso.

Gilmar Carvalho II

De acordo com Gilmar, a falta de atuação do Governo para resolver a situação e coibir praticas ilícitas é uma prova de que o “governador não governa”. “O governador Jackson Barreto está a frente do executivo, os fatos acontecem e ele simplesmente ignora como se não fosse com ele, como se não fosse com o governo”, criticou o deputado.

Adriano Cabral

O jovem empreendedor Adriano Cabral está decidido a disputar um mandato eletivo em 2018. É pré-candidato a deputado federal e revela-se amadurecido após algumas experiências na política. “As pessoas me acompanharam pela imprensa e viram a forma como exerci cargos públicos, com zelo, transparência e posição firme. Acreditando na mudança e no estímulo da juventude para a política, vamos em frente neste desafio este ano”.

Refis

A Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa definiu nessa terça-feira, em reunião na Câmara dos Deputados, a estratégia para a derrubada do veto ao Refis dos pequenos negócios. Deputados e senadores da Frente vão procurar os presidentes do Senado e da Câmara para que seja definido um calendário enxuto para a votação do veto feito pelo Governo no início do ano.

Laércio Oliveira

O Presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, lidera a articulação com as entidades e a Frente Parlamentar para que o veto seja derrubado o mais rapidamente possível. “Os pequenos não podem mais esperar pelo Refis, até porque as grandes já tiveram seu refinanciamento”, disse. “As micro e pequenas empresas são as que mais geram empregos e as que mais estão sofrendo com a crise”, completou o deputado federal Laércio Oliveira.

TCE I

O conselheiro Ulices Andrade, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), recebeu o diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese), Hamilton Santana, acompanhado dos diretores financeiro e técnico, Said Shoucair e Jean Ferreira, respectivamente, além do procurador do Estado, Arthur Borba.

TCE II

Na oportunidade foram tratados temas de interesse do Estado, com destaque para a iminente assinatura de convênios de implantação de aterros sanitários em Sergipe, prevista para ocorrer no próximo dia 12 de março. O presidente do TCE manifestou seu apoio à medida e pôs o auditório do Tribunal à disposição para receber a respectiva solenidade.

Hamilton Santana

De acordo com ele, a Agrese vai coordenar essa manifestação de interesses para que sejam erradicados os lixões no Estado. Outro ponto discutido foi a duplicação da BR 235, a partir da avenida Osvaldo Aranha (saída de Aracaju), até o acesso ao povoado Terra Dura, em Ribeirópolis, passando por Itabaiana. Segundo Hamilton, a Agrese deverá abrir um novo chamamento público para as empresas interessadas na concessão da obra.

Auditoria

A Auditoria executada atualmente pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) nas redes de Saúde do Estado e do município de Aracaju, de acordo com o auditor de Controle Externo Ismar Viana, consiste em procedimento de rotina, coordenado pela 3ª Coordenadoria de Controle e Inspeção (CCI), por iniciativa da própria equipe técnica da Corte.

Ismar Viana

“Quando tratamos de auditoria ordinária – como neste caso específico -, não é necessária a provocação do relator; diferentemente das auditorias especiais”, explica Ismar Viana, atualmente coordenador da Escola de Contas do TCE/SE, que tem como missão pedagógica preparar os integrantes da Corte e os jurisdicionados para o bom e regular desempenho das atividades de controle externo da Administração Pública​.

 Amparada na lei

Ainda segundo ele, a ação fiscalizatória está amparada na Lei Orgânica do Tribunal, no Regimento Interno da Casa e na Resolução TC nº 172, de 14 de setembro de 1995, que “Estabelece normas sobre inspeções e auditorias contábeis, financeiras, orçamentárias, operacionais e patrimoniais, nos órgãos e entidades da administração pública estadual e municipal”.

Laranjeiras I

Contratado pela Secretaria Municipal de Saúde, o médico cirurgião Dr. José Aparecido Batista, já está à disposição da comunidade de Laranjeiras na UBS Muniz Barreto, no centro da cidade. O prefeito de Laranjeiras, Paulo Hagenbeck (DEM), o “Paulão das Varzinhas”, atendeu ao clamor das pessoas que ficam meses aguardando uma pequena intervenção cirúrgica.

Laranjeiras II

A secretária de Saúde, Cristina Hagenbeck, reforça que o prefeito Paulão das Varzinhas e a vice-prefeita Suely Alves (DEM), a “Suely da Escolinha”, foram sensíveis pela contratação do médico e provam que estão gerindo a prefeitura em sintonia com a população.

Cristina Hagenbeck I

“A meta da administração é reduzir a fila de cirurgias simples que precisam ser demandadas”, explicou Cristina Hagenbeck, também preocupada com as pessoas que esperam meses para conseguirem realizar um simples procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Cristina Hagenbeck II

Segundo a secretária, o médico cirurgião vai ajudar a administração e, em especial, vai amenizar o sofrimento das pessoas. “Dr. José Aparecido Batista é um grande profissional em sua área e nós estamos otimistas que vamos minimizar esses problemas com sua atuação mais efetiva agora em Laranjeiras”.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com