09/03/18 - 00:01:52

SAÍDA DE JACKSON JÁ DEFINIDA

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Fim das fofocas sobre a saída ou permanência de Jackson Barreto do Governo, até o final do mandato. JB está em clima de desincompatibilização e será candidato ao Senado Federal. Assim como estava escrito no projeto inicial do grupo que assumiu o Estado em 2014.

Mesmo que haja exposição na mídia de posições de JB anunciando que não disputaria a um novo mandato, ele mesmo foi convencido – há dois anos – que sua ‘aposentadoria’ não seria a melhor opção. Jackson conversou muito com aliados, líderes políticos e prefeitos, para que adotasse essa posição. Está tudo correndo bem.

Uma das coisas que mais irritava a Jackson Barreto era a pressão para que ele saísse o mais rápido possível do Governo. Sentiu como se fosse rejeitado por aliados e dentro de sua estrutura administrativa. Quando todos relaxaram, inclusive quem defendia sua permanência, o governador sentiu-se aliviado e ficou à vontade para projetar a sua saída, sem que fosse festejada.

Há uma agenda de visitas, ordens de serviços e inaugurações, entre elas a do ginásio de esportes de Itabaiana, dia 06 de abril, data em que Jackson Barreto deve anunciar a sua desincompatibilização e daí iniciar a sua pré-campanha. Já o vice-governador Belivaldo Chagas [que assume o Estado] vai iniciar mudanças no Governo e colocar em funcionamento o projeto que, de alguma forma, reformule a estrutura e imagem do Estado.

Não será fácil esse período e precisa da participação de todos que estão vinculados a esse projeto que monta uma nova concepção de Estado, capaz de favorecer à candidatura de Belivaldo Chagas. Mas, como a política também se faz de interesses pessoais, é preciso que todos se desnudem do que parece vantagem eleitoral e embarquem na luta em defesa de uma causa.

Quanto à oposição, continua o mal estar em relação a imposições de candidaturas. Já no PSB há um euforismo real para a candidatura de Valadares Filho ao Governo.

VALADARES FILHO PARA VICE

O senador Eduardo Amorim (PSDB) ainda pensa em ter o deputado Valadares Filho (PSB) como vice, em uma chapa que ele disputará o Governo.

É isso que revela pessoas do bloco de oposição.

MAS QUE VENHA SEM O PAI

Segundo ainda fonte do grupo, Eduardo Amorim não pretende uma chapa com senador Valadares candidato à reeleição, como teria ficado acertado em 2016.

Mas é esse exatamente o grande problema da composição não ter dado certo.

PODE SER OUTRO VICE

Eduardo Amorim, entretanto, já não se fixa apenas em Valadares Filho para ser seu vice. Ele já concorda que seja um outro nome.

Ainda estão conversando para ver quem encaixa no projeto.

SENADOR QUER FILHO NO GOVERNO

O senador Valadares (PSB) tem conversado muito com lideranças políticas, sobre a candidatura de Valadares Filho ao Governo. Vê muita chance de vitória.

Hoje ele terá conversa importante já em Aracaju.

VALADARES FILHO NÃO RECUA

Valadares Filho não parece disposto a recuar de sua candidatura a governador e não pensa mais em ser vice de Eduardo Amorim. Isso é coisa do passado.

Mais há uma verdade: poucos acreditam que ele será candidato.

FABIO VAI A CONGRESSO

Fábio Henrique participou ontem do congresso do PDT que definiu Ciro Gomes – sem recuo – a pré-candidato a presidente da República.

O PDT tem como prioridade candidatos a deputado federal nos Estados.

CANDIDATURA ANUNCIADA

Ainda em Brasília, Fábio Henrique disse que é candidato a deputado federal e “jamais falei para alguém que serei candidato a vice-governador”.

Fábio repete: “o PDT não pleiteia chapa majoritária”.

TEVE CONVERSA COM ANDRÉ

Quarta-feira à noite, Fábio Henrique e a mulher, deputada Silvia Fontes (PDT), jantaram com André Moura. O cardápio foi recheado de política.

André está animado para disputar o Governo, mas não passará por cima de Amorim.

CONVITE PARA A ALIANÇA

André Moura convidou Fábio Henrique para integrar o bloco de oposição e fazer parte da aliança. Vai esperar uma resposta. Fábio admitiu que “a conversa foi boa”.

Fábio disse ainda que continuará conversando com Jackson e Belivaldo.

JORGE ALBERTO A SENADOR

O ex-deputado Jorge Alberto (PPS) recebeu convite de Mendonça Prado para ser seu vice e do senador Valadares para disputar o Senado na chapa majoritária do PSB.

Jorge considera Valadares um ícone da política sergipana.

CONFIRMA CONVITE DO PSB

Jorge Alberto, via telefone, confirmou que foi sondado por Valadares Filho. E disse que vê isso como natural, porque faz parte do processo político.

Admite que a sua decisão pode não ser a mesma do seu partido, o PPS.

  1. EMERSON DISPUTA GOVERNO

Dr. Emerson, pré-candidato da Rede ao Governo, negou ontem qualquer convite para composição com o PSB, que teria lhe oferecido à vice de Valadares Filho.

