26/02/18 - 15:44:24

Pesquisa confirma que JB prejudica Belivaldo e que oposição unida é favorita!

Diante de uma série de especulações em torno do processo eleitoral de 2018, eis que saiu o primeiro levantamento oficial sobre a intenção de votos do eleitorado sergipano. Sob o registro SE-01505/2018 no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE), a pesquisa do Instituto Franca de Pesquisa entrevistou com recursos próprios 1.200 pessoas, em todo Estado, de 7 a 10 de fevereiro, em diversos cenários, para governador, senador da República, deputado federal e deputado estadual, com uma margem de erro de 2,8% para mais ou para menos e um intervalo de confiança de 95%.

Os resultados apresentados pela pesquisa, coincidentemente, estão “batendo” com a leitura feita por este colunista, sobretudo nos comentários mais recentes, dando conta que a permanência do governador Jackson Barreto (MDB) no cargo (caso ele confirme a renúncia para disputar o Senado Federal) continua prejudicando a evolução da pré-candidatura do vice-governador Belivaldo Chagas (MDB) que, apesar de fazer parte da gestão, não consegue empreender seu ritmo de trabalho e montar sua equipe administrativa sem a “caneta” nas mãos.

A pesquisa evidencia o descrédito da população com o governo de Jackson Barreto. A rejeição é altíssima e existem são fortes os rumores de que JB possa recuar do desejo de disputar o Senado. Belivaldo é pré-candidato lançado desde o segundo semestre de 2017, alguns partidos já promoveram atos de adesão ao seu projeto político e, se não apresentou queda, pelo menos os números mostraram que a proposta “estagnou” e só chega aos dois dígitos quando se trata do cenário para o 2º turno. Os números devem ter acendido a “luz amarela” no Palácio de Despachos…

Mas além da rejeição ao governo atual que ficou explícita na pesquisa, outro aspecto chamou a atenção deste colunista: o favoritismo da oposição! É evidente que ainda é muito cedo para chegarmos a qualquer conclusão, e que quando as candidaturas estiverem postas na rua, o cenário poderá ser completamente diferente. Entretanto o momento é todo favorável aos adversários de Jackson Barreto que, por enquanto, travam uma espécie de “guerra fria” por espaços na chapa majoritária, mas que se estiverem unidos, podem encaminhar uma vitória com certa folga.

Os números da primeira pesquisa registrada em 2018 revelam que espontaneamente o nome do senador Eduardo Amorim (PSDB) é citado mais de três vezes que o nome do governo. Nas induzidas o tucano também lidera; em outro cenário, com o senador Valadares (PSB) candidato, a oposição também venceria; por sua vez, quem apresentou a maior evolução, levando em consideração os números de 2017 foi o líder do Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC), que, apesar de uma pequena margem de diferença, também já pontua a frente de Belivaldo Chagas para o governo do Estado.

O “galeguinho”, justiça seja feita, apesar de ser parte da gestão, ainda não conseguiu dissociar sua pré-candidatura da rejeição de Jackson Barreto. Este colunista já alertou para o “desânimo” que tomou conta da máquina administrativa nesse início de ano, quando alguns secretários já vislumbram o fim dos trabalhos com a renúncia de JB. Algumas mudanças são necessárias, mas por conta da relação política, só podem ser alteradas com a mudança no comando. Até o final de março ou o começo de abril, Belivaldo seguirá com o “freio de mão puxado”, esperando JB, e a oposição tentando chegar a um consenso para tentar vencer a eleição…

Veja essa!

Dois assuntos movimentaram o mundo político sergipano no final de semana: a primeira pesquisa registrada no Tribunal Regional Eleitoral e o anúncio de que o deputado federal Valadares Filho (PSB) pode vir a disputar o governo do Estado, coligado com PSC/PSDB ou formando uma terceira via.

E essa!

Há quem veja em Valadares Filho a alternativa mais eficiente para o embate direto pelo governo; setores da oposição o imaginam como “vice dos sonhos” de Eduardo Amorim; já outros apostam que sua pré-candidatura é apenas uma forma de “pressionar” a oposição para viabilizar os espaços na chapa majoritária para o PSB.

