22/02/18 - 09:44:34

Curso de Vendedor em Shopping expande potencialidades de candidatos ao mercado

É notório que mercado de trabalho está a cada dia mais exigente. Tentar se moldar às especificidades de cada área profissional é um desafio, principalmente para os que estão iniciando a jornada em busca de emprego. Foi pensando em oferecer um suporte maior aos candidatos a uma vaga, em um dos ramos mais procurados do comércio, que a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), percebendo ainda a necessidade do mercado, deu início a turmas do curso de Vendedor em Shopping, curso este que já está gerando resultados.

Inicialmente, foram abertas 30 vagas para o curso, o suficiente para preencher uma turma. No entanto, a procura foi tanta que as equipes da Fundat decidiram abrir mais duas turmas para atender à demanda. Por meio de uma parceria com o Sistema Confederação Nacional da Indústria (Senai), que ofereceu toda a estrutura e material, as três primeiras turmas do curso foram concluídas com êxito.

De acordo com a diretora de Empreendedorismo e Operativismo da Fundat, Rosana Amaral, o curso foi preparado mediante estudo prévio. “Vínhamos estreitando os laços com os shoppings da cidade e, quando começou a ampliação de um deles e outro teve a construção iniciada, percebemos a necessidade de oferecer cursos profissionalizantes para essa área, especificamente”, ressaltou Rosana.

Outro fator determinante para a oferta do curso foi a exigência do próprio mercado. “Os lojistas relatavam que, no final do ano, quando há uma maior oferta de trabalho temporário, muitos dos empregados não tinham qualificação ou perfil para continuar e, passado o período de maior movimento de fim de ano, eles eram dispensados. Isso nos chamou a atenção e percebemos a importância de ofertar um curso que, de fato, preparasse os candidatos para o que eles veriam na prática”, contou a diretora.

Mesmo que não houvesse critérios específicos na inscrição do curso, as equipes da Fundat fizeram uma espécie de triagem dos interessados. “Muita gente queria fazer o curso, mas a realidade é que muitas delas não tinham noção de como é trabalhar em shopping, por isso, fizemos uma análise de cada perfil para verificar quem, de fato, se encaixaria na dinâmica que essa área de atuação exige. Somente após a avaliação, os selecionados iniciaram o curso”, explicou Rosana.

Conquista da vaga

Em tempos em que a crise tem modificado o cenário do mercado de trabalho, ter uma profissionalização é fundamental, mas, também, é um dos passos para conseguir ter o tão desejado emprego diante de uma concorrência crescente.

O caminho para o emprego não foi muito longo para Caroline Andrade, de 22 anos, mas nem por isso deixou de ter mérito. Depois que concluiu o ensino médio, ela ficou um longo tempo se dedicando a cuidar da filha, que hoje tem 5 anos. Entretanto, ela tinha necessidade de ingressar no mercado e viu no curso de Vendedor em Shopping uma oportunidade de atingir seus objetivos. “Terminei o curso em novembro e, em dezembro, a Fundat me ligou dizendo que tinha uma vaga de emprego. Quando estava fazendo o curso, tinha uma base de como funcionavam as coisas, mas quando comecei a trabalhar percebi o quanto o curso, de fato, foi importante. Além de todas as técnicas, perdi a minha timidez ao lidar com o cliente, me senti mais segura em desempenhar o meu trabalho e agora desejo crescer dentro da empresa e fazer outros cursos porque conhecimento é algo que ninguém tira da gente”, afirmou. Hoje, Caroline trabalha numa loja do ramo de móveis e decoração.

Colega de turma de Caroline, Cristiano dos Santos, de 28 anos, começou a trabalhar na mesma loja que ela um pouco antes e, apesar de já ter tido experiência como vendedor em shopping, segundo ele, o curso o ajudou a desenvolver habilidades que ele ainda não havia percebido que tinha. “É lógico que experiência conta muito, mas quando fazemos um curso, temos acesso a técnicas que não teríamos condições de aprender logo de cara no emprego. Sem contar que no desenrolar do curso, somos trabalhados para perceber nossas potencialidades e usá-las a nosso favor no ambiente de trabalho e, no nosso caso, no lidar com os clientes, entender as necessidades deles. Fiz o curso e recomendo que outras pessoas façam porque vai fazer diferença no mercado”, considerou.

Devido à grande procura no ano passado, a Fundat já trabalha para abrir novas turmas para o curso de Vendedor em Shopping no ano de 2018.

Foto Sérgio

Por Tirzah Braga