28/02/18 - 07:40:04

Ninguém é de ninguém

Quem vai com quem para o baile eleitoral deste ano? Taí uma pergunta de difícil resposta, pois os caciques políticos ainda estão negociando os espaços nas chapas majoritárias. A tendência petista Articulação de Esquerda defende candidaturas próprias ao governo e ao Senado, mas a maioria do PT prefere marchar ao lado do governador e pré-candidato a senador Jackson Barreto (MDB). O PSB segue discutindo a difícil aliança com o PSC de André Moura e o PSDB de Eduardo Amorim, porém a direção nacional do partido defende que o filiado Valadares Filho dispute o governo. O PDT e o PR permanecem no barco da situação, embora analisem com carinho os insistentes acenos para se juntarem à oposição. Portanto, até as convenções partidárias, toda aliança pode ser desfeita visando atender os interesses dos caciques, muito mais preocupados com a própria sobrevivência política do que com um futuro melhor para os sergipanos.

Gosto de gás

O senador licenciado Antônio Carlos Valadares (PSB) não perde uma chance para criticar o governador Jackson Barreto (MDB). Segundo o Vavá, JB não aplica o mínimo exigido de 12% na saúde, engabela prefeitos, ao subtrair ilegalmente dos municípios receitas do ICMS e atrasa salários. O senador também lembra que Jackson torrou o Fundo de Previdência, abandonou a segurança pública e as rodovias estaduais. Cruz credo!

 Nova chance

 A Assembleia prorrogou, de ontem para amanhã, as inscrições para o concurso público que realizará em abril deste ano. Estão sendo oferecidas 96 vagas para técnico e analista legislativo. As provas vão ser elaboradas pela respeitada Fundação Carlos Chagas. Como dizem os coleguinhas colunistas, bola branquíssima para a Assembleia.

 Violência preocupa

E quem anda preocupado com a segurança dos estudantes é o vereador aracajuano Jason Neto (PDT). Ele quer informações da Secretaria de Educação de Aracaju sobre o monitoramento eletrônico das escolas municipais. Segundo o pedetista, a segurança dos alunos e professores “deve ser uma prioridade, um trabalho contínuo e diário”. Certíssimo!

Pé atrás

Nos corredores palacianos são fortes os comentários sobre a hipótese de Jackson Barreto desistir de disputar uma cadeira no Senado. Amigos e auxiliares mais próximos de JB estariam aconselhando a permanecer no governo até o fim do mandato. Alguns “conselheiros” temem que Jackson seja derrotado nas urnas, enquanto outros estão preocupados mesmo é em preservar os “empregos” e as mordomias do poder. Marminino!

 Na terrinha

 E quem deve visitar Sergipe no próximo dia 15 é o ministro Helder Barbalho (MDB). Vem prestigiar a inauguração da duplicação da rede de abastecimento de águas de Tomar do Geru, Umbaúba e Itabaianinha. Barbalho foi convidado para a festa pelo governador Jackson Barreto (MDB).

 Tragédia anunciada

Vez por outra, assiste-se no Brasil tragédias que poderiam ser evitadas. Em Aracaju, por exemplo, famílias carentes residem sobre a antiga lixeira do bairro Soledade. Todo mundo sabe disso, mas nenhuma autoridade se dispôs, ao menos, a alertar sobre o risco que correm aquelas famílias morando em cima de um colchão de gás, uma mortífera bomba sem pavio ou hora marcada para explodir. Lastimável!

Ficha suja

Votar em ficha suja

é votar contra a nação,

É como criar galinha

E a chave do portão,

Dar a comadre raposa

ou ao amigo gavião.

O cordel acima é do poeta Reginaldo Melo.

 Luta vitoriosa

Foi graças à mobilização dos trabalhadores da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), que o governo desistiu de privatizá-lo. Pelo menos é assim que pensa a deputada estadual Ana Lúcia (PT). “Foram dois anos de muita luta em defesa da empresa como patrimônio dos sergipanos”, discursou a petista.

Justa homenagem

Pestes a ser inaugurada, a escola de ensino fundamental do bairro 17 de Março, em Aracaju, será batizada de José Souza de Jesus, sindicalista falecido em 2014. O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) disse que escolheu o nome de Souza “por sua trajetória social e política. A coerência, simplicidade, capacidade e firmeza foram algumas das características desse grande sergipano”. É vero!

Chove chuva

Desde as primeiras horas de hoje que chove forte no litoral sergipano. Então, como bem canta Jorge Ben Jor, “chove chuva/ chove sem parar”, principalmente no sertão sergipano, onde o homem do campo reza para as trovoadas encherem tanques e aguadas.

Recorte de jornal

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 16 de julho de 1908.

Resumo dos Jornais