08/03/18 - 09:12:24

Governador celebra 183 anos da Polícia Militar e recebe placa da Corporação

Jackson Barreto outorgou medalhas por tempo de serviço a militares e medalhas do Mérito Policial Militar a militares e civis e recebeu placas pelas conquistas históricas obtidas pela categoria. Na ocasião, Jackson informou que os novos editais para os Concursos da Polícia Militar do Estado de Sergipe e Corpo de Bombeiros serão anunciados ainda em março

A Polícia Militar de Sergipe (PMSE) completou 183 anos de Corporação e para celebrar a data, o governo de Sergipe realizou, na noite desta quarta-feira (07), solenidade de Formatura da Tropa com outorga de medalhas. Em uma cerimônia marcada por muitas homenagens, o governador Jackson Barreto entregou medalhas de Ouro por tempo de serviço a militares e medalhas do Mérito Policial Militar a militares e civis. Na ocasião, Jackson recebeu placas pela lealdade, esforço e sensibilidade no trato com a Corporação, assim como pelas conquistas históricas obtidas pela categoria, como o PTS, o subsídio, a presunção de inocência dos oficiais e praças na promoção, o auxílio para aquisição de uniformes e o código de ética da instituição. O governador, ao lado do vice-governador Belivaldo Chagas, informou, também, a publicação do edital do Concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros para o final do mês de março.

Em seu discurso, o governador exaltou a lealdade da Polícia Militar e o sentimento de dever cumprido para com a Corporação.  “Quero agradecer a convivência leal e fraterna por essa instituição que respeito e que tenho muito carinho. Foram quase cinco anos de governo, eu tive a responsabilidade de conduzir o Estado, tendo ao meu lado a lealdade da Polícia Militar. Estou extremamente feliz, posso deixar o governo com a tranquilidade de dizer, por onde eu passar, que eu tive grandes amigos no governo de Sergipe. Quero destacar, acima de tudo, o respeito e alegria que essa Instituição me deu ao trabalharmos de forma solidária e fraterna, na base do diálogo e entendimento. Se as conquistas aconteceram, foram muito mais pelo merecimento da Corporação. O meu sentimento com a questão do Apostilamente é a formação humana. Eu sei que a questão do Apostilamento foi fundamental para a nós reconhecermos o papel de militares que deram sua vida o tempo inteiro por essa Instituição e que não estava sendo respeitada. Se eu fiz pela Polícia, ela também fez por merecer. Muito obrigado, Polícia Militar de Sergipe, pela lealdade à sociedade sergipana, à farda, à hierarquia e ao Estado de Sergipe”, declarou.

O governador disse que, até o dia 25 de março, será anunciado os novos editais para os Concursos Públicos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. “Sabemos perfeitamente que, a cada ano, a Polícia vai fazendo reformas de militares e cada vez mais precisa melhorar o efetivo, porque estamos com números abaixo das necessidades do estado e da segurança. O concurso também é o reconhecimento do efetivo que a Polícia Militar precisa”, informou.

Agradecido com avanços obtidos pela Instituição, o comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel Marcony Cabral, garantiu que a Corporação irá se empenhar cada vez mais para manter os bons serviços prestados à sociedade. “São 183 de uma Corporação que é patrimônio do povo sergipano e que, ao longo de quase dois séculos, se concretizou como uma Instituição presente em todos os locais, todos os municípios  de Sergipe, prestando serviços que fossem necessários ao atendimento da população. Então, é um de festa para todos nós e no momento em que a Polícia Militar passa por grandes avanços no governo Jackson Barreto, porque tínhamos várias demandas que foram atendidas. Agora é continuarmos honrando esse compromisso com aqueles que construíram a Polícia Militar, desde a sua origem até os dias de hoje”, frisou .

Homenagem

Na oportunidade, o governador foi surpreendido com uma placa em homenagem à sua lealdade, esforço e sensibilidade como gestor. A placa foi entregue pelo comandante Geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral.

A homenagem trazia os dizeres: “Toda gratidão e o reconhecimento de uma tropa assistida pela lealdade, esforço e sensibilidade de um Chefe justo e honrado, a quem devemos conquistas históricas como a PTS, o Subsídio, a presunção de inocência dos oficiais e praças na promoção, o auxílio para aquisição de uniformes, o nosso código de ética e disciplina, dentre outras, realizando antigos sonhos da família Polícia Militar. Que Deus te dê uma vida longa, saudável e muito feliz, e que continue iluminando, abençoando, protegendo a sua caminhada”.

