27/02/18 - 20:18:31

Violência sem controle! Sergipe pode bater o recorde de homicídios em 2018!

Enquanto setores do governo estão todos concentrados no processo eleitoral e na possível renúncia ou não do governador Jackson Barreto (MDB) para disputar uma das vagas do Senado Federal, a violência segue a todo vapor em Sergipe. O Estado que, por dois anos consecutivos, figurou como os mais violento do País, proporcionalmente falando, caminha “a passos largos” para bater o recorde de seu histórico de homicídios no ano de 2018. Como se não bastassem tantos registros, a sensação de insegurança assusta cada vez mais os cidadãos, que não se sentem mais seguros nas ruas e avenidas, a qualquer hora do dia.

Sair de casa em Sergipe, para trabalhar ou estudar, por exemplo, não é mais garantia de que o cidadão retornará “intacto”, sem ter sido alvo da marginalidade. Os bandidos agem em todos os lugares e parecem não ter receio das respostas dos que fazem a Segurança Pública. Com todo respeito à SSP, tem horas que até a própria polícia parece acuada diante da ação violenta dos marginais. São vários os fatores que contribuem para tudo isso, como o baixo efetivo policial, a falta de mais ações unificadas entre a PM e a PC, a falta de leis mais duras e, principalmente, a impunidade.

Como em qualquer parte do País, em Sergipe o bandido comete um crime, é identificado, preso e, logo em seguida, liberado. Temos proporcionalmente poucas penitenciárias e as delegacias ficam superlotadas de presos, que não têm para onde ir. O sistema penal está todo comprometido e não há qualquer movimentação do Congresso Nacional (não menos comprometido, diga-se de passagem) para uma mudança radical na legislação. O crime tem vez e voz, e esta é a realidade, infelizmente. Sem estrutura para o regime semiaberto, os presos em Sergipe passaram a ser liberados para cumprirem suas penas em casa, no regime aberto. Seria cômico se não fosse trágico…

Este colunista obteve informações de Policiais Militares que o número de homicídios em 2018 já é assustador. Falam que o governo do Estado faz festa com a redução em relação ao ano passado, mas lembram que até esse domingo (25), foram registrados 198 homicídios por arma de fogo. Vale ressaltar que até o fechamento desta coluna já foram registrados mais de cinco homicídios, ou seja, fevereiro nem acabou e já passamos dos 200 crimes. A violência parece sem controle no nosso Estado e a autoridade policial parece não saber muito o que fazer.

Os assaltos viraram rotineiros, assim como o roubo de veículos e os sequestros relâmpagos. Os arrombamentos também estão em alta. No domingo a noite, os bandidos invadiram e promoveram um verdadeiro arrastão na sede da FAMES (Federação dos Municípios do Estado de Sergipe), em plena rua Duque de Caxias, próximo da região central de Aracaju e do prédio da Secretaria de Segurança Pública. E não adianta vender a teoria de que “só os bandidos estão morrendo” porque além de não ser verdadeira, é preciso levar em consideração que o crescimento do crime está associado à a sensação de insegurança.

Mas enquanto a violência segue desordenada, o governador Jackson Barreto parece focado em seu projeto político, mesmo atrasando os salários dos servidores e parcelando os rendimentos dos aposentados e pensionistas. Em 2015 foram registrados 1.196 homicídios; em 2016 foram 1.306; e no ano passado foram 1.123 casos. Com mais de 200 assassinatos em menos de dois meses, não é exagero alertar que Sergipe caminha para um número recorde até o final do ano. Que o governo se atente para isso e procure meios para reagir energicamente. É preciso entender que a campanha só começa no segundo semestre e, até lá, bandidos e inocentes vão seguir aumentando esta estatística do crime…

Veja essa!

Pela violência que tomou conta de Sergipe, se não tiver pulso para garantir a segurança dos cidadãos, este colunista já não vê exageros em uma intervenção federal também na SSP daqui do Estado, nos mesmos moldes do Rio de Janeiro.

E essa!

