27/02/18 - 00:01:06

A PESQUISA E O MOMENTO

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Uma pesquisa publicada ontem revela que o deputado federal André Moura (PSC) obteve uma queda nos seus índices de rejeição junto ao eleitorado. Não provocou surpresa nem mesmo ao parlamentar. Durante o mês de janeiro André Moura promoveu uma série de eventos que liberava recursos para boa parte das prefeituras sergipanas, mostrando que estava ‘vacinado’ em relação a quem ajudava, no que se refere à ´posição’ política.

Lógico que esse discernimento político-pardário faz a diferença e o eleitorado até não entende, porque o prática natural é que a oposição trabalhe exatamente para prejudicar o Governo, dentro do velho jargão do “quanto pior melhor”. Avalia-se isso pelas críticas que André recebeu de aliados, porque estava ajudando o Governo. Além de pessoas ligadas aos adversários beneficiados.

Além disso, durante o carnaval, o deputado André Moura esteve presente em todas as festas que ocorreram no Estado, principalmente nos municípios que tradicionalmente promovem festas do momo. Nessas, foi quase onipresente. Não apenas para setores da imprensa, mas para quem estava no meio da folia e sentiu-se próximo a ele e até esteve ao seu lado no mela-mela.

Lógico que tudo isso influenciou nos resultados de uma nova pesquisa, mas não se pode achar que o processo está definido a partir desses gestos. Há muita coisa pela frente. Uma nova pesquisa será elaborada, porque os adversários não estão mortos e André ainda não definiu se tentará o Governo ou o Senado.

Uma pesquisa interna – quantitativa e qualitativa – será realizada nos próximo dias e vai definir qual dos dois será candidato a um mandato ou outro. André e Eduardo querem o Palácio do Planalto.

DATA PARA DEIXAR GOVERNO

Jackson Barreto (MDB) ainda não revelou a data exata que vai deixar o Governo. Será no seu tempo. Ele mesmo quer anunciar, inclusive sua candidatura ao Senado.

Jackson vai se reunir com todos os aliados para dar a notícia.

PESQUISA ELEITORAL DE AGORA

Pesquisa publica um cenário em que mostra o crescimento de André Moura e a queda de rejeição. Depois de sua ação com liberação de recursos essa era a tendência.

Além disso, André foi figura presente em todos os municípios no carnaval.

A PARTIR DE AGORA É ATUAR

As oposições estão em período de decisão da chapa majoritária e os candidatos são Eduardo Amorim e André Moura. Não se decidiu ainda ‘quem vai para o quê’.

Anotem: André Moura pretende o Governo, mas não quer contrariar Amorim.

BANCADA POR RECURSO PRÓPRIO

Segundo informação do próprio Instituto, serão feitas quatro pesquisas com recursos próprios da empresa, para atrair novos clientes.

Depois daí tudo vai mudar, inclusive os resultados.

VEM RECEBENDO ALIADOS

Pré-candidato ao Senado, Rogério Carvalho (PT) vem recebendo aliados em casa para reuniões em que geralmente rola papo sobre eleições e se toma algumas medidas.

Sempre se serve uma cervejinha para animar as conversas…

CANDIDATURA DE VALADARES

A própria oposição não acredita em candidatura do deputado federal Valadares Filho (PSB) ao Governo. A maioria acha que é jogada para pressionar posição na chapa.

Mas, dentro do PSB o assunto vem sendo levado a sério.

ENCONTROS EM BRASÍLIA

Valadares Filho inclusive terá encontros em Brasília esta semana para tratar sobre esse projeto político do seu partido e conversará com o senador Eduardo Amorim.

De alguma forma o pleito começa a esquentar…

AMORIM MUDA O FOCO

Na oposição comemora-se porque o senador Eduardo Amorim (PSDB) mudou o foco de suas conversas e agora se volta para uma definição com André Moura.

Ainda há a indecisão e os dois não se entenderam sobre mandatos.

EXEMPLO FOI SÃO CRISTÓVÃO

A procissão do Senhor dos Passos revelou o distanciamento entre Amorim e Valadares: os dois percorreram todo o percurso em calçadas diferentes.

Antes estariam ao mesmo lado, naturalmente.

GILMAR CONVERSA COM ANDRÉ

O deputado estadual Gilmar Carvalho esteve ontem com André Moura e manteve uma conversa ampla. André o convidou a filiar-se ao PSB.

Ainda não houve o ‘sim’ definitivo e os dois terão outra conversa..

FORMAÇÃO DE CHAPINHA

Deputados estaduais do MDB insistem que podem até trocar de partido para que sejam candidatos à reeleição através de uma chapinha. O assunto transborda na Alese.

Existe um clima tenso que precisa ser resolvido urgente.

AINDA ESTÃO SEM ACREDITAR

Maioria dos líderes políticos ainda está sem acreditar em uma candidatura de Valadares Filho ao Governo do Estado. A palavra unânime foi “blefe”.

