03/03/18 - 06:30:41

INVESTIMOS PRA GERAR DESENVOLVIMENTO E EMPREGO, DIZ JACKSON

Na manhã desta sexta-feira (02), o governador Jackson Barreto visitou o município de Santa Luzia do Itanhi para realizar três importantes ações que beneficiarão a cidade nas áreas de infraestrutura e turismo. Somando mais de R$ 9 milhões, foram entregues obras de esgotamento sanitário no Crasto e autorizadas pavimentação na sede e construção da orla do povoado Crasto. A primeira delas trata da assinatura da Ordem de Serviço que autoriza a execução da pavimentação asfáltica de vias localizadas na sede municipal.

Serão asfaltadas as seguintes vias: entorno da Praça Getúlio Vargas; entorno da Praça Barão Rio do Branco; entorno da Praça Dr. Paulo Fontes. A pavimentação se estenderá por 1.430 metros, correspondendo a uma área de 11.481,00 m². O investimento do governo do Estado na pavimentação asfáltica é de R$ 434.056,04.

A obra facilitará a vida da população, além de estimular o desenvolvimento no município. “Eu não poderia esquecer nunca de Santa Luzia do Itanhi. Eu tomei uma posição, que eu não ia sair do governo sem deixar Santa Luzia do Itanhi asfaltada, até porque quando se chega aqui, Estância está asfaltada, que nosso governo asfaltou, fiz quase trinta ruas. Levei asfalto para Indiaroba, para Umbaúba, Arauá, Itabaianinha, como é que eu não podia colocar asfalto em uma terra que eu conheci primeiro do que todas as demais? E eu estou aqui para cumprir a palavra”, destacou Jackson Barreto em seu discurso durante a solenidade.

Para o secretário Valmor Barbosa, o investimento se configura uma preocupação do governo do Estado com os moradores de Santa Luzia do Itanhi. “É uma alegria muito grande assinar essa ordem de serviço, já que hoje a infraestrutura urbana é um pleito geral dos gestores municipais. De 2007 até agora, já ultrapassamos mais 200 km de asfalto em sedes municipais, num investimento de mais R$ 130 milhões do cofre estadual. Esse serviço é importante porque ele revitaliza a cidade e melhora o trânsito. Em no máximo em dez dias, estaremos concluindo a pavimentação. O número de obras que estamos realizando no estado todo é um muito significativo. Isso demonstra que o Estado tem o compromisso e a preocupação de oferecer serviço de qualidade à população mesmo com a crise”.

O prefeito, Edson Cruz, ressaltou a sensibilidade do governador em atender  um pedido importante para o desenvolvimento do município. “Apesar de momentos difíceis e pensamentos sem esperança, a gente persiste. Lembro bem, ao ser recebido no palácio, com o deputado Zezinho Guimarães, que nós fizemos dois pedidos. Dos dois, priorizamos um, que graças a Deus, o governador está vindo hoje cumprir. Quero aqui agradecer ao governador pela realização desse sonho que é asfaltar a cidade de Santa Luzia, pois diante das dificuldades que temos em manter esse atual calçamento, com esse novo asfalto, grande parte dos problemas será eliminada”.

Obras no Crasto

Da sede de Santa Luzia, Jackson Barreto seguiu para o Povoado Crasto, onde o governo do Estado vem realizando grandes investimentos para fomentar o turismo e melhorar a qualidade de vida da população. Nesta sexta, foi entregue o sistema de esgotamento sanitário, um aporte de R$ 6.686.569,31 que beneficia  duas mil pessoas.

A rede de esgotamento sanitário foi executada por meio do Prodetur e tem cerca de 4.100 metros de extensão, com uma estação elevatória e uma Estação de Tratamento de Esgoto que ocupa uma área de 22.000 m², garantindo qualidade de vida e sustentabilidade ambiental à região.

