20/06/18 - 06:39:35

Seidh capacita visitadores do Criança Feliz sobre Educação Alimentar

A Gerência de Proteção Básica e o Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Dsan) da Secretaria de Estado da Inclusão e da Assistência Social (Seidh) realizaram nesta terça-feira, 19, uma capacitação voltada aos hábitos alimentares dos pequenos sergipanos assistidos pelo programa Criança Feliz. O objetivo foi aprimorar os coordenadores, supervisores e visitadores sobre educação alimentar para o fortalecimento das visitas familiares nos municípios. A ação aconteceu no auditório da Seidh e contou com a presença de representantes do Criança Feliz de 55 municípios, somando 300 inscritos.

Essa é a segunda capacitação anual e integra um ciclo de habilitações para contribuir com o aprimoramento das equipes durante as visitas às famílias. A programação contou com palestras ministradas pelas nutricionistas Isaura Valença e Isis Santana, que abordaram sobre aleitamento materno, introdução alimentar e alimentação para crianças de 0 a 3 anos. Já a enfermeira Naiara de Oliveira abordou sobre as mudanças fisiológicas durante a gestação no corpo da mulher, enfatizando a importância do acompanhamento das gestantes.

Sergipe é pioneiro do Brasil com ações voltadas para o programa Criança Feliz, sendo o primeiro a realizar visitas domiciliares do país. Atualmente, o estado conta com a adesão de 67

municípios, beneficiando 8.762 crianças e 1.320 gestantes. Além disso, com pouco mais de um ano de atuação, o programa já obteve resultados significativos dentro dos municípios, graças às visitas realizadas para o desenvolvimento e acompanhamento integral de famílias assistidas pelo Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social (BPC), gestantes e crianças assistidas.

A gerente da Proteção Básica, Catharina Correa, comemorou os resultados positivos do programa dentro do estado e avaliou a atuação de Sergipe como referência em intersetorialidade. “Nosso comitê e nossas parcerias sempre foram muito fortes. Unindo setores saúde, educação e nutrição, por exemplo, conseguimos obter bons números. É fundamental que tenhamos cada vez mais capacitações e fortalecer a vivência com essas famílias”, salientou.

Para Isabel Almeida, coordenadora do Programa Criança Feliz em Sergipe, essa capacitação garantiu o aperfeiçoamento dos técnicos do programa. “É possível permitir o fortalecimento dos vínculos dentro de cada visita, fazendo com que o programa vá além do brincar. É importante que também exista a preocupação com a saúde e alimentação da criança, garantindo o bem-estar e a qualidade vida”, disse.

O município de Cumbe aderiu recentemente ao Programa Criança Feliz e já possui 72 famílias assistidas. A supervisora Dayse Alves e a visitadora Wellica Santos participaram da capacitação e comemoraram a relevância das informações para a realidade do município. “Quanto mais capacitados nossos visitadores estiverem, melhor será o trabalho de orientação. Já conseguimos perceber uma grande diferença em questões de conhecimento nas famílias”, ressaltou Dayse.

A diretora do Dsan/Seidh, Lucileide Rodrigues, comentou sobre a importância de levar o tema educação alimentar para mães e crianças por meio das visitadoras. ”Os técnicos são responsáveis por passar as informações para as mães e os pais. O que queremos é transmitir esses conteúdos, focando na orientação sobre aleitamento materno e alimentação saudável vindo da base e adequando a boa alimentação de acordo com a realidade de cada região”, afirmou.

Fonte e foto assessoria