03/03/18 - 06:48:56

EMPRESÁRIOS REÚNEM COM LAÉRCIO PARA TENTAR DERRUBAR VETO

Cerca de 200 empreendedores de micro e pequenas empresas de Sergipe se reuniram com o deputado federal Laércio Oliveira (SD), em um almoço no Del Mar Hotel, na tarde desta sexta-feira (02), para discutir uma estratégia com o parlamentar para trabalhar a derrubada do veto presidencial 5/2018, que impede as micro e pequenas empresas de ter acesso ao programa de parcelamento de dívidas (Refis). Os empresários reclamaram para o deputado, que é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista do Comércio, Serviços e Empreendedorismo no congresso nacional, que estão atravessando dificuldades para manter a sobrevivência de suas empresas.

O Refis foi aprovado para empresas de médio e grande porte, excluindo os micro e pequenos empreendedores do programa de renegociação de dívidas. O veto do presidente Michel Temer criou um clima de apreensão e preocupação entre os empresários, que temem fechar seus negócios. O empresário Carlos César destacou que se não houver a derrubada do veto, as empresas poderão continuar fechando suas portas, aumentando o contingente de desempregados no estado.

“Está muito complicado manter uma empresa, por menor que seja, no Brasil. O ato de insensibilidade com os empreendedores cometido pelo presidente, ao vetar o Refis para os optantes do Simples Nacional, criou mais um embarreiramento que acentua os danos que sofremos nos últimos três anos, com os impactos provocados pela crise econômica. Nós não queremos fechar nossas portas, nem colocar mais pessoas na fila de desempregados. E para tentar salvar nossos negócios e continuar gerando emprego, viemos pedir ajuda ao deputado Laércio, que é um representante da classe empresarial, presidente da Fecomércio e conhece melhor que muitos, a realidade das empresas brasileiras”, disse César.

Laércio Oliveira explicou que está trabalhando em Brasília para que o veto do presidente seja derrubado. Ele destacou que não pode haver diferenciação entre as empresas, quer sejam grandes ou pequenas, pois as MPEs são as maiores geradoras de emprego no país.

“Temos uma realidade em que as empresas estão com dificuldade para se manterem abertas e se sustentar no mundo dos negócios. A crise se alastrou e prejudicou muito as empresas, principalmente as micro e pequenas, nos últimos três anos. O que também influenciou no aumento do desemprego de 2014 a 2016. É necessário dar as condições para as micro e pequenas empresas para que eles sobrevivam. Não podemos tratar questões iguais de forma diferente, pois são todos geradores de emprego e renda para a população. Aliás, os maiores geradores de empregos do país são justamente as micro e pequenas empresas. Eu vou trabalhar arduamente na intenção de derrubar o veto, para ajudar a manter as empresas em funcionamento”, disse Laércio Oliveira aos empresários durante a reunião.

Por Márcio Rocha

Foto assessoria