08/03/18 - 13:30:37

45% DO ORÇAMENTO DA PMA É GERIDO POR MULHERES, DIZ EDVALDO

O prefeito Edvaldo Nogueira e a vice-prefeita Eliane Aquino recepcionaram as servidoras municipais, no Centro Administrativo da Prefeitura de Aracaju, na manhã desta quinta-feira, 8, como forma de homenageá-las pelo Dia Internacional da Mulher. Em sua mensagem, o prefeito ressaltou o respeito às mulheres e a valorização delas pela atual gestão. “Além de ter uma vice-prefeita, na nossa administração, as mulheres são as responsáveis por gerir 45% do nosso Orçamento, nas secretarias da Saúde, da Educação e da Assistência Social”, disse.

Na recepção, elas foram agraciadas com flores e chocolates, além de uma apresentação musical. A programação, que se estendeu por toda a manhã, envolveu ainda a realização de palestras, momento da beleza e aula de dança.

“As mulheres têm ocupado importantes espaços na vida econômica, política e social. Elas já são a maioria nas universidades, chefiam famílias, dão conta de todas as profissões e funções. Sabemos que isto não é fácil, é uma luta diária contra o preconceito, a violência doméstica e todo tipo de agressão. Por isso, é tão importante celebrar este dia e reafirmar a luta pela igualdade e pelo respeito”, destacou o prefeito.

Edvaldo ressaltou que, em seu governo, “a valorização das mulheres é clara”. “Temos a nossa vice-prefeita, Eliane Aquino, que desenvolve muito bem o seu papel, e é responsável pela Secretaria da Assistência Social, que responde por 9% do nosso orçamento. Temos as secretárias Waneska Barboza, da Saúde, pasta com 21% do orçamento, e Cecília Leite, da Educação, com outros 15%. No total, chegamos a 45% de todo o recurso da prefeitura de Aracaju sob a responsabilidade das mulheres. Isto faz toda a diferença”, pontuou.

A vice-prefeita Eliane Aquino abordou em seu discurso que as mulheres querem “ser respeitadas e ter voz”. Ela salientou que “as mulheres estão ocupando todos os espaços” e que isto deve ser valorizado. “O que estamos vivendo hoje na Prefeitura é um exemplo. Em todos os espaços que estamos é perceptível que a maioria é mulher. São mulheres que brigam, não só defendendo seu espaço, mas querendo respeito, voz e igualdade todos os dias”, disse.

Foto Marco Vieira

Por Valter Lima