Leitura I

Para este colunista o anúncio de uma possível pré-candidatura de Valadares Filho ao governo é um “golpe de mestre” do senador Valadares, que já deixa uma “semente” plantada até junho. A pesquisa do Instituto Franca de Pesquisa foi feita antes e este cenário não foi considerado.

Leitura II

Valadares Filho é um nome “leve”, sem máculas e que, além de disputar a reeleição, pode surgir como alternativa para vice ou até para o Executivo, a depende da coligação. É uma “carta na manga” que o senador Valadares tem para defender os espaços do PSB na majoritária.

Governo

A pesquisa revelou outro ponto: na espontânea o nome de JB ainda aparece para o governo e é mais citado que o de Belivaldo. É mais uma avaliação que justifica a teoria que a permanência de Jackson atrapalha o crescimento do “galeguinho”.

 Edvaldo x João

Por mais que a Prefeitura de Aracaju se esforce em construir uma gestão eficiente, a pesquisa revelou que espontaneamente os sergipanos aprovam, na mesma proporção, os nomes de Edvaldo Nogueira (PCdoB) e do ex-prefeito João Alves Filho (DEM) que, na teoria e por questões de Saúde, está aposentado politicamente.

Indecisos ou nulos

A pesquisa também revelou que de 50% a 60% dos sergipanos entrevistados estão revoltados com a classe política se revelam indecisos ou que não vão apoiar nenhuma candidatura em 2018, anulando o voto ou votando em branco. Será este um sinal de renovação?

Mendonça Prado

Um nome que, mesmo sem muito baralho, apareceu bem na pesquisa foi o do ex-deputado Mendonça Prado. Nos três cenários pesquisados, ele é uma ameaça direta ao candidato do governo, Belivaldo Chagas. Resta saber se terá apoio político e estrutura para vencer a eleição.

2º turno

Nos três cenários para o 2º turno contra a pré-candidatura do governo, hoje daria a oposição com Eduardo Amorim, com o senador Valadares e agora com André Moura, que vem crescendo nas intenções, comparando com os números de 2017.

Senado I

Pelos números da pesquisa espontânea, para o Senador, se a eleição fosse hoje Valadares estaria reeleito com 7,2%, seguido de JB com 3,3%, Heleno Silva (PRB) – que se encontra inelegível – com 3,1% e André Moura com 2,8%. 78% não sabem ou preferem anular o voto.

 Senado II

Na induzida Valadares segue na frente com 17,8%, seguido de JB com 11,9%, Heleno Silva com 10,8% e André Moura que já aparece com 10,2%; sem Jackson na disputa, Valadares desponta com 19,8%, seguido de Heleno Silva com 11,5%, André Moura com 10,3% e Rogério Carvalho com 7,5%.

Outros cenários

Sem Valadares disputando o Senado, Heleno Silva lidera com 14,3%, seguido de André Moura com 13,2%, superando Jackson Barreto com 12,3% e Rogério Carvalho com 7,6%; já sem André Moura, Valadares dispara com 18,2%, seguido de JB com 11,8%, Heleno Silva com 11,2% e Eduardo Amorim com 10,4%.

Rejeição

Na disputa para o Senado, o pré-candidato que tem a maior rejeição segundo a pesquisa é JB com 16,3%; já Valadares e João Fontes são os nomes para senador com menor rejeição: 3,3% cada um.

 Falando nele

Quem surpreende e aparece bem nessa pesquisa para o Senado é João Fontes. Sem partido definido e sem confirmar sua pré-candidatura, ele aparece sempre próximo de Rogério Carvalho, que é pré-candidato definido pelo Partido dos Trabalhadores.

Não dá PT!

Outro aspecto a ser considerado é que o Partido dos Trabalhadores, assim como ocorreu em 2016, deve ter um resultado bem abaixo da média na eleição em Sergipe. Sem Déda (in memoriam) e com Lula possivelmente fora da disputa pela presidência, o PT deixa de ser protagonista para apenas figurar diante da forte rejeição que acumula.

