25/02/18 - 06:14:38

JACKSON PARTICIPA DO FÓRUM SICREDI ARACAJU 20 ANOS

Na oportunidade, também foi promovido o lançamento do livro: Memoráveis Sergipanos de ontem, hoje e sempre, organizado pelo mediador do debate, Marcelo Ribeiro, que reúne perfis biográficos de sergipanos, que a SICREDI publicou ao longo dos anos

O governador Jackson Barreto participou, do Fórum Sicredi Aracaju 20 anos: Desenvolvimento em Pauta. O Fórum celebra os 20 anos da instituição em Sergipe, e tem por objetivo discutir os caminhos do desenvolvimento sociocultural econômico e político do estado. Na oportunidade, também foi promovido o lançamento do livro: “Memoráveis Sergipanos de ontem, hoje e sempre”, organizado pelo mediador do debate, Marcelo Ribeiro, que reúne perfis biográficos de sergipanos, que a Sicredi publicou ao longo dos anos. O evento contou com a participação de políticos, intelectuais, além de representantes de diversas categorias da sociedade sergipana.

Para o governador Jackson Barreto, o Sincredi promoveu o resgate da memória e da cultura de Sergipe. “É uma noite importante e fundamental para a cultura sergipana. Aqui, acontece o debate sobre a memória de Sergipe e da nossa cultura. Além disso, este evento traz o lançamento de um livro que envolve não só apenas a cultura, como também, a medicina, as artes, o comércio. Eu acho que este livro é fundamental porque traz personalidades, a exemplo do ex-governador Marcelo Déda, e tantos outros que fizerem a história do Estado. Portanto, representa o resgate da memória e dos homens que fizeram e fazem a vida de Sergipe com muito valor”, enalteceu.

Segundo o diretor-presidente do Sicresi, Jorge Viana da Silva, o Fórum é formado por três painéis com o intuito de discutir o desenvolvimento cultural e social do estado de Sergipe. “Nós iremos realizar ao longo do ano, mais dois painéis, no qual serão abordadas questões políticas e econômicas do Estado de Sergipe. Estamos tentando apresentar propostas do futuro do Estado. A vocação do estado, as reformas que o governo precisa aplicar. A gente quer é contribuir com a sociedade sergipana, convocando uma discussão desenvolvimentista. Na verdade, estamos fazendo uma provocação para que a sociedade sergipana se envolva e possa discutir essas questões”, explicou.

Os trabalhos foram abertos com apresentação do painel Preservação da Cultura e Memória: o Valor do Imensurável. O superintendente executivo da Secretaria de Estado da Cultura, Irineu Fontes; o jornalista Jackson da Silva Lima; o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, e  o jornalista Pascoal Maynard foram os debatedores.  O mediador foi o médico e escritor Marcelo da Silva Ribeiro.

Irineu Fontes abordou o valor imensurável da Cultura. Segundo ele, é preciso procurar novas formas de tentar melhorar a gestão da cultura, levando sempre em consideração as caracteristicas de cada localidade. “Hoje é provado que a cultura é um valor que não tem uma moeda, mas que se torna mais importante que do o próprio material. Portanto, o seu valor é inestimável”, disse.

Para o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, é fundamental o chamamento para discussão de projetos e questões essenciais ao desenvolvimento humano. “O Sicredi está de parabéns. Discutir a política, o progresso e o desenvolvimento são fundamentais para que possamos apontar para o futuro. Além disso, o lançamento deste livro, que traz biografias de pessoas que marcaram a história de Sergipe, na cultura, política, educação é essencial. Isto colabora de forma efetiva para que a gente possa conhecer o nosso passado e mergulhemos na nossa cultura. Com isso, nos dá a base suficiente para cuidar do futuro”, destacou.

Livro

O livro Memoráveis Sergipanos de ontem, hoje e sempre, foi organizado pelo mediador do debate, Marcelo Ribeiro, e  reúne em um volume perfis biográficos de sergipanos, que a Sicredi publicou ao longo dos anos.

Marcelo Ribeiro explicou que o livro foi uma ideia inicial do jornalista e historiador Luíz Antônio Barreto, com o objetivo de resgatar a memória das personalidades que marcaram a história de Sergipe.  “Luiz Antônio tinha realizado essa homenagem a doze personalidades. Quando ele faleceu, fui convidado para dar continuidade ao trabalho. Ao todo são 49 personagens, mesclado em todas diversas áreas. Isso é gratificante porque a gente ver a Sicredi resgatando a história de Sergipe. Eu acho que a história é fundamental. Qualquer povo que queria crescer e se respeitar tem que olhar para o passado e reconhecer os seus valores”, ressaltou.

Largo da Gente

Na ocasião, o governador fez questão de convidar os presentes para a inauguração do Largo da Gente, que acontecerá no dia 16 de março, às 16h, em frente ao Museu da Gente Sergipana. A obra é uma realização do governo do Estado e trará  oito esculturas com 7,0 metros de altura que representarão manifestações culturais do folclore sergipano. “Esta obra será uma homenagem a Aracaju, à cultura popular e ao nosso folclore. Será um complemento do Museu da Gente. É um hino de louvor o nosso cultura popular”, informou.

Sicredi

O Sistema Sicredi é uma Instituição Financeira Cooperativista monitorada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil. O Sistema tem por objetivo propiciar crédito e prestar serviços de modo simples aos associados. O Sicred Aracaju é administrado por seus próprios cooperados.

A Sicredi Aracaju é uma Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados constituída em 15 de setembro de 1998. Em 2016, filiou-se, juntamente com a Central Sicredi N/NE, ao Sistema Sicredi. Com a filiação o Sicredi Aracaju passou a integrar um sistema que conta com 25 cooperativas regionais filiadas, mais de 110 anos de história e presença nacional.

ASN