16/05/18 - 13:25:48

GERB COMEMORA CINCO ANOS DE UNIDADE ESPECIALIZADA DA PC

 

Grupo Especial de Repressão e Busca tem o pa­pel institucional de atuar em atividades de iminente risco e de alta complexidade

Na manhã desta quarta-feira, 16, foi realizada uma solenidade na sede do Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), em comemoração aos 5 anos de unidade especializada da Polícia Civil de Sergipe.

Fundado em 2008 com o nome de Grupo Especial de Rondas e Blitz, pelo então Delegado de Polícia Especial e coordenador de Polícia da Capital João Eloy de Mezes, o Gerb tinha como objetivo controlar e organizar distúrbios nas carceragens das unidades policiais da capital e interior.

Com o tempo outras necessidades surgiram na Polícia Civil, de modo a impulsionar a institucionalização do Gerb  no ano de 2012 que, através da Portaria nº 27, datada de 16 de agosto de mesmo ano, passou a vigorar com sua atual nomenclatura: Grupo Especial de Repressão e Busca, passando a ser uma unidade operacional de elite da Polícia Civil do Estado.

A Delegada Geral Katarina Feitoza esteve presente na solenidade e falou um pouco sobre o grupo. “ Hoje nos podemos contar com um grupo altamente técnico preparado para as operações. Podemos investigar e chegar até o final na prisão com grandes operações por conta do Gerb. A unidades está realmente preparado e sempre de prontidão para as emergências para as operações mais delicadas e mais complexas da Polícia Civil”, relatou.

Na comemoração, varias homenagens foram prestadas, como a entregada de uma faca especial do Gerb, ao Agente de Polícia Judiciaria da Polícia Civil de Sergipe, Fernando Brito. “Além da honra ser imensa, ser um marco na minha trajetória profissional, é uma grande responsabilidade fazer parte de uma unidade que a cada dia busca se aperfeiçoar, busca prestar um serviço melhor a nossa sociedade. Receber hoje essa homenagem, foi a prova que nós estamos no caminho certo, que estamos cumprindo com o nosso papel, e pretendemos continuar servindo da melhor maneira possível”, declarou.

Sendo assim, o Gerb conta com policiais espe­cializados, constantemente treinados e preparados para agir com eficiência e de maneira eficaz, trata-se o mesmo de uma unidade operacional estratégica e indispensável à Polícia Judiciária de Sergipe no quesito operacional, atuando aquele com táticas e recursos especiais no combate ao crime, haja vista que além do suporte dado ao Cope em suas ações específicas, atende todas as unidades policiais do interior e da capital através do seu suporte em ações táticas especiais.

O Diretor Ricardo Porto falou como é dirigir essa unidade. “Dirigir uma unidade dessa requer preparo, requer conhecimento em operações especiais e competência em gerir pessoas que sejam pares, que estejam no mesmo nível de pensamento e   na mesma esfera de trabalho que eu.  É um cargo que exige liderança. Não sei até quando estarei à frente do Gerb, mas o que me motiva a continuar são os desafios. Quando fui escolhido e assumi essa liderança foi um desafio pra mim, então seguir em frente, buscar novas metas, novas conquistas, ampliar essa unidade, é um desafio, e como eu gosto de desafios pra mim é o que me motiva continuar,” concluiu.

Fonte e foto SSP