Dentro do PSB a animação pela candidatura é geral.

MACHADO COM RODRIGO MAIA

O ex-deputado José Carlos Machado (PSDB) viaja hoje a Brasília e terá uma conversa com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM).

Está sendo levado pelo amigo José Carlos Aleluia (DEM-BA).

CONVERSAS VARIADAS DE MARÇO

As conversas de março, em ano político, começam com o uma certa antecedência para que esteja tudo pronto com o abrir de janelas para troca de partidos.

Aleluia deseja que Machado retorne ao DEM.

SUKITA AINDA TRATA DO PHS

O ex-prefeito de Capela, Manuel Messias Sukita, viaja a Brasília nesta terça-feira para uma reunião com o presidente nacional do PHS, deputado Marcelo Aro (MG).

Sukita diz que se mantém presidente do PHS.

CERTO PARA DISPUTAR FEDERAL

O deputado estadual Pastor Antônio (PSC) trabalha para disputar vaga de deputado federal. Sobre isso está absolutamente decidido.

Com André Moura disputando majoritário, o PSC está em boas condições.

HELENO DEVE IR PARA OPOSIÇÃO

Heleno Silva (PRB) não terá outra opção, que não seja fazer composição com a oposição, caso pense em disputar o Senado. Quem diz isso é um aliado do Heleno.

A fonte não quis entrar em detalhes

TEM ENCONTRO MARCADO

Aliás, Heleno Silva e o deputado federal Jony Marcos têm conversa esta semana com o Valadares Filho, para tratar sobre as eleições ao Governo e Senado.

Valadares quer o PRB na composição com o PSB.

Notas

Rescinde contrato – A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu rescindir os benefícios do acordo de delação premiada do empresário Wesley Batista, do grupo J&F, e do ex-assessor jurídico da empresa Francisco de Assis. A medida foi tomada após a procuradoria concluir que os dois omitiram informações nas delações.

0x0

Leis sobre segurança – Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), espera que a Câmara vote “rapidamente” leis sobre segurança pública para, segundo ele, dar instrumentos de trabalho ao novo ministério responsável pela área. Maia elogiou a decisão do presidente Temer de escolher Raul Jungmann, o Ministério da Segurança.

0x0

Provar que está vivo – Aposentados e pensionistas que ainda não comprovaram ao INSS que estão vivos têm até dia 28 para fazer procedimento no banco em que recebem seus benefícios. Quem não fizer comprovação de vida no tempo previsto poderá ter seu pagamento bloqueado.

0x0

Arsenal de guerra – Em blitz na via Dutra, agentes da Polícia Rodoviária Federal apreenderam o que descrevem como “arsenal de guerra” que seria entregue no Complexo da Maré, no Rio. Dentro de uma picape os policiais encontraram 12 fuzis, 33 pistolas, 106 carregadores, uma granada e cerca de 40 mil munições.

0x0

Na contramão da crise – O governo do comunista Flávio Dino (PCdoB) está na contramão dos demais estados brasileiros e do discurso de crise econômica que assola o país. Dino resolveu conceder recomposição salarial de 8% sobre a remuneração de todos os educadores da Educação Básica, em todas as referências da carreira.

0x0

Jaques reclama de declarações – Jaques Wagner, falando sobre a Operação Cartão Vermelho, disse: “não tenho a cabeça conspirativa, mas acho que a sociedade brasileira já está ficando um pouco cansada desse processo. A ordem da desembargadora federal para a busca e apreensão determina sigilo e saíram dando declarações.”

Conversando

Dinheiro de sobra – O médico Antônio Samarone divulga nos grupos sociais que a Saúde em Sergipe “tem dinheiro de sobra”.

Marcio Macedo – A sociedade brasileira está cada vez mais consciente de que setores do sistema judicial abusam da autoridade para tentar criminalizar o PT.

Tem que trabalhar – Candidatos proporcionais devem começar a trabalhar para valer e não ficar acreditando em pesquisas que passam distante da proporcionalidade.

Mentira em grupo – As fake news estão abarrotando os grupos sociais através de pessoas pagas para isso. A mentira e a desfeita são comuns em determinados grupos.

Levar adiante – Mendonça Prado posta no twitter que está bem animado com sua candidatura a governador e demonstra que pretende levar isso adiante.

Abona Ficha – Senador Valadares anuncia mais um filiado importante no PSB: Coronel Barros. Foi Valadares que abonou sua ficha de filiação, ‘com muita alegria’.

Ver resultados – A sociedade não está preocupada com a forma de reduzir a violência, prender bandidos e combater o tráfico, o cidadão quer ver resultados.

Regras e leis – Entidades como a OAB também pretende resultados, mas quer impor regras e lei para que se haja contra os bandidos.

O outro lado – O auxílio-moradia é o outro lado do judiciário. Protege uma elite bem assalariada e financia o luxo de suas casas e apartamentos próprios.