Para o governador, a homenagem simboliza o reconhecimento pelo esforço em garantir os direitos tão almejados pela categoria.  “A homenagem foi gratificante. Foi um reconhecimento que vou guardar no fundo do meu coração, porque, afinal de contas, eu tenho consciência plena, sem nenhuma falsa modéstia, de entender que somos um governo que marcamos muito nossa presença atendendo aos pleitos e as reivindicações da Polícia Militar. E essas conquistas da Polícia Militar transformaram em realidade os sonhos de muitos militantes. Entre elas, o PTS, a questão do Apostilmento, a questão do uniforme, subsídios, a presunção da inocência, o código de ética da polícia, que era da época da ditadura militar e que nos reformamos e atualizamos em respeito ao militar. Enfim, foram conquistas que vão ficar registradas na história da Polícia Militar e eu tive a oportunidade de ser o portador desses sonhos e transformá-los em realidade”, agradeceu.

Medalhas

A solenidade foi marcada também pela entrega da Medalha do Mérito Policial Militar. A medalha foi instituída pelo Decreto nº 10.632, de 28/06/1989, e reconhece e premia militares, civis ou Instituições que tenham prestado relevantes serviços à Corporação.

Receberam a Medalha do Mérito Policial Militar: o capitão dos Portos de Sergipe – Capitão de Fragata Alessandro Pires Black Pereira; o comandante do 28º Batalhão de Caçadores, Tenente Coronel de Infantaria José Fernandes Carneiro dos Santos Filho; o comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Aracaju, capitão Diego Almeida Teixeira; o chefe do Setor de Acolhimento aos Inativos da PMSE – major PMSE Adroaldo Gonzaga Santos; e o subtenente PMSE Edivaldo Fagundes Santos, efetivo do Getam.

O  capitão de Fragata da Capitania dos Portos de Sergipe, Alessandro Pires Black Pereira, destacou que a homenagem se deve à contribuição com a formação de pilotos para o GTA da PM de Sergipe. “Essa parceria entre Polícia Militar e Marinha já dura muito tempo. É muito importante essa integração entre as forças para-militares. Fico feliz e lisogelado de estar recebendo esta homenagem”, agradeceu.

Além da Medalha do Mérito Policial Militar, foram concedidas medalhas de Ouro por 30 anos de serviços prestados à Corporação. Um dos homenageados, o subtenente Ivan Carvalho Santos descreveu a satisfação de receber a honraria. “É uma alegria muito grande ser lembrado num momento como este tão significativo da minha vida, já que estou prestes a encerrar a carreira militar. São 30 anos efetivo de serviços, de muita dedicação, de trabalho árduo, sempre procurando dar o meu melhor e garantir segurança à nossa população”, disse o subtenente.

Além dele, receberam a Medalha de Ouro por 30 anos de serviços; o tenente Coronel PMSE Gledson Lima Alves (Chefe da PM-4); Major PMSE José André Lima Neto (Subcomandante do 6º BPM); 1ª Tenente PMSE Maryfran Costa Santos Filha (CFAP); 1º Sargento PMSE José Carlos de Azevedo Santos Sobrinho (CFAP); 2º Sargento PMSE Josival Pedro (CFAP); 3º Sargento PMSE Júlio César Gonçalvez de Souza (CFAP); 3º Sargento PMSE Gilvan Guedes Santos (GETAM); 3º Sargento PMSE Marcos Antônio Santos (BPCHOQUE); 3º Sargento PMSE Genilson de Oliveira Santos (BPCHOQUE).

Na oportunidade, o vice-governador Belivaldo Chagas ressaltou que a Polícia Militar é um das mais importantes instituições para segurança pública. “É um dia de alegria, de reconhecimento pela representatividade que tem a Polícia Militar para Sergipe. A partir do momento em que ela comemora 183 anos de existência, é hora de enaltecermos todos esses anos de bons serviços. Estamos aqui, portanto, para homenagear e desejar boa sorte. Que a Polícia Militar de Sergipe continue desempenhando brilhantemente o seu papel, de servir à população”.