Lá o crime saiu completamente do controle das forças de segurança; aqui, a polícia atua bastante, mas não é exagero dizer que a violência se sobressai. Até denúncias de desvios de combustíveis ma PM nós já ouvimos falar…

Radioterapia

Desde o início de fevereiro que o Hospital Cirurgia passou para a responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde, mas já são 42 dias que os pacientes oncológicos estão sem o devido tratamento de radioterapia. Pelo que prometeu Almeida Lima, a “mudança” ainda não saiu do papel…

Questionamentos

Devidamente registrada (SE-01505) no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE), a pesquisa do Instituto Franca incomodou e muito setores do governo. A informação é que advogados palacianos já correm para fazerem questionamentos judiciais sobre os números apresentados. E se a pesquisa tivesse sido favorável?

Articulação

É nítido o momento de setores governistas e até de veículos da imprensa em tentar propagar uma divisão entre os líderes da oposição, que também só contribuem com gestos e declarações desencontradas. Mas há quem diga que isso seja apenas uma espécie de “fumaça”. Será?

Sai fora Rogério!

Para o professor Joel Almeida, em entrevista ao radialista Gilmar Carvalho, na MIX FM, o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, está cometendo um grande equívoco em buscar uma candidatura a senador ao lado de Jackson Barreto.

Vai sobrar!

Para Joel Almeida o PT sai fragilizado em uma aliança com o MDB e que Rogério Carvalho vai sobrar em uma eleição onde a tendência é que parte do eleitorado vote em JB e em André Moura (PSC) para o Senado.

 Exclusiva!

Com a expectativa para a saída de Jackson Barreto do comando do Estado, já há uma movimentação entre os aliados para ver quem vai comandar as Pastas com o governo nas mãos de Belivaldo Chagas. Se os Mitidieri estão de olho na Supersecretaria, os Reis estão afoitos para comandar a Saúde, que hoje está sob o comando de Almeida Lima.

 Não fica I

Por sua vez, alguns aliados já estão decididos que se não forem valorizados dentro do governo, vão trilhar o caminho da oposição. Diante do forte desgaste que atravessa JB, a turma só garante o apoio se estiver sendo prestigiada. Caso contrário, é cada um por si…

Não fica II

São fortes os rumores de que a deputada estadual Goretti Reis não continue filiada ao MDB. Ela já foi convidada pelo PSD, mas seu destino pode ser um retorno ao DEM, de Mendonça Prado. Goretti está pensando em viabilizar sua reeleição.

Bomba!

São fortes os rumores de um grave crime ambiental que está ocorrendo no município de Laranjeiras, em uma obra cuja terraplanagem está sendo executada sem as devidas licenças. As informações dão conta que um dos vereadores da cidade está envolvido diretamente e os órgãos ambientais e de fiscalização e controle já foram devidamente notificados e advertidos. Nos próximos dias a coluna trará novidades…

Ana Lúcia I

Por meio de Indicação a deputada Ana Lúcia (PT) solicitou ao governador Jackson Barreto o recapeamento asfáltico, a construção de acostamento e instalação de sinalização horizontal e vertical da Rodovia SE-220, que liga o município de Aquidabã a Graccho Cardoso. A petista também cobra a recuperação de pavimentação asfáltica e acostamento da Rodovia Estadual SE-170, que liga o município de Tobias Barreto a Lagarto.

Ana Lúcia II

Em outra indicação a deputada requer do governador e do secretário da Educação, Jorge Carvalho, a construção de salas de professores, de laboratório científico, ampliação de cozinha, manutenção hidráulica e elétrica, pintura de prédio e reforma de telhado, além de construção de Quadra Poliesportiva da  Escola Estadual professor Artur Fontes, do município de Carira.

Sílvia Fontes I

A deputada Sílvia Fontes (PDT) se pronunciou sobre a passagem dos 86 anos da aquisição do direito de voto às mulheres brasileiras. Silvia Fontes lembrou que foi exatamente em 24 de fevereiro de 1932 que as mulheres brasileiras começaram a ter acesso ao direito de voto por meio de decreto aprovado pelo presidente Getúlio Vargas.

Sílvia Fontes II

Naquele primeiro instante, o direito ao voto era feito de forma parcial, às mulheres casadas, autorizadas pelo marido, e viúvas e solteiras com renda própria. “Já se passaram 86 anos de lá para cá e esse direito se estendeu a todas as mulheres, independente de estado civil e condição social”, destacou a parlamentar.