Deputado federal I

No levantamento para deputado federal na espontânea, outra teoria deste colunista se confirma: teremos pouca renovação. Dos oito mais citados, seis já exercem o mandato e justamente ficaram fora os dois parlamentares que fazem oposição dura ao governo Temer: João Daniel (PT) e Fábio Mitidieri (PSD).

 Deputado Federal II

No levantamento, o mais citado é o deputado Valadares Filho, que traz o peso de ter disputado a prefeitura de Aracaju em 2016. A surpresa é o questionado Laércio Oliveira (SD) em segundo lugar. O terceiro é Sukita que está inelegível, seguido de Adelson Barreto (PR), Fábio Reis (MDB), Jony Marcos (PRB), Gustinho Ribeiro (PRP) e André Moura, caso dispute a reeleição.

Novidades

Além de Gustinho Ribeiro, que já figura entre os oito deputados federais eleitos, nas duas primeiras suplências as novidades: Valdevan 90 e o Coronel Rocha da Polícia Militar. Em seguida, aparecem Fábio Henrique (PDT) e Rogério Carvalho (PT).

Deputado estadual

Por sua vez, a tendência de renovação na Assembleia Legislativa se confirma, sendo que os deputados Gilmar Carvalho, Jairo de Glória e Capitão Samuel são os três mais citados. Também figuram entre os 24 os deputados Maria Mendonça, Luciano Bispo, Róbson Viana, Gorete Reis, Gustinho Ribeiro (que é pré-candidato a federal), Antônio dos Santos, Adelson Filho e Zezinho Guimarães.

 Não disputam

Nomes que estão na lista, mas que não devem disputar a vaga na Alese são Gustinho Ribeiro, Valadares Filho e o senador Eduardo Amorim; as novidades são Talysson de Valmir de Francisquinho, Adriana Leite, Janier Mota, Carlos Magno, Gracinha, Adaílton Martins, Jorge Araújo e Cristóvão Freire.

Nomes favoritos

Duas “novidades” na lista que já são esperados na Alese a partir de 2019 são Iran Barbosa e Ibraim Monteiro; o primeiro é o representante do Sintese na Casa e será candidato no lugar da deputada Ana Lúcia (PT); o outro é filho do prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro, que será o candidato do grupo no lugar de Gustinho Ribeiro que vai disputar a Câmara Federal.

 Exclusiva!

Uma fonte da coluna bem relacionada com a PM revela a indisposição das forças de segurança de votar em 2018 na continuidade do governo de JB. O escândalo sobre o suposto “desvio de combustíveis” foi a “gota d’água” para que a tropa da Polícia Militar se rebelasse contra a gestão.

 Bomba!

A informação é que muita gente dentro da SSP esperava pelo anúncio da exoneração do Comando da Polícia Militar. A permanência no cargo e a prisão de um sargento da PM nas investigações veio como um “estopim” para a tropa se rebelar. Em breve a indignação ficará cada vez mais explícita…

Tragédia do Poxim

Este colunista alertou sobre os rumores de que a Barragem do Poxim AÇU, inaugurada em 2013, corre o risco de rompimento por falta de manutenção do Governo do Estado. A informação partiu de moradores da região que estão desesperados com o risco de uma tragédia em Sergipe. Segundo eles desde sua inauguração, não foi realizada nenhuma manutenção na barragem.

Caso Mariana

Os moradores temem que aconteça o mesmo do rompimento da barragem de Fundão, localizada em Mariana, Minas Gerais, em 2015. Ficariam em risco os povoados Bita, Timbó, Quissamã, São Luís e Cardoso, em São Cristóvão, e Pai André, Lavandeira e o Conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro.