Já o secretário de Segurança Pública, João Eloy, valorizou o trabalho árduo da Polícia na garantia da segurança do cidadão. “A Polícia Militar está de parabéns. Devemos agradecer a esses bravos policiais, que se arriscam todos os dias nas ruas para prestar esse bom serviço à população de Sergipe. Só tenho a agradecer a essa devoção e dedicação”, ressaltou o secretário João Eloy.

O evento, ainda, homenageou policiais militares femininas que se destacaram na prestação de serviços à sociedade sergipana. Uma alusão ao Dia Internacional da Mulher, que é celebrado no dia 08 de março.

PM

A Polícia Militar de Sergipe foi instituída em 28 de fevereiro de 1835, com o nome de Força Policial da Província. Até o ano de 1834, existia a Guarda Municipal Permanente da Província. No governo de Manuel Prisciliano de Oliveira Valadão (1914/1918), foi assinado o Decreto nº 658, que militarizou a Força Pública do Estado de Sergipe. A Lei nº 38, de 10/11/1936, criou o Batalhão de Infantaria do Interior. Em 1995 foi criada a Companhia de Polícia Feminina, desativada em 1998, com seu efetivo distribuído pelas demais unidades.

Ações do Governo

Progressão Por Tempo De Serviço (PTS) é um divisor de águas na história dos servidores militares de Sergipe, que estavam com suas carreiras congestionadas, sem perspectiva de ascensão profissional. A partir dela, foi estabelecido tempo máximo de permanência do militar no posto ou graduação em que se encontra, garantindo a fluidez da sua trajetória na Corporação, independentemente da abertura de vagas.

A terceira turma do concurso realizado em 2014 já ingressou a Corporação. Em março de 2016, ingressaram na corporação 350 novos soldados e, em janeiro de 2015, aconteceu a formatura da primeira turma constituída por 657 novos soldados. Com as três turmas ingressaram mais de 1.250 novos soldados na Corporação.

Em dezembro de 2016, o governador Jackson Barreto sancionou a Lei de Subsídios aos Militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Com as medidas, o policial militar passar a ter subsídio como forma de remuneração, desaparecendo a possibilidade de perdas na sua aposentadoria.

Investimentos

O governo de Sergipe implantou novo Sistema de Telecomunicação Digital da Segurança Pública de Sergipe – R$ 26.823.356,52. O investimento é oriundo da SENASP, através do Programa Brasil Mais Seguro.

Em setembro de 2013, Sergipe aderiu ao Programa viabilizando um aporte de recursos da ordem de R$ 57,4 milhões, por meio da SENASP. O Programa é voltado ao fortalecimento da Polícia Civil, Perícia, Inteligência de Segurança Pública, policiamento ostensivo de proximidade, aperfeiçoamento tecnológico e ações de prevenção, capacitação e valorização profissional, para redução de homicídios nos municípios de Aracaju, São Cristóvão, Nossa senhora do Socorro, Itabaiana, Lagarto, Estância e Maruim.

O governo do Estado tem realizado investimento de R$ 10,7 milhões na aquisição de armas, munições, coletes e equipamento de proteção para as Polícias Civil e Militar. A PMSE recebeu, por meio de convênio SENASP, 32 bases móveis de Polícia Comunitária. As bases totalizam um investimento de R$ 4.784.000,00.

Em Itabaiana, o governador entregou a sede da primeira unidade do Getam no interior e entregou 15 primeiras motos que formam o primeiro lote de 42 novas motocicletas (Investimento de R$ 1,7 milhão) adquiridas para renovar a frota.

Desde sua implantação, o governo do Estado já investiu na aquisição de equipamentos e veículos para o aparelhamento do Getam e na reforma de instalações cerca de R$ 2.500.000,00. Houve um acréscimo no efetivo de 60 homens para 95 policiais militares.

Presenças

Participaram da solenidade, representante do Corpo de Bombeiros de Sergipe, coronel Gilvan Monteiro; coronel José Pereira de Andrade Filho, subsecretário de Segurança Pública; representando o 28º Batalhão de Caçadores, tenente-coronel Dutra Rocha; capitão Diego Teixeira do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Aracaju; coronel José Andrade; coronel Eduardo Henrique Santos, chefe do Gabinete Militar de Sergipe; coronel Rita de Cássia, subchefe do Estado Maior; tenente–coronel Vivaldi Cabral; comandante da Polícia Militar da Capital; tenente coronel- Eliziel Alves, comandante da Polícia Militar do Interior e vereador Zezinho do Bugio.

ASN

Foto André Moreira