Luciano Pimentel I

O deputado Luciano Pimentel (PSB) classificou como “assédio” a queixa de uma aluna do curso de Biomedicina, que reside no município de São Domingos e estuda em Aracaju, em não poder utilizar o transporte escolar, devido à discordâncias políticas. De acordo com o parlamentar a estudante foi orientada a sair do transporte escolar.

Luciano Pimentel II

“A estudante D. V. B. S. é filha do ex-vereador de São Domingos e radialista, Miguel Fuzuê, e queria apenas que fosse cumprido o direito de utilizar o ônibus escolar, pago com recursos públicos. Mas ouviu que o ônibus não sairia enquanto a jovem de 17 anos não descesse”, lamenta, dizendo que o caso deve ser levado ao Ministério Público para ser apurado, para evitar constrangimentos.

Venâncio Fonseca I

Em resposta o deputado Venâncio Fonseca (PP) pediu ao colega que não transforme a Alese em uma Câmara de Vereadores e sugeriu que o socialista verifique melhor as informações antes de levar determinados assuntos para a tribuna. “A história não é bem essa como passaram para o deputado Luciano. O prefeito Pedrinho (Pedro da Silva – PT) foi meu adversário político por 20 anos, mas sempre teve o maior respeito por todos que lhe fizeram oposição. Nunca vim a esta tribuna para fazer uma denúncia contra Pedrinho”.

Venâncio Fonseca II

“Pedidos eu recebi vários, mas como eu checava antes, eu via que não era verdadeiro e não denunciava”, comentou o deputado, acrescentando que “todos os alunos assinaram um termo de compromisso até para que a prefeitura tenha um controle sobre quem realmente vem para a faculdade e também para zelar pelo transporte. A jovem não quis assinar o termo e preferiu criar um fato político em ano eleitoral. Digo isso porque os outros alunos assinaram o termo de responsabilidade sem problema”, completou Venâncio.

Tem que apurar

Por fim, Venâncio sugeriu que o caso seja levado para o Ministério Público apurar. “Não dá para aceitar que se tentem tirar proveito político da situação. Façam um levantamento e mandem apurar! Recebi vários pedidos, várias denúncias neste sentido, mas tomei o cuidado de checar antes e vi que eram falsos. Isso é uma política rasteira que não condiz com o perfil e o mandato do deputado Luciano Pimentel”.

Goretti Reis

A deputada Goretti Reis fez um apelo ao prefeito de Lagarto: “a gestão precisa ter compromisso com os lagartenses. Dessa vez por falta de empenho está impedindo que 544 famílias recebam a casa própria. Tivemos a situação do Mercado que as pessoas não puderam permanecer por causa do valor absurdo cobrado pela ocupação dos boxes. O matadouro fechado. Enfim, só desemprego”.

Cadastro

“Estive com o gerente do Banco do Brasil de Lagarto, Daniel Santos, responsável pela parte burocrática e fui informada de que as famílias estão aguardando os cadastros que devem ser encaminhados pela prefeitura. Sem isso não conseguem receber as casas. Muitas coisas deveriam ser feitas pelo município como calçamento, rede de esgoto e ainda não foram feitas. As casas estão se deteriorando pelo tempo e pelo não uso”, alertou Goretti Reis.

Gualberto

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa, celebrou o ato de rescisão de contrato entre o Governo do Estado e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que tinha o objetivo de realizar estudos para possível privatização da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

Não vende

“O governador Jackson Barreto cancelou o contrato que existia entre o governo e o BNDES para fazer avaliação patrimonial da empresa. Isso significa que nesse governo não haverá discussão sobre privatização da Deso. Se existia alguma dúvida, não existe mais”, afirmou Gualberto.

 Moritos Matos

Trabalhadores do Movimento S.O.S Emprego acreditaram no Governo do Estado e nos representantes da Centrais Elétricas de Sergipe S.A – Celse – de que no início deste ano o que ficou estabelecido em contrato seria de fato posto em prática. Ou seja, que 85% de trabalhadores contratados pela Usina Termoelétrica, localizada no município de Barra dos Coqueiros, fossem sergipanos. Mas isso não aconteceu e os trabalhadores voltaram a procurar os deputados Moritos Matos (PROS) e Georgeo Passos (PTC) para solicitar uma reunião com o Governo.