 DESO I

Em nota enviada para este colunista, o diretor de Meio Ambiente e Engenharia da Deso, José Gabriel, diz que a Barragem foi inaugurada em 2013 e, desde então, passa por monitoramento periódico e constante dos técnicos da Companhia de Saneamento de Sergipe. “De maneira acessória a este controle e visando disponibilizar mão de obra especializada, a Companhia possui o contrato nº 001/2017, com a empresa GEOTEC Consultoria e Serviços Ltda., em que o objeto trata de serviços de consultoria geotécnica, acompanhamento de nível, medição de instrumentação e análise do fluxo e estabilidade”.

DESO II

“Bem como para manutenção das estruturas de concreto, do maciço e diques da barragem, dispomos do contrato nº 152/2016, junto a empresa CONSTATA Consultoria e Obras Ltda. Qualquer dúvida dos moradores da região sobre os trabalhos de acompanhamento e manutenção da Barragem Jaime Umbelino, pode ser esclarecida junto à Diretoria de Meio Ambiente e Engenharia da DESO, através dos representantes legais destes populares”, completa a nota, garantindo que a DESO reafirma seu compromisso com a integridade da estrutura da barragem.

Vai apurar

O diretor de Meio Ambiente diz ainda que a Companhia “infelizmente vem sendo alvo de críticas infundadas, de pessoas sem conhecimento técnico para proferir tais suspeitas”. A coluna vai continuar conversando com os moradores da região e vai acompanhar esse caso de perto para trazer maiores informações em breve.

Lixo I

Na manhã dessa segunda-feira (26), os desembargadores Roberto Eugênio da Fonseca Porto, Osório de Araújo Ramos Filho e Elvira Maria Almeida Silva decidiram, por unanimidade, dar provimento ao Mandado de Segurança que pedia a instalação imediata da CPI do Lixo. A 1ª Turma do Tribunal de Justiça de Sergipe determinou a instalação imediata da CPI do Lixo, conforme ação interposta pelo vereador Elber Batalha e a oposição da Câmara de Aracaju.

Lixo II

A partir de agora, depois que a decisão do pleno for publicada, a Câmara de Aracaju deverá instalar imediatamente a CPI do Lixo para ser investigada é apurada pelos vereadores da capital. O vereador Elber Batalha, que acompanhou a decisão diretamente da sessão do pleno, comemorou. “Essa decisão só corroborou a liminar e a sentença conquistadas. Agora os aracajuanos podem ter a certeza que vamos descobrir o que de tão podre há de escondido nos contratos e licitações do lixo de Aracaju”, esclareceu.

Amorim

O senador Eduardo Amorim  participou das festividades alusivas ao Senhor do Passos, em São Cristóvão, e aproveitou para também fazer pedidos e agradecimentos. “Desejo que o Senhor dos Passos continue iluminando os nossos passos em nossas caminhadas. Que Ele abençoe e conduza os passos do nosso Sergipe e do nosso Brasil. Agradeci também pela grande virtude que é o milagre da vida, e que a gente possa retribuir tendo a atitude de sempre fazer o bem sem olhar a quem”.

Laranjeiras I

A Prefeitura de Laranjeiras, através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu o Bloco da Prevenção, ainda dentro da programação de Carnaval, no povoado Camaratuba.  Vários foliões participaram das festividades cujo objetivo foi incentivar a prevenção e o sexo seguro, quando foram distribuídos materiais informativos, orientando sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoce, além de entregas de preservativos masculinos e femininos.

Laranjeiras II

Atendendo a uma orientação do prefeito Paulão das Varzinhas e da vice-prefeita Suely Alves (DEM), a “Suely da Escolinha”, a secretária de Saúde, Cristina Hagenbeck, coordenou a atividade dentro do povoado Camaratuba.

Cristina Hagenbeck

“O objetivo principal do bloco é a prevenção com o uso contínuo da camisinha entre a população sexualmente ativa. O trabalho aumenta no período carnavalesco, pois a tendência ao abuso do álcool é maior, mas as atividades precisam ser contínuas para conter o aumento da vulnerabilidade às doenças sexualmente transmissíveis”, pontuou Cristina Hagenbeck.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com