02/03/18 - 14:19:38

IFS FARÁ AULAS DE EXTENSÃO RURAL E CORREÇÃO DE SOLOS

Próxima terça-feira, 6, estudantes do curso superior em Agroecologia do campus São Cristóvão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS) farão visitas monitoradas a lotes de Agricultura Orgânica inseridos no Perímetro Irrigado Piauí, administrado pela Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) em Lagarto, 75km da capital. Nesse dia de campo e extensão rural, os alunos orientarão os agricultores em como fazer a coleta de solos para medir seus níveis de nutrientes. Posteriormente as amostras passarão por análise no Laboratório de Solos da instituição de ensino.

Essas amostras, após serem feitos os testes laboratoriais, terão o resultado analisado pela doutora em Solos do IFS, Liamara Perin, que fará as orientações para a adubação orgânica. “A realização da análise de solo permite ao agricultor conhecer o nível de fertilidade do seu solo e adubar apenas o necessário. Dessa forma, buscará aumento de produtividade evitando gastos com aplicação de adubos sem necessidade. A Agroecologia busca aumentar os níveis de matéria orgânica nos solos, pela aplicação de adubos orgânicos que são em sua maioria resíduos, mais completos nutricionalmente”, explicou. Em data posterior, os estudantes retornarão ao perímetro Piauí para devolver a análise e explicar como proceder às correções de nutrientes dos solos.

Para o presidente da Cohidro, José Carlos Felizola, contribui muito, aos lotes irrigados, este tipo de inserção do meio acadêmico. “Auxilia ao nosso trabalho de assistência técnica agrícola, temos um grande número de produtores – 421 só no perímetro de Lagarto – para nosso reduzido quadro de técnicos. O produtor ganha em atendimento e o estudante adquire experiência, para depois poder retornar a este ou em outros campos. Volta como profissional mais gabaritado, a partir desta vivência que teve em ambiente rural de alta produtividade, movida pela irrigação pública”.

Será a professora-doutora em Ciências Sociais Gleise Prado da Rocha Passos, quem levará os alunos ao campo, em sua disciplina de Extensão Rural. “Pretende-se realizar uma ação de extensão rural através de oficinas pedagógicas sobre as culturas adequadas aos diferentes tipos de solo. Para isso, numa primeira etapa faremos visitas a algumas propriedades para fazer a coleta das amostras de solo. Depois, estas serão analisadas pelo Laboratório de Solos do IFS campus São Cristóvão, coordenado pela professora Liamara. Num segundo momento, retornaremos para ministrar as oficinas. Além disso, objetiva-se proporcionar aos alunos a possibilidade de aplicação prática dos conhecimentos aprendidos em sala de aula”, revelou ela.

Diretor de Irrigação e Desenvolvimento Agrícola da Cohidro, João Quintiliano da Fonseca Neto observa que a proposta do curso do IFS aborda uma matéria deficitária, que exige mais atenção no meio rural. “Talvez pelo fato de os agricultores de hoje serem, geralmente, filhos e netos de agricultores que fecundavam a terra somente a partir de análises empíricas, baseadas no próprio conhecimento ou da sabedoria popular, que por isso eles aderem muito pouco a possibilidade de análise laboratorial do solo, para ser feita a correção de fertilidade. Vejo com bons olhos a iniciativa das professoras e alunos, de oferecer o serviço de modo gratuito e incentivando, convencendo eles e seus vizinhos da necessidade de continuar a fazer as análises”, considerou.

Serviço:

O que: Dia de Campo e Extensão Rural dos estudantes de Agroecologia do IFS

Quando: dia 7 de março de 2018, a partir das 8h

Onde: Perímetro Irrigado Piauí, Rodovia SE-270, S/N, Povoado Moita Redonda, Lagarto-SE

Fonte e foto assessoria