Mais contratações

“Eles relataram que, em março, a empresa realizará diversas contratações, mas que são de trabalhadores de outros Estados. Os representantes do S.O.S Emprego querem um novo encontro com o vice-governador Belivaldo Chagas, que representa o governador Jackson Barreto, na comissão formada entre Governo, empresas, deputados e trabalhadores para solucionar esse impasse”, enfatiza o deputado Moritos Matos.

Luciano Bispo

Com o objetivo de discutir melhorias no atendimento, bem como o reajustamento salarial na área buco-maxilo em Itabaiana, representantes do Conselho Regional de Odontologia (CRO/SE) estiveram reunidos com o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o deputado estadual Luciano Bispo (MDB). A reunião contou com a presença do diretor do Hospital Regional de Itabaiana, Dr. Darcy Tavares Pinto.

Acordo

Durante o encontro, ficou acordado o agendamento para a próxima quinta-feira (1º), reunião com o secretário da Saúde, Almeida Lima, a fim de apresentar as reivindicações da categoria, entre elas, o Plano de Cargos Carreiras e Vencimentos (PCCV), incorporação da gratificação ao salário base,  além de apresentar proposta de melhorias que estão sendo oferecidos aos Cirurgiões Buco-Maxilos-Faciais.

 Gustinho Ribeiro

Em entrevista ao programa “Direto do Plenário”, da TV Alese, o deputado Gustinho Ribeiro (PRP), defendeu a finalização das obras do campus do IFS de Glória. O deputado foi enfático ao afirmar que há a necessidade urgente de entregar o prédio do IFS aos alunos, que estudam atualmente num local improvisado. “Na mochila os estudantes não levam apenas livros, mas levam sonhos”, afirmou o deputado, que visitou as obras inacabadas e garantiu lutar pelo término da construção, que iniciou há quase uma década.

Maria Mendonça I

“As minhas lentes enxergam o que o povo de Sergipe vê e sofre diariamente”. Foi assim que a deputada Maria Mendonça (PP), respondeu à provocação do governador Jackson Barreto que, em artigo onde disse que “o que se passa pelas lentes da deputada Maria Mendonça”. No texto Barreto, questionava uma entrevista da parlamentar onde ela apontava uma série de problemas enfrentados pelo Estado em áreas essenciais, como a segurança pública, em virtude da falta de planejamento de prioridade do Governo.

Maria Mendonça II

“Eu tenho uma história de vida pública transparente, que contraria a alegação de que faço a política do quanto pior melhor e comprova o princípio da coerência que tem norteado a minha postura nesta Casa”, disse a deputada, ao citar ocasiões em mandatos anteriores, que, embora estivesse na base governista, votou contra o Executivo. “Assim foi quando da privatização da antiga Energipe, no então governo de Albano Franco e, de igual modo, com a fusão da Cohidro e Emdagro, que quatro anos mais tarde mostrou-se danosa, como eu havia alertado, e foi desfeita”, apontou.

André Moura I

“O deputado André Moura marcou um gol de placa ao conseguir a liberação de R$ 900 mil, junto à Caixa Econômica Federal, para a Federação Sergipana de Futebol”. Foi assim que o presidente da FSF, Milton Dantas, definiu a atuação de André para viabilizar o patrocínio da Caixa para a Federação que irá beneficiar diretamente todos os clubes que estão participando do Campeonato Sergipano 2018.

André Moura II

A notícia foi muito comemorada por Miltinho, que vinha se empenhando para fechar esse patrocínio com a CEF. O pedido foi feito pela Federação, porém, a Caixa só iria liberar verba para quatro entidades esportivas do Nordeste e Sergipe não estava contemplado. Após surgir a possibilidade de se liberar o patrocínio para a Federação Sergipana, a Caixa prometeu atender parcialmente o pedido, e seria aprovado o valor de R$ 500 mil, o que representaria 55% dos recursos pleiteados.

Apelo atendido

André Moura foi ao presidente da Caixa, Gilberto Occhi, e renovou o pedido pleiteando que a instituição financeira liberasse o valor total do patrocínio. Reunido nessa terça-feira (27) pela manhã com o deputado federal, o presidente Occhi autorizou o patrocínio e assegurou os R$ 900 mil para a federação.