– A Rede tem pré-candidato a governador desde outubro passado.

GOVERNO COM BELIVALDO

Deputado da base aliada disse ontem que o primeiro sinal de que Belivaldo Chagas está com o ‘Governo na mão’ é se demitir o secretário da Saúde, Almeida Lima.

– Jackson Barreto não vai pedir para Almeida ficar.

NÃO SE CHEIRA BEM

Alguns deputados não se cheiram bem com Almeida Lima, porque o acham prepotente, não recebe ninguém e trata mal os políticos que o procuram.

– Ele é um homem de ideia fixa, disse um dos parlamentares.

PARTIDOS ESTÃO CONVERSANDO

Heleno Silva (PRB) desabafou ontem: “todos os partidos já estão conversando e tomam posições sob as chapas majoritárias”

– Só o PRB não pode conversar. Dizem que o partido manda recados, disse.

NÃO ACEITA PATRULHAMENTO

Heleno Silva diz ainda que seu partido não aceita patrulhamento e vai aguardar que Belivaldo Chagas assuma o Governo para uma conversa séria e decisiva com ele.

– Nossa relação com Belivaldo é ótima, disse.

CHAPINHA AINDA INCOMODA

As chamadas ‘chapinhas’, composições entre pequenas siglas, ainda estão estremecendo as bases políticas, porque são atraentes para uma eleição mais fácil.

Tem gente com muito voto que está correndo para essas ‘chapinhas’.

ABERTURA DAS JANELAS

Na próxima semana a perspectiva é que haja algumas trocas de partidos por deputados, exatamente para buscar melhor posição em outras siglas.

Alguns parlamentares vão filiar-se a partidos menores.

Notas

Lançamento de candidaturas – Depois de Jair Bolsonaro anteontem e Rodrigo Maia ontem pela manhã, Ciro Gomes será lançado, oficialmente, pré-candidato à Presidência da República hoje. A Executiva Nacional do PDT está reunida neste momento em Brasília. O presidente do PDT em Sergipe, Fábio Henrique, participa do evento.

0x0

Denuncia retorna a Brasília – O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, mandou descer para a Justiça Federal no Distrito Federal a denúncia por participação em organização criminosa feita pelo MPF contra os ex-presidentes Luís Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e outros integrantes do PT.

0x0

Cármen vê que violência persiste – A presidente STF, ministra Cármen Lúcia, disse ontem que o Dia Internacional da Mulher é um dia de reflexão sobre o que fazer para combater a violência contra a mulher. A manifestação da ministra foi motivada pelas homenagens recebidas pelos colegas durante a sessão da Corte.

0x0

Justiça bloqueia bens de Picciani – A Justiça do Rio bloqueou ontem R$ 4 milhões em bens de Jorge Picciani, o emedebista que presidia a Alerj e hoje é um dos hóspedes da cadeia de Benfica. A decisão atende a pedido do Gaecc, o Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção do Ministério Público do Rio.

0x0

Integrantes do MST invadem O Globo – Cerca de 400 integrantes do MST invadiram o Parque Gráfico de ‘O Globo’, e vandalizaram o lugar. Esse tipo de ação criminosa incorre em vários artigos do Código Penal. Que os responsáveis sejam identificados e presos. Chega de tolerância com essas milícias da esquerda bandida.

0x0

Ciro quer Lula solto – O pré-candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, acha que Lula deve ter todos os seus recursos julgados, no STJ e no STF, antes de eventualmente ser preso. Ou seja, Ciro é contra a prisão de Lula, algo que parece iminente. A esperança do candidato do PDT é assim ocupar o campo que fica órfão com a saída de Lula.

Conversando

Bem aceita – A nomeação do advogado Carlos Felizola para a Ação Social foi bem aceita por colegas e comemorada por um deles. Manoel Cacho.

Outro sinal – Felizola na Ação Social, nomeado por Jackson Barreto deixa bem claro que ele sairá do Governo para disputar o Senado.

PT indica – Segundo informações do PT, o novo secretário da Agricultura também será indicação do partido para substituir Esmeraldo Leal.

Sobre chapinha – Deputados do MDB continuam reagindo à formação do chapão para a legenda e de chapinha para outros partidos que estarão na coligação.

Vai a almoço – Belivaldo Chagas será homenageado em Itabaiana pelo grupo liderado por Luciano Bispo, com um almoço no clube do BNB.

Série de viagens – O governador Jackson Barreto fará uma série de viagens a cidades do interior para anunciar sua saída de Governo e anuncia pré-candidatura ao Senado.

Sem preferência – O senador Valadares (PSB) desmentiu ontem que tenha preferências por candidatos proporcionais dentro do partido. Apesar da boa amizade com Edney.

Mesma mesa – Não convidem à mesma mesa o deputado Gilmar Carvalho e o senador Eduardo Amorim. Os dois trocaram farpas no Zap.

João Alves – O ex-governador João Alves Filho (DEM) é quem ainda dar popularidade à candidatura de Mendonça Prado ao Governo do Estado.