Além de propiciar a melhorias à população, o sistema vai atender a necessidade de sustentabilidade e proteção ambiental a uma das áreas de Sergipe considerada patrimônio natural, a Reserva do Crasto. A região é banhada pelos rios Piauí/Piauitinga e Real tem uma das principais reservas remanescentes de Mata Atlântica em Sergipe, um forte atrativo para a prática do ecoturismo e, também, para a pesquisa científica.

“A empresa está de parabéns pela beleza e competência da obra. Esgotamento sanitário numa área dessas, num município que tem um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano, é muito importante. Aqui tem estação de tratamento que muitas cidades não têm. Aqui foram investidos quase R$ 7 milhões em esgotamento sanitário. Estou feliz porque aqui é uma região que a gente precisa tratar para casar com a ponte Gilberto Amado, que Marcelo Déda construiu. Porque cada obra dessa fortalece o turismo na região, melhora a qualidade de vida das pessoas, gera emprego e renda e prepara Santa Luzia para o futuro. Turismo para gerar emprego para a população, principalmente,  para juventude”, ressalto o governador.

Outra boa notícia para quem mora no povoado foi a autorização para abertura de processo licitatório para construção da Orla do Crasto. Também por meio do Prodetur e com investimento estimado de R$ 2.757.648,03, a Orla do Crasto projeta um novo cenário turístico e econômico na região. Com a obra, novas oportunidades de negócios deverão surgir, a exemplo de pousadas e restaurantes.

O governo do Estado irá implantar um polo a partir de três núcleos: turístico, de lazer e econômico. O turístico contempla atracadouro, espaço para receptivo de visitantes e catamarã; o de lazer engloba ciclovia, estacionamento, parque infantil e banheiro; e o econômico objetiva cuidar do setor da pesca, através da construção de galpão, confecção de redes, espaço para montagem de canoas e tratamento de peixes. Nesse espaço, os pescados poderão ser comercializados.

Além disso, a orla também contará com paisagismo completo, local para recepção de barcos de pesca atendendo aos critérios de vigilância sanitária, depósito com câmara fria, estaleiro para secagem do pescado e miniestaleiro para manutenção de embarcações; deck de madeira; prédio de apoio ao turista; jardins para contemplação e grande atracadouro destinado a catamarãs e embarcações de lazer.

“O Crasto recebeu um grande presente. Estamos investindo mais de R$ 7 milhões num município que tem um baixo IDH. Foi a rodovia do Crasto, o esgotamento sanitário e, agora, a construção da orla e também a ordem de serviço para pavimentação asfáltica da cidade. Então, eu quero deixar bem claro que o governo do Estado está fazendo a sua parte. Dois municípios na região sul tem os piores IDH do estado, Santa Luzia do Itanhi e Indiaroba. Investimos para gerar emprego e desenvolvimento, para fortalecer o turismo e oportunizar a vida dos moradores e pescadores. Essa orla, eu não tenho a menor dúvida, vai ser o mais belo cartão postal de Santa Luzia do Itanhi”, declarou Jackson Barreto.

Essa nova perspectiva de futuro para os moradores do Crasto, bem como de valorização turística para o município, na ótica da presidente da Colônia de pescadores de Santa Luzia do Itanhi, Selma Lúcia dos Santos, é sinônimo de progresso.

“Essa obra é muito importante para nós. Com o asfalto, já houve uma melhora muito essencial, porque antigamente os pescadores saiam para vender os seus produtos e não tinham como passar na cidade por causa da lama. Com a orla, será melhor ainda. Esta orla foi estudada e planejada. Pelo projeto, existirá um setor que atenderá a área pesqueira. Além disso, vai existir um atracadouro para receber os barcos pesqueiros. A gente aqui não tem nenhum barco pesqueiro, apesar disso, existem vários barcos de outros municípios que vêm descarregar aqui. Então, essa é uma obra de grande importância”.

Foto de Leandro Luz

ASN