Gilberto Occhi

“Estou atendendo esse pedido em homenagem ao nosso líder no Congresso. O patrocínio já está autorizado e o ato de assinatura será marcado com a Federação Sergipana de Futebol e o deputado André”, destacou Gilberto Occhi.

Milton Dantas

“A Federação e os clubes do futebol sergipano estão muito orgulhosos da dedicação e do trabalho que vem sendo desempenhado pelo deputado André Moura. Somos gratos a tudo o que ele vem fazendo pelo esporte e quero registrar a minha alegria em fecharmos esse patrocínio com a Caixa. André é o bola cheia da rodada ao conseguir marcar esse lindo gol para o futebol sergipano”, finalizou Miltinho.

João Daniel I

O deputado federal João Daniel (PT) voltou a afirmar que uma possível privatização do Sistema Eletrobras e da Chesf não coloca em questão apenas a sua venda por um preço abaixo do mercado, mas a desconstrução da possibilidade de sermos uma nação soberana.

João Daniel II

O parlamentar participou do lançamento da Frente Parlamentar em Defesa das Distribuidoras de Energia Elétrica, ocorrido na Câmara dos Deputados, na última semana. “Nenhum país do mundo se fez Nação livre, justa e soberana entregando os seus setores estratégicos, as suas empresas, a serviço do grande capital”, ressaltou.

PMA

A Prefeitura de Aracaju realizará o pagamento dos salários de fevereiro, de todos os servidores municipais, nesta quarta-feira (28). O anúncio foi feito pelo prefeito Edvaldo Nogueira. “Todos os servidores municipais ativos, aposentados, pensionistas e os cargos em comissão receberão seus salários do mês de fevereiro na noite da quarta-feira. É resultado do esforço da administração, da organização das nossas finanças e o cumprimento do compromisso que firmei com a sociedade”.

Indenizações

Além do pagamento dos salários de fevereiro, a prefeitura de Aracaju dará continuidade ao pagamento das indenizações de funcionários dispensados da administração em 2014, 2015 e 2016 e que não receberam na gestão passada. Para esta modalidade de pagamento, a gestão direcionará cerca de R$ 1 milhão.

Emília Corrêa I

A vereadora Emília Corrêa (Patriota) destacou a instalação, por determinação da justiça e de forma definitiva, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Lixo, na Casa Legislativa. A parlamentar lembrou que a CPI deveria ter sido instalada ainda em 2017 e que a Casa utilizou de manobras regimentais para impedir o trabalho de averiguação dos contratos firmados pela Prefeitura de Aracaju com a Torre Empreendimentos para a coleta do lixo e limpeza pública entre os anos de 2010 e 2016.

Emília Corrêa II

“O povo de Aracaju entendeu. A Casa protelou para não mostrar a verdade. Mas não existe a necessidade de temor sobre a sua instalação. A CPI não é um instrumento de acusação, mas de esclarecimento e essa é uma das atribuições dos parlamentares. Os vereadores têm o dever de fiscalizar a administração e não lavar as mãos. O povo de Aracaju precisa saber a verdade”, concluiu.

TCE

Em sessão especial do Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) na próxima quinta-feira (1º), o procurador-geral João Augusto Bandeira de Mello será reconduzido para um novo mandato de dois anos à frente do Ministério Público de Contas. O decreto de nomeação que reconduz o procurador-geral para o novo mandato foi assinado pelo governador Jackson Barreto, no último ​dia 8.

Aclamação
Bandeira foi reeleito por aclamação, no dia 5 de fevereiro, pelo parquet composto ainda pelos procuradores Sérgio Monte Alegre, Eduardo Côrtes e Luís Alberto Meneses, que, em prol da candidatura única, retiraram seus nomes no momento da formação da lista tríplice.

Bandeira de Mello

O procurador-geral já adiantou que pretende pôr em prática novas ações e continuar executando os trabalhos encaminhados nos últimos dois anos, com o foco em áreas como a previdência, educação, oncologia, entre outros. A ideia, segundo ele, é aprimorar o controle externo, proporcionando melhorias nos serviços públicos ofertados à sociedade